Antropologia e a Psicologia: as ciências do mundo moderno

Datadas de tempos antigos, reconhecidas apenas no século XIX , hoje se mostram as ciências mais importantes para o desenvolvimento de qualquer objeto ou a compreensão dos acontecimentos ao redor do globo

Psicologia e a antropologia se mostram cada vez mais importante no mundo moderno. Todos os dias,descobertas, novas informações são coletadas e estão sendo realizadas novas experiências no ambiente social. Ambos os campos de estudo fornecem informações as pessoas sobre si mesmas e pessoas ao redor do globo. É difícil dizer se a antropologia ou psicologia nos fornecem mais ideias sobre como os seres humanos funcionam. Existem três principais semelhanças e duas principais diferenças entre a psicologia e a antropologia.

Como semelhanças, ambas foram reconhecidas como ciência quase ao mesmo tempo, no final o século XIX. A psicologia e a antropologia têm os seres humanos como objeto de estudo e tentam fornecer ”insights” sobre a vida. Ao estudar a antropologia e a psicologia, as perguntas são sempre colocadas sobre a forma ou maneira de como interagimos com outras pessoas ao nosso redor.

As duas diferenças principais são que os antropólogos estudam os seres humanos e suas diferentes culturas, enquanto os psicólogos estudam a mente humana, em específico. Psicólogos geralmente estudam as pessoas frequentemente em um ambiente de laboratório, enquanto os antropólogos geralmente estudam as pessoas e fazem perguntas de uma forma mais natural, na relação com o ambiente.

A Psicologia e a antropologia começaram há pouco mais de 100 anos, porém, as pessoas têm estudado a psicologia e a antropologia casualmente durante milhares de anos. Jovens aristocratas europeus foram os primeiros a estudar antropologia.

Eles tinham dinheiro para viajar e começar a perguntar a pessoas de diferentes culturas fatos sobre suas vidas diárias. O início da psicologia científica foi oficialmente em 1879, quando o cientista William Wundt desenvolveu o primeiro laboratório psicológico na Alemanha.

A antropologia fornece ao mundo, respostas para as perguntas sobre como a cultura é perante nossas sociedades, e como ela é radicalmente diferente em alguns países. Ao estudar a cultura, obtemos respostas sobre as pessoas como uma sociedade. A Psicologia nos fornece respostas sobre como nós funcionamos como indivíduos, e como nossas mentes funcionam e, por sua vez, como nós funcionamos como um todo.

Outra grande diferença entre os dois é a área específica de estudo. Geralmente, todos os antropólogos se concentram na cultura. Eles estudam a evolução da cultura em todos os aspectos. A língua e os costumes, por exemplo. A psicologia estuda a mente humana e como os indivíduos reagem aos seus ambientes externos e internos. Eles se concentram no funcionamento o cérebro.

Outra diferença é a forma como os dados são coletados. Os antropólogos coletam informações no campo, de uma forma ou de outra. Eles vão viver entre as pessoas que desejam estudar, para ter uma visão em primeira mão de como a cultura funciona ou, eles visitam as pessoas com frequência para fazer perguntas e obter uma boa ideia sobre como as coisas funcionam.

Os psicólogos geralmente estudam as pessoas de uma maneira mais formal, e muitas vezes em um ambiente de laboratório. Antropologia e a psicologia são altamente populares áreas de estudo neste momento.

Pessoalmente ainda não me decidi entre as duas ciências, porém espero nos próximos anos ministrar aulas de psicologia ou antropologia do consumo e poder evidenciar cada vez mais a importância dessas ciência no mundo moderno.

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: antropologia marketing psicologia

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração