Mais comentada

O que é ser Administrador?

Adm. Alessandri,
O que é ser administrador?

 
Administradores são profissionais que organizam, planejam e orientam o uso dos recursos financeiros, físicos, tecnológicos e humanos das empresas, buscando soluções para todo tipo de problema administrativo. Criam métodos, planejam atividades, organizam o funcionamento dos vários setores da empresa, calculam despesas e garantem a perfeita circulação de informações e orientações. O objetivo é evitar falhas de comunicação, escassez ou excesso de empregados, gastos desnecessários ou outros problemas que gerem desperdício, ineficiência, prejuízo à produção ou déficit orçamentário. Podem atuar em diversas áreas das empresas: Administração de Material/Logística, Marketing, Produção, Organização e Métodos, Recursos Humanos e Relações industriais, Administração Financeira e Orçamentária, além de campos conexos.
Os Administradores passam por várias etapas dentro de uma empresa, podendo trabalhar como analistas, exercer chefias intermediárias, gerência, coordenação, direção superior; atuar em pesquisa e desenvolvimento, Planos de Negócios e planejamento estratégico, além de assessoria, consultoria e perícias.

Quais as características necessárias para ser um administrador?
É necessário ter boa capacidade de análise, raciocínio judicioso e abstrato, e aptidão numérica. Também deve ter liderança, ser bastante sociável e saber trabalhar em equipe.
Principais características desejáveis:
• autoconfiança
• capacidade de adaptação a novas situações
• capacidade de decisão
• capacidade de negociação
• capacidade de organização
• capacidade de pensar e agir sob pressão
• capacidade de planejamento
• capacidade de resolver problemas práticos
• dinamismo
• espírito empreendedor
• habilidade para mediar conflitos
• habilidade para trabalhar em equipe
• iniciativa
• noção de prioridades
• objetividade
• senso de oportunidade
• senso de responsabilidade

Qual a formação necessária para ser um administrador?
Deve-se prestar vestibular para graduação em um curso regular de administração. O mercado brasileiro oferece a possibilidade de estudar administração de empresas, onde predomina a orientação de formar profissionais para atuar em organizações privadas. Há também o curso de administração pública, que prepara e orienta os administradores para uma atuação em organizações públicas e possibilidades de gestão de políticas e projetos de caráter público.
Por ter um caráter mais generalista na sua formação, o administrador pode optar por várias áreas de trabalho como profissional. Finanças, Marketing, Tecnologia e Informação, Recursos Humanos e etc. são áreas de grande atenção dos administradores. Marketing Esportivo, Turismo, Administração Hospitalar também são consideradas áreas promissoras para o universo dos administradores.
No Brasil, para exercer a profissão, uma vez que esta é uma profissão regulamentada, é preciso obter o registro profissional no Conselho Regional de Administração (CRA). Os empregadores, através de headhunters (profissionais que recrutam e selecionam candidatos a vagas disponíveis em empresas contratantes), classificam em jornais e outras formas de recrutamento, buscam os profissionais mais bem preparados, no âmbito acadêmico. Portanto, fazer um MBA ou curso de pós-graduação/ especialização é sempre um diferencial positivo que o profissional de administração deve considerar.

Principais atividades de um administrador
Ele deve planejar, organizar e controlar as atividades de empresas públicas e privadas, além de traçar estratégias e métodos de trabalho nas mais variadas áreas - rural, hospitalar, agroindustrial, escolar, financeira e muitas outras. Seu papel é fundamental nas situações de crise, pois cabe a ele definir onde investir o dinheiro e como equilibrar a saúde financeira e produtiva da empresa.

Áreas de atuação e especialidades
• Administração agroindustrial: desenvolve projetos, controla a produção e dá assistência ao produtor do campo.
• Administração de cooperativas: supervisionar e fiscalizar a entrada de recursos e distribuição de direitos entre os produtores
• Administração de empresas: organiza e dirige uma empresa, atuando em todas as áreas.
• Administração hospitalar: geralmente pessoas formadas em medicina, que fazem uma especialização em administração, dirigem e administram um hospital.
• Análise de sistemas: gerencia os sistemas de computação em empresas.
• Comércio exterior: trabalha especificamente com o mercado internacional, balança de comércio, taxas alfandegárias, importações e exportações.
• Controladoria: controla finanças, contabilidade, técnicas de organização e métodos administrativos. Realiza auditorias.
• Marketing ou mercadologia: trabalha com o mercado, fazendo pesquisas, orientando lançamento de produtos, orientação de vendas e publicidade.
• Orçamento e finanças: trabalha com mercado de capitais, bolsa de valores, aplicações, investimentos de empresas.
• Produção: controla a entrada e saída de suprimentos e os custos da produção.
• Recursos humanos: faz seleção, treinamento e admissão de pessoal, define políticas de carreira, salário e benefícios, negocia com sindicatos.
• Administração do Terceiro Setor: Planejamento estratégico das operações de ONG's (Organizações Não Governamentais), como fundações e entidades filantrópicas, com vistas a captação de recursos e sua aplicação em projetos sociais, ambientais e educacionais, entre outros.
• São Campos Conexos do Administrador:
• Administração de Consórcio
• Administração de Comércio Exterior
• Administração Hospitalar
• Administração de Condomínios
• Administração de Imóveis
•Administração de Processamento de Dados/Informática
• Administração Rural
• Factoring
• Turismo

Mercado de trabalho

As áreas de administração de recursos humanos e administração financeira oferecem as melhores oportunidades de trabalho a esse profissional, nas diversas regiões do país, seja no setor público, seja na iniciativa privada. Operadoras logísticas de grande porte também costumam abrir vagas para especialistas na área. Como a concorrência é grande, o diferencial na hora da contratação é a qualificação. Quem tem no currículo curso de especialização, MBA ou pós-graduação tem maiores possibilidades e maiores salários.

Curiosidades
Desde o começo da civilização os homens procuraram associar-se uns aos outros, organizando sistemas destinados a solucionar problemas comuns de convivência na sociedade. Até surgiram algumas empresas rudimentares de alguns povos antigos como babilônios e fenícios, mas a criação de uma teoria da administração e a profissão de administrador de empresas, como é reconhecido hoje, só se desenvolveu a partir do século 19, incentivada pela Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra no final do século 18 e que gerou importantes mudanças econômicas, políticas e sociais no mundo.
A industrialização rapidamente se expandiu para Europa e Estados Unidos, o que gerou as bases da moderna Administração. Com o crescimento acelerado das empresas e a necessidade das empresas serem mais eficientes e produtivas, fez-se ainda mais a necessidade da profissão de Administrador.
Os primeiros estudos sobre um método capaz de aumentar a eficiência e produtividade das empresas em um mercado cada vez mais competitivo, foi a partir da publicação dos estudos de dois engenheiros. O norte-americano Frederick Taylor, responsável pela chamada Escola de Administração Científica, difundia o aumento da eficiência da indústria a partir da racionalização dos operários. O francês Hanri Fayol, por sua vez, disseminou a Escola Clássica da Administração, cuja meta era aumentar a eficiência empresarial por meio de sua organização e aplicação de princípios gerais de administração.
Esses dois pensamentos uniram-se e deram origem a teorias e conceitos que formaram a administração atual. Depois disso, outras modernas teorias surgiram, moldando o que existe hoje em termos de administração. Com o tempo a administração consolidou-se como Ciência Social Aplicada, com interação em áreas como direito, economia, ciências contábeis, ciência política, sociologia, psicologia social e antropologia. É um dos Cursos mais concorridos na Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular da Universidade de São Paulo). Em muitas outras Universidades e Faculdades o Curso de Administração é bastantes concorrido: Universidade de Pernambuco, Universidade do Estado de Santa Catarina, UFPA, UFAM, e em muitas outras instituições de nível superior, cujos candidatos (é o curso com maior número de alunos do país) são atraídos pelo bom mercado de trabalho e por bons salários.
  •  
Valores Para Uma Vida Melhor


 
“Os valores humanos sobre os quais vivemos são realizados quando os transmitimos aos demais.”

Deixo aqui embaixo alguns dos valores que norteiam minha vida.  Que sejam úteis para você, seja na sua casa, com seus familiares, a sua vida particular com seus amigos ou no seu trabalho, com seu colegas.
 
1) Comprometimento
Nem sempre a vida é fácil, aliás, na maioria das vezes requer esforços que nem sempre vemos como fazer. Mas persistir, manter-se comprometido com seus ideais e no que acredita é o mais importante.

2) Cortesia
Cumprimentar as pessoas com a vontade genuína de querer um bom dia para o outro é o que importa. Abrir uma porta, ceder a vez no trânsito. Ser cortês e gentil gera o mesmo sentimento dos outros para com você.

3) Esforço
Será que você faz tudo o que pode? Ou fica usando desculpas para os insucessos da sua vida. Usa aquele “mas” ou “é difícil”? Fácil não é, mas é sempre possível. Direcione seus esforços para melhorar a sua vida. E pare de reclamar á toa.

4) Gratidão
Você já agradeceu hoje por poder estar lendo isso aqui? Tem olhos, é alfabetizado, tem recursos para chegar até a informação. Ser grato significa reconhecer todas as dádivas que a vida nos dá, mesmo as mais adversas, que servirão para o nosso crescimento. Agradeça a tudo e a todos. O resultado é surpreendente.

5) Humildade
Ser humilde não é demérito para ninguém, muito pelo contrário. É saber chegar em todas as pessoas, reconhecê-las como seres humanos, reconhecer seus próprios erros, saber aprender (sim, todos sempre aprendemos muito). Acredito ser esse o maior valor que um ser humano pode passar para outro. Somos grandiosos e ao mesmo tempo nada perante o Universo. E esta distinção faz toda a diferença.

6) Tolerância
A tolerância é irmã da humildade. Ceder, mesmo que saiba que está certo, mas em prol de algo maior, de alguém, não é tarefa para todos, nem para todo dia. Mas pode ser treinada. E deve. É a sua falta que leva às guerras religiosas, às inimizades, aos confrontos desnecessários. Saber ceder e sinônimo de inteligência, para uma vida melhor.

Esses são apenas alguns dos valores, como citei. E a busca e o exercício destes e dos outros é o que faz o caminho mais feliz, um caminho bem sucedido.  Sucesso, prosperidade e saúde para você!

  •  
Termos e/ou expressões muito comuns no dia-a-dia das empresas


Cargos e Funções


CEO – Chief Executive Officer
Hierarquicamente, este profissional tem todas as funções da empresa abaixo de si, com exceção do presidente do conselho, também conhecido como Chairman, a menos que este CEO tenha poder para acumular as duas funções.
Pode ser chamado de principal executivo, presidente, superintendente, diretor-geral. É a pessoa que está sempre pronta para a tomada de decisões.
Se a empresa tiver CEO e Presidente, a função do Presidente é a mais importante.

COO – Chief Operating Officer
Este profissional cuida da rotina do negócio. É também conhecido como Executivo-Chefe de operações.

CFO – Chief Financial Officer
É o principal executivo de finanças em uma empresa.

CHRO – Chief Human Resources Officer
Na empresa, é o principal executivo de Recursos Humanos.

CIO – Chief Information Officer
Profissional que atua na área de tecnologia. É o principal executivo de informática da empresa, responsável pelo planejamento e pela implementação da tecnologia.

CTO – Chief Technology Officer
Este profissional atua na área de tecnologia. Comanda a arquitetura e a infra-estrutura dos sistemas.

CKO – Chief Knowledge Officer
Este é o profissional responsável pela gestão do conhecimento - administra o capital intelectual da empresa.

CLO - Chief Learning Officer
Funções semelhantes às do CKO.

CRO – Chief Risk Officer
Lida principalmente com questões financeiras. Sua função principal é a administração de riscos, além de avaliar itens como estratégia do negócio, concorrência, legislação e problemas ambientais.

CMO – Chief Marketing Officer
Profissional que cuida do Marketing, podendo também, em determinadas empresas atuar no desenvolvimento de novos negócios.

CIO – Chief Imagination Officer
Algumas empresas podem ter profissionais com esta denominação. Sua função é pensar - promover a criatividade entre o pessoal.


Siglas / Termos Profissionais

Absenteísmo
Palavra que vem do francês absentéisme, derivado do inglês absenteeism, de absentee: pessoa que falta ao trabalho, à escola etc. - que está, via de regra, ausente

B2E - Business-to-Employee
Relação entre empresa e funcionário

Benchmarking
Processo sistemático e contínuo de medida de comparação de uma empresa com outra, não necessariamente concorrente, no sentido de obter informações que possam a ajudar a melhorar o seu nível de desempenho. Traduzida como uma técnica de observação e adaptação das melhores práticas, ela não deve ser confundida com espionagem.

Brainstorming
Técnica utilizada para geração de idéias. Tem o objetivo de fazer com que as pessoas inovem e tenham criatividade. Deve ser criada a maior quantidade de idéias, no menor tempo possível. Neste processo, qualquer idéia deve ser aceita sem críticas, não importa a qualidade das idéias e sim a quantidade e a propriedade intelectual não deve ser levada em conta.
Resumindo: um grupo de pessoas se reúne para deixar vir à tona uma porção de idéias sem nexo, que podem se transformar em idéias proveitosas.

BTB ou B2B - Business-to-Business
É o processo de comércio eletrônico entre empresas.

BTC ou B2C - Business-to-Consumer
É o processo de comércio eletrônico de empresa para o consumidor.

Cinco S (5s)
A sigla 5S deriva das iniciais de cinco palavras japonesas: SEIRI, senso de utilização; SEITON, senso de ordenação; SEISO, senso de limpeza; SEIKETSU, senso de saúde; e SHITSUKE, senso de autodisciplina.
É um programa de gerenciamento participativo, com o objetivo de criar condições adequadas de trabalho às pessoas, em todos os níveis hierárquicos da organização.

Clima Organizacional
Referente ao ambiente interno. Está relacionado ao grau de motivação que existe entre os componentes da equipe.
Está muito ligado a fatores como: condições econômicas, estilo de liderança utilizada, políticas e valores existentes, estrutura organizacional, características pessoais de cada colaborador, natureza do negocio (ramo de atividade da empresa) e estagio de vida da empresa.

Core Business
Expressão que define algo relativo ao próprio negócio ou especialidade no negócio da empresa.

CRM
Customer Relationship Management  é um sistema integrado de gestão com foco no cliente, constituído por um conjunto de procedimentos/processos organizados e integrados num modelo de gestão de negócios. O software que auxilia e apoia esta gestão é normalmente denominado Sistema CRM. O seu objetivo principal é auxiliar as organizações a angariar e fidelizar clientes ou prospectos, fidelizar clientes atuais na busca de atingir a sua satisfação total, através do melhor entendimento das suas necessidades e expectativas e formação de uma visão global dos ambientes de marketing.

Cultura Organizacional
Assim como cada pessoa, as empresas também são únicas e têm uma cultura única. Cada empresa tem valores a serem preservados. A Cultura Organizacional abrange um conjunto de propriedades do ambiente de trabalho e constituem-se numa das forças importantes que influenciam o comportamento. Além das normas  formais, abrange
o conjunto de regras não escritas, que condicionam as atitudes tomadas pelas pessoas dentro da organização. Isto torna o processo de mudança difícil, exigindo cuidado e tempo.

Empowerment
Conceito de gestão, que visa dar poder e autonomia às pessoas na tomada de decisões e ações, gerando comprometimento e responsabilidade.

Endomarketing
Marketing interno realizado por meio de um conjunto de ações desenvolvidas para conscientizar, informar e motivar o indivíduo.

Extranet
Termo de informática - páginas que ligam a empresa a seus clientes e fornecedores.

Housekeeping
Processo que visa a manutenção da ordem, limpeza, organização e segurança nas empresas.

Internet
Termo de informática - Rede mundial de computadores. Permite o acesso a todas as pessoas.

Intranet
Termo de informática - páginas acessíveis apenas dentro de uma empresa.

Joint venture
Associação de empresas para explorar determinado negócio. De caráter não definitivo, nenhuma das empresas participantes perde sua personalidade jurídica.

Just-in-Time
Sistema cuja filosofia é eliminar tudo o que não adiciona valor ao produto, com o objetivo de fornecer exatamente o material necessário, nas quantidades e no tempo necessários.

Kanban
Sistema de Controle da Produção e dos Inventários.

Networking
Rede de relacionamentos.

Ombudsman
Termo de origem sueca, que significa “o homem que representa os interesses”. Como “ouvidor”, este profissional tem por missão intermediar a comunicação entre o público e a empresa.

Outplacement
Ferramenta de Recursos Humanos. É o investimento que uma empresa faz na recolocação de ex-funcionário (s) em outra organização, através de uma empresa especializada. Com esta técnica, se busca auxiliar o funcionário dispensado a se recolocar no mercado de trabalho

Outsourcing ou Terceirização
Adquirir de terceiros tudo o que não fizer parte do negócio principal de uma empresa (produtos e serviços em geral). Esta técnica traz vantagens à empresa, como redução de custo e as pessoas podem se voltar mais ao negócio da empresa, deixando de dispender recursos em questões que não agregam valores ao core business.

PDCA
Ferramenta que implica na melhoria de todos os processos de fabricação ou de negócios
Sigla em Inglês para: P – Plan (Planejar) / D – DO (Executar) / C – Check (Verificar) / A – Act (Agir)

Sabático
É um tempo destinado à reciclagem. Período em que o profissional “dá um tempo” em suas atividades profissionais para repensar, decidir, produzir mudanças. Não existe um tempo definido; este tempo depende de cada projeto que ele queira realizar. Por exemplo, cessa as atividades profissionais para percorrer o caminho de Santiago de Compostela ou prestar serviços em uma ONG.

Stock options ou Programa de Ações
Incentivo que permite aos funcionários comprar ações da empresa onde trabalham por um preço abaixo do mercado.

TQM - Total Quality Management – Gerenciamento da Qualidade Total
Sistema criado em 1985 pela Naval Air Systems Comand para descrever o seu enfoque de gerenciamento ao estilo japonês para aperfeiçoamento da qualidade.

Turnover
Termo em inglês, que significa: rotatividade; movimentação; giro; circulação. Relativo ao que é realizável a curto prazo; vendas.
Fonte: GuiaRH
  •  
O ombudsman ainda vive

Acho que não sou só o único que fica frustrado quando um produto ou serviço é ruim e não temos a quem recorrer. Pode parecer brincