Como escrever um livro e se tornar um autor mais vendido do New York Times

Então você quer escrever um livro e se tornar um autor mais vendido no New York Times? Aqui estão as três melhores dicas que eu tenho se você vai publicar um livro.

iStock

 

"Se eu consigo fazer isso – e eu tenho uma péssima escrita e gramática – isso significa que você consegue também."

 

Você quer ser um best seller da Amazon?

Bom, todo mundo é um best seller na Amazon.

Eles têm milhares de categorias.

Hoje eu vou ensinar a vocês como se tornar um autor mais vendido do New York Times.

Alguns de vocês sabem isso sobre mim e alguns não, mas eu fui co-autor de um livro chamado de Hustle.

Nó atingimos a lista de mais vendidos do New York Times não uma, mas três vezes em seguida.

Se eu consigo fazer isso – e eu tenho uma péssima escrita e gramática – isso significa que você consegue também.

Aqui está como fazer.

Primeiro, você tem que vender uma imensa quantidade de cópias.

Se vender muitas cópias na primeira semana você tem mais chances de entrar na lista de mais vendidos do New York Times.

Mas sabe de algo?

Vender muitos livros de uma vez é difícil.

Mas aqui está uma coisa que eles não te falam.

Se você vender os livros com um ano de antecedência, todas essas vendas de livros contam para a sua primeira semana.

Então se você vender muitos livros, tudo conta como na sua primeira semana.

Então pré-venda quantos livros você conseguir.

Não venda eles apenas online, você precisa vender eles em livrarias como a Barnes & Noble, você tem que vendê-los na Amazon, você tem que vendê-los para corporações.

Você precisa vender eles para todo mundo, porque eles também estão vendo quem está vendendo livros apenas na Amazon.

Se todo mundo vende livros apenas na Amazon eles vão ficar tipo:

"Hmm, provavelmente eles estão manipulando o sistema e fazendo algo só para Amazon".

Mas se uma pessoa está vendendo livros na Amazon, Barnes & Noble, em livrarias locais nas universidades, o que eles vão pensar?

"Wow, esse livro é bem popular.

Ele merece estar na lista de mais vendidos do New York Times".

A próxima coisa que eles não te falam é que é tudo discricionário.

Se eles quiserem que você esteja na lista de mais vendidos, você vai estar e se eles não quiserem, até mesmo se vender muitas cópias você não vai estar.

Então se certifique de ter uma boa editora.

Eu sei que isso vai ser ruim para muitos de vocês que querem fazer autopublicação,
mas se você se autopublicar, você fica basicamente dependendo da sorte.

Você precisa de uma boa editora.

Se você tem um nome bem conhecido te apoiando, até mesmo se eles não te derem muito dinheiro ou se eles não te derem muitos benefícios, ainda vale a pena.

Porque isso vai aumentar as suas chances de ter sucesso.

A próxima coisa que você deve fazer é gerar muita mídia.

Se as pessoas veem muita mídia com as vendas do livro, isso é muito mais acreditável.

Se elas não verem, não é tão acreditável.

E aqui está o que eles não te falam e aqui está como eu realmente entrei na lista de mais vendidos do New York Times.

Na verdade foram duas coisas que eu fiz.

Você precisa de muitas vendas de livros em corporações.

Eu não ligo se você está vendendo para consumidores ou negócios, você precisa de muitas vendas do livro.

A forma mais fácil de conseguir isso é por outros negócios ou conferências, assumindo que você seja um palestrante.

Se você conseguir com que eles comprem em quantidade, você terá muito mais chances de entrar na lista.

O motivo pelo qual o Hustle entrou não foi porque eu tenho muito seguidores nas redes sociais.

Foi porque eu falei com muitos negócios grandes e troquei serviços.

Eu disse: "Ei, eu faço seu marketing em troca de uma compra de $100,000 de livros".

Eu fiz isso cinco vezes.

Isso significa que eu vendi antecipadamente $500,000 de livros para empresas ao fazer uma troca de serviços.

Vocês já ouviram o nome Gary Vaynerchuk?

Bom, quem não?

Você sabe como ele entra na lista de mais vendidos do New York Times muitas das vezes?

Quando ele vai para conferências e palestra, ele está fazendo com que eles comprem os livros.

Antes de ele ter um novo livro que vai ser lançado, muitas dessas conferências compram o livro dele e isso o ajuda a entrar na lista de mais vendidos do New York Times.

A segunda parte desse truque que eu te falei, que realmente me ajudou foi que nós usamos uma empresa chamada de Result Source.

O que eu não sabia é que você também pode fazer isso ao simplesmente entrar em contato com a Barnes & Noble e com todas as maiores fornecedoras de livros.

O que eles fazem é, eles pegam todo o seu dinheiro de pré-venda e eles pegam esse dinheiro e distribuem pela Barnes & Noble, Amazon e muitos lugares aleatórios, então parece legítimo e "natural".

Então o New York Times acredita que é tudo natural e aí você entra na lista e pode ficar por várias semanas seguidas.

O que essas empresas fazem é, elas não lançam os livros tudo de uma vez, porque o New York Times está acompanhando.

Elas o lançam durante um período de algumas semanas porque você pode entrar na lista semanal e na mensal.

Então se você quiser entrar na lista, não faça todas as suas vendas do livro imediatamente.

Deixe elas espaçadas.

Aqui está a pegadinha e aqui está o que a maioria das pessoas não vai te contar.

Você provavelmente quer entrar na lista de mais vendidos do New York Times porque você pensa que isso vai te trazer uma remuneração mais alta em palestras, que vai melhorar a sua carreira, que você vai se dar muito bem.

Eu odeio ser a pessoa que traz a má notícia.

Isso não fez muita coisa por mim.

Eu não recebi remunerações maiores em palestras.

Eu não recebi mais tráfego no meu site e o meu negócio não cresceu.

Meu livro não era relacionado a marketing e eu acredito que isso é uma parte do motivo pelo qual eu não me dei tão bem financialmente com o livro.

Eu consegui meio milhão de dólares antecipadamente para escrever o livro, o que foi legal.

Mas se eu escrevesse um livro que era parecido com a minha profissão principal, até mesmo se isso significasse que eu não conseguiria vender tantas cópias e entrar na lista dos mais vendidos do New York Times, eu teria me dado melhor financeiramente.

Ou pelo menos isso é o que eu acho e isso é o que outros autores que entraram na lista
ou que escreveram livros também me falaram.

A outra coisa que eu aprendia enquanto era o co-autor do livro é que eu amo meus co-autores, mas você deve escrever o livro com o seu nome e com o de mais ninguém.

Deve ser somente você, porque isso vai ser muito melhor para sua carreira.

É claro que se você estiver apenas começando, eu realmente acredito que isso vai te ajudar mais do que me ajudou.

Porque eu estou na minha carreira por mais de 16 anos, eu já estou recebendo dezenas e milhares de dólares para um trabalho de palestra em corporações.

Então ter um livro não me ajudou realmente muito mais.

Mas seu estivesse começando do zero, provavelmente não me prejudicaria.

Se você quiser mais dicas como essa, se quiser ter sucesso na vida, se inscreva nesse canal, curta o vídeo e deixe um comentário.

E se você estiver tendo dificuldades com seu livro, se estiver tentando descobrir como fazer o marketing da sua marca e crescer ela, deixe um comentário.

Eu estarei lá para responder e te ajudar a crescer.

 

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(1)