Marketing Digital para Pequenos Negócios

As empresas precisam estar onde os consumidores estão, e eles estão na rede.

Enganam-se os pequenos empresários que acreditam que investimentos em marketing devem ser preocupação só das grandes organizações, não são poucos os casos de negócios que começaram minúsculos e aos poucos investindo em ações de marketing conseguiram alçar voos maiores e chegar ao sucesso. Talvez um dos casos mais emblemáticos seja o de David Portes, camelô que com pequenas ações de marketing como promoções, atendimento diferenciado ao cliente, entre outras técnicas chegou ao sucesso, hoje além de palestrante possui outras grandes empresas em diversas áreas. Fato é que se para um camelô há tantos anos atrás o marketing já foi importante, hoje em tempos de mudanças constantes, momentos instáveis na economia e a maior carga de consequências da crise caindo sobre o pequeno empresário o marketing se faz cada vez mais necessário.

E uma das maneiras para alcançar os consumidores é o marketing digital, e se o consumidor está cada vez mais conectado as empresas também devem estar. Em um minuto na internet são feitos mais de 700 mil logins no Facebook, enviadas mais de 20 milhões de mensagens no WhatsApp e mais de 500 mil fotos publicadas no Snapchat no mundo todo, então está mais do que provado o poder de uma ação de marketing na internet. Porém é necessário fazer com responsabilidade e de maneira assertiva, uma campanha publicitária, uma promoção mal feita pode gerar uma imagem ruim para a empresa tendo resultado contrário do esperado, para isso listamos algumas dicas e ações que podem ser feitas para que sua empresa tenha uma boa presença on-line.

Esteja presente na rede, se a sua empresa ainda não possui um perfil nas redes sociais já passou da hora de se ajustar a essa nova realidade. Aqui não estamos falando de e-commerce, mas sim de se fazer presente onde seus clientes estão, seja para mostrar seus produtos ou serviços, para atrair pessoas para uma campanha de marketing em datas especiais, ou então para promoções, qualquer que seja o motivo o alcance das suas publicações se tornam cada vez maiores, pois o boca a boca na rede não atinge uma pessoa só. Há tempos atrás fiquei impressionado de ver o potencial da rede mais perto de mim, minha namorada ao buscar a possibilidade de dar presentes personalizados encontrou no Facebook uma página de uma empresa catarinense chamada Herdei da Vovó, especializada em confecções personalizadas. Ela comprou, presenteou amigos e familiares e depois desse contato com a empresa me chamou a atenção o poder da internet, como é que sem a internet uma empresa poderia oferecer produtos a clientes de cidades tão distantes? Isso nos prova que a presença na rede pode não só fazer uma divulgação de seus produtos ou serviços mas também alcançar consumidores antes tão distantes e que agora devido à internet faz tudo parecer tão próximo, ou seja, uma oportunidade de expandir os negócios, principalmente para os pequenos.

E se a internet faz as pessoas se comunicarem e se aproximarem, um dos pecados das empresas na internet é a comunicação, a partir do momento em que existe um perfil da empresa em qualquer rede social o atendimento ao cliente deve ser bom também on-line, deve ser padronizado, sanar todas as dúvidas dos clientes e se possível tornar esses contatos em vendas. Deve-se ter uma atenção especial a esse atendimento, com respostas rápidas, clientes odeiam esperar, então sempre deve ter alguém responsável por esse contato, e o que é dito deve ser mantido, por isso não pode haver enganos, para isso é necessária uma capacitação dos profissionais responsáveis, se efetuado por mais de uma pessoa é necessário alinhamento dos mesmos, para passar as mesmas informações, os mesmos dados, no tempo semelhante de atendimento. Ou seja, o que proponho é um padrão de atendimento, com linguagem correta, que dependendo do perfil da empresa não precisa ser necessariamente formal, fato é que a empresa deve tornar esse desejo, esse interesse em seu produto, em uma visita para vê-lo de perto, só um bom atendimento fará isso.

E continuando na comunicação, mas agora falando de maneira geral, seja em suas publicações, em contato com o cliente via chat, é imprescindível a escrita ser correta, diversas vezes vi postagens de empresas em redes sociais com grandes erros de português, o que ao invés de alavancar sua imagem faz o contrário, manchando o nome da organização para os consumidores. E no assunto postagens também deve-se ter cuidado com os excessos de hashtags, essa ferramenta que foi criada para se encontrar mais fácil determinados assuntos nas redes sociais foi diversas vezes mal utilizado não só por empresas mas também por usuários das redes sociais, fato é que na comunicação com seus consumidores esse excesso cansa e acaba chamando mais atenção do que o próprio produto, então deve ser usado para seu devido fim, sem excessos.

