Mais comentada

3 dicas para fazer a gestão das redes sociais de uma grande empresa

Estar nas redes sociais é importante para a sua empresa. Mas, só estar não basta. Descubra, em 3 passos, como fazer uma boa gestão online!

É repetitivo, é clichê, mas é preciso estar na sua mente e guardado em sua cabeça: sua empresa tem que estar nas redes sociais. Mas, você precisa saber como fazer a gestão de uma rede social de uma empresa.

Tem que ser um serviço organizado, com planejamento e com objetivos, assim como é qualquer outro trabalho que você realiza na sua empresa e o seu investimento no marketing do seu produto.

Afinal, as redes sociais são uma das principais fontes de contato do consumidor com o você, com sua marca, com seu produto ou serviço.

A PricewaterhouseCoopers (PwC), uma das maiores empresas de consultoria de todo o planeta, vem realizado nos últimos anos o levantamento Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia.

Nele é apontado que até o ano de 2021, haverá um aumento, médio, de 12% da publicidade, de um bolo que já vem crescendo nos últimos anos.

Para se ter ideia, o Facebook, maior rede social do mundo, com mais de 2 bilhões de usuários, fatura mais de 7 bilhões de dólares por ano com publicidade.

Isso mostra, que as empresas estão voltadas para essa fatia do mercado, afinal, ela é mais barata do que outros meios, como a televisão, por exemplo, além de permitir uma interação maior com o consumidor.

E o segredo de se fazer a gestão de uma rede social de uma empresa está aí, mesmo.

“Interação com o consumidor”.

Você tem que se fazer presente e próximo do usuário nas redes sociais.

Tem que ouvir e ele e, porque não, conversar com ele.

1 - Conheça os seus seguidores

Ao entrar em uma rede social, você precisa conhecer quem são os seguidores de uma página.

Você precisa saber o que as pessoas que curtem a sua página... O que elas admiram em seu produto? Por que elas te acompanham nas redes sociais?

São questões que você precisa saber a resposta para fazer a gestão eficiente de sua página.

Essas perguntas você pode saber as respostas de maneiras simples, como pesquisas em sua página na rede social ou dialogando com os usuários em comentários ou através de mensagens.

2 - Tenha um bom conteúdo

Outra coisa que você deve zelar na gestão das redes sociais de sua empresa, seja ela o Facebook, o Instagram, o Twitter, o Linkedin ou Youtube, por exemplo, é a qualidade de conteúdo.

Você tem que apresentar situações e informações que agreguem ao consumidor/usuário.

E cada um desses canais tem formas diferentes de você conversar com o seu público-alvo.

Além disso, você deve exigir e zelar por coisas básicas, como o bom-senso e uma escrita clara, objetiva e sem erros de língua portuguesa.

Evite de entrar em conteúdo com o seu seguidor.

Utilize a sua rede social como um canal de contato com possíveis clientes, se fazendo presente quando ele abrir seu perfil no smartphone.

Um dos case sobre interações como essa, é o trabalho realizado pela Netflix em suas redes sociais.

Diversas interações com usuários, seja no Facebook ou no Twitter viralizaram em razão das respostas criativas.

Assim como, você também pode fazer posts bacanas, para que seus seguidores possam compartilhar e levar ainda mais adiante a sua marca.

Uma rede social interessante para você fazer publicações com potencial de viralizar é o Instagram, que cada vez mais tem sido utilizado pelas empresas para fixarem território na preferência de seus consumidores.

Você pode ainda divulgar vagas de emprego no Linkedin e isso certamente vai ganhar uma boa repercussão, ou marcar território angariando credibilidade, publicando artigos interessantes, que também podem se tornarem virais.

Já no Youtube, você pode publicar vídeos mais didáticos.

Por exemplo, você pode mostrar como funciona o processo de produção de um dos seu produtos ou respondendo perguntas sobre os seus consumidores.

Bom, o roteiro e o conteúdo será definido a partir da pesquisa que você fez lá no começo para saber o que seguidor está interessado em ver nas redes sociais.

3 - Planejamento e publicações frequentes

No gerenciamento das redes sociais de uma grande empresa, você tem que ter noção de que esse é um trabalho contínuo. É uma construção, para que você ganhe relevância e se faça presente nas redes sociais de seus usuários.

Pense. Você não acha um incomodo quando tem que entrar na fan page de alguma empresa, seja pelo motivo que for, e nota que as últimas atualizações fazem alguns dias, senão, semanas e meses?

Então, por que você deixaria a página da empresa que você administra desta mesma maneira?

Mostra um desleixo com um dos principais canais de contato entre sua empresa e o usuário, que é um consumidor.

Portanto, crie um planejamento sobre suas publicações em todas as redes sociais que sua marca está presente.

Tenha organizado os horários que entrarão as publicações no Facebook, no Twitter, no Youtube, no Instagram e no Linkedin.

Note quais são as preferências de seus seguidores em cada uma dessas páginas e supra essa demanda.

Também, tenha em mente que a qualidade de suas publicações têm de ser boas, para que ela não flop, e você não perca tempo e relevância nas redes sociais.

Assim como você quer marcar terreno no mercado em razão da qualidade do produto de sua empresa, você precisa marcar terreno em todos os locais que atua, inclusive no marketing, e as redes sociais são um espaço importantíssimo para obter as melhores marcas.

Mãos à obra!

Bom, você já sabe o que fazer para gerenciar as redes sociais de grandes empresas. Mas olha, eu não preciso dizer que mesma estratégia pode ser utilizada por uma grande multinacional, ou até para quem tem uma pequena marketplace.

Afinal de contas, a grandeza de seu negócio e a importância dele quem constrói é o empreendedor.Portanto, se você tem objetivo de fazer grande e ganhar terreno.

As redes sociais são, e estão cada vez mais, ganhando importância como uma plataforma de marketing eficiente e barata. Faça um bom trabalho, que você conseguirá obter retorno no seu investimento.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)