Como configurar um blog corporativo: 8 regras para tornar o seu blog bem-sucedido

Uma das melhores formas de crescer o seu negócio é por meio de um blog corporativo. Aqui você aprende como configurá-lo corretamente

iStock

 

 "Não é sobre você, é sobre ajudar as pessoas."

 

Você tem um negócio, você vê outras pessoas por aí trabalhando com blog no seu mercado, então o que você quer fazer?

Você quer postar em blog, certo?

Isso é o natural.

Olá pessoal, eu sou Neil Patel e hoje eu vou ensinar a vocês como configurar um blog corporativo corretamente.

A primeira coisa que você precisa fazer é descobrir sobre o que você quer falar no seu blog.

Não é apenas escrever no blog sobre seu produto ou serviço.

Se você fizer isso, ninguém irá realmente ler o seu blog.

Mas se você escrever sobre os problemas que o seu cliente ideal enfrenta e como eles podem resolver esses problemas, e alguns deles podem ser relacionados ao seu produto, isso é normal, as pessoas então irão ler o seu blog.

Não é sobre você, é sobre ajudar as pessoas.

Essa é a primeira coisa que você precisa saber em relação a manter um blog.

A segunda coisa é URL.

Não importa sobre o que seja o seu blog, você deve utilizar o WordPress e deve configurá-lo como seudomínio.com/blog.

A razão pela qual você quer fazer isso ao invés de utilizar um subdomínio, é porque subdiretórios ranqueiam melhor do que eles.

Mecanismos de pesquisa como o Google tratam subdomínios quase como um site separado.

Se o seu site principal já está se dando relativamente bem, o seu blog irá melhorar mais rápido apenas porque é um subdiretório ao invés de um subdomínio.

A próxima coisa que você precisa fazer, após ele ter sido configurado é: você precisa descobrir quem é a voz do blog.

Serão várias pessoas?

Será apenas uma pessoa?

Bom, não importa quem seja, eles devem ter a bio deles no site.

Só porque você é uma marca não significa que as pessoas que estão escrevendo o post não devem ter a foto delas dentro do post do blog e um pequeno snippet que fale um pouco sobre elas, ou talvez tenha até mesmo um link para o perfil do Twitter ou do Facebook delas.

Você deve mostrar a foto delas e uma ou duas linhas explicando quem elas são e o que elas fazem na empresa.

Agora que você tem os seus escritores.. E sim, você pode ter um ou vários.

Se você tiver vários, está tudo bem, apenas utilize diferentes autores.

Você pode configurá-los no WordPress, é bem simples.

Dentro da aba de perfis do usuário, você pode simplesmente adicionar autores continuamente.

Coloque um nome de usuário, um e-mail para aquela pessoa e então elas irão receber uma notificação que elas têm uma conta no WordPress e que elas podem entrar e começar a escrever.

A partir daí você deve criar instruções sobre o que as pessoas devem fazer enquanto elas estão escrevendo o conteúdo delas, ok?

É um template.

Essencialmente, você precisa dar regras para esses leitores.

Se você não der regras para elas, as pessoas irão escrever todo tipo de coisas diferentes.

A primeira regra que você deve criar é, o conteúdo que você cria deve beneficiar os leitores.

Se ele não beneficia os leitores, não há nenhum sentido em escrever no blog.

Número dois: Eles precisam escrever em um tom que utiliza as palavras você e eu.

Essencialmente, é um tom de conversa.

Quando você está lendo um texto, você não quer que ele seja entediante e monótono assim.

Você quer que ele seja conversativo, onde eu estou conversando com você e você está me respondendo, e nós estamos tendo uma conversa.

Utilizando as palavras você e eu no seu post de blog, você consegue isso.

Você também deve utilizar subtítulos.

Quando você utiliza subtítulos o seu post fica mais fácil de escanear.

Você também deve se certificar de que os seus parágrafos não têm mais de cinco ou seis linhas, dessa forma, as pessoas podem digerir a informação bem facilmente.

Você também deve completar cada um dos seus posts com uma conclusão.

No final da conclusão, você deve escrever uma pergunta.

Ao escrever ou fazer uma pergunta, você irá encorajar mais as pessoas a responderem e a escreverem comentários.

Quando elas escrevem comentários, você deve responder, ou a pessoa que escreveu aquele post precisa responder cada uma das pessoas.

Por quê?

A última coisa que você quer é que alguém faça uma pergunta para o seu negócio e que seu pessoal ignore eles.

Isso seria rude.

Você não deve fazer isso.

Certifique-se de responder todo mundo.

Se você fizer isso e você criar links nos seus posts de blog... Se você escrever um post de blog sobre SEO e outro sobre marketing online, certifique-se de que você cria links entre eles no texto.

Quando você fizer isso, o post irá ser encontrado e você terá um blog corporativo.

Espere um tempo, de seis a doze meses você começará a ter resultados.

Novamente, você precisa ter paciência.

Quando eu comecei o meu blog no NeilPatel.com em janeiro de 2015, eu tinha aproximadamente 9,000 visitantes por mês do Google.

Em janeiro de 2016, subiu para 88,000.

Em janeiro de 2017, subiu para mais de 400,000.

Mas isso apenas mostra que é uma jogada de longo prazo.

Enquanto você está criando seu blog corporativo você precisar liberar muito conteúdo.

Idealmente, três posts por semana.

Se você fizer um, não será tão eficaz.

Um no mínimo. Mas não faça um a cada duas semanas ou qualquer coisa parecida com isso.

Tem que ser pelo menos uma vez, se não três por semana, e você não precisa fazer mais do que sete vezes por semana.

Quando você ultrapassa sete vezes por semana... isso é simplesmente conteúdo demais.

Comece devagar e depois aumente a partir daí.

 

 

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)