Outro fator importante é uma identidade visual, apostar em fotos com a logomarca da empresa, recados com as cores da empresa, ou seja, criar uma identidade para as postagens onde o consumidor mesmo sem estar escrito que é sua empresa que está divulgando aquela mensagem, ele de cara identifique aquilo como algo que remeta à sua marca, isso só acontecerá se criar um padrão e também for feito com cuidado e principalmente alguém que saiba do assunto, uma página desleixada com uma aparência sem preocupação pode assim como o má comunicação atrapalhar a imagem da empresa. E de encontro a esse assunto está o cuidado com as fotos dos produtos, que devem ser de qualidade, tratadas, tiradas com luz correta. Já está provado que a imagem chama muito a atenção do consumidor, então uma foto bonita pode fazer com que você transforme essa postagem em vendas, caso não haja na empresa alguém capaz de fazer uma identidade visual e um tratamento nas fotos cabe a contratação de um profissional freelancer, o investimento vale a pena devido o alcance dessa publicação.

Outra forma de chamar a atenção do cliente é produzindo conteúdo, nas empresas isso pode ser feito compartilhando por exemplo uma reportagem de novas tendências de roupas da próxima estação, ou seja, você estará informando ao seu cliente aquilo que logo será moda, é claro que você compartilhará principalmente aqueles produtos que você venderá, assim criará um desejo antecipado do consumidor sobre o produto. Essa técnica de informar o consumidor sobre como será o produto que ainda não foi lançado no mercado, ou seja, ir lançando o produto aos poucos é algo que já está sendo utilizado por grandes empresas, como no ramo automotivo pela Ford, que aos poucos lança imagens com pequenos detalhes de seus próximos lançamentos fazendo com que o cliente sinta curiosidade em conhecer mais informações. Transformar a sua página em um ambiente de aprendizado do consumidor e não só um ponto de vendas e promoções, pode fazer com que sua página seja mais vista, por consequência ganhe mais curtidas e atinja um maior número de pessoas. A criação e exibição de vídeos em suas páginas também é uma forma de quebrar a monotonia com seus clientes, pode-se fazer propagandas de seus produtos, vídeos periódicos sobre tendências futuras, entre outras possibilidades, já que o vídeo faz com que o internauta fique mais tempo em sua página tendo a possibilidade de ver mais publicações, e também compartilhar esses conteúdos para alcançar mais pessoas. As propagandas em vídeos que antes eram basicamente transmitidas pelas televisões, que demandavam altos investimentos em marketing hoje já está mais democratizada devido a facilidade de postar de forma gratuita em redes sociais, mais uma vez deve-se ter cuidado com a qualidade do vídeo e de filmagem, sendo a contratação de um profissional da área uma alternativa totalmente aceitável devido ao custo hoje em dia mais barato do que tempos atrás.

Para se chegar a um número maior de pessoas que visualizem suas publicações, principalmente aquelas que constam a chegada de novos produtos, promoções, as publicações patrocinadas são uma solução. Redes sociais como o Facebook tem políticas de custos para esse tipo de publicação bem acessíveis à maioria dos pequenos empresários, é óbvio que essas publicações alcançam um maior número de pessoas pelo falo de ser paga e com outras vantagens além do maior alcance como escolher o perfil das pessoas que verão a sua postagem, tendo a possibilidade de você atingir seu público alvo sem desperdício de recursos tendo em vista que investirá no patrocínio, porém verão o conteúdo quem de fato você acredita que possa se interessar por seu produto/serviço.

Se optar em ter um site para estar em contato com seu consumidor, esteja atento a adaptação do mesmo para todas as plataformas, como computadores, tablets, smartphones. Ferramenta fácil e acessível hoje em dia para que seu cliente não sofra com sites ainda sem esse recurso, que deixam a experiência de navegação mais complicada, e com isso gerando um desestímulo à permanência no mesmo.

O marketing digital é algo totalmente factível em tempos de tecnologia cada vez mais presente na vida das pessoas, com investimentos baixos ou quase nulo pode-se chegar a grandes resultados maximizando assim seus lucros, o que não pode é o pequeno empresário ainda se manter fora da rede, tendo em vista a larga utilização desse recurso pelos consumidores, e quem sabe podendo expandir seus negócios em um segundo momento para um e-commerce.

Avalie este artigo:
(5)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: marketing marketing digital Pequenas empresas Pequenos negócios

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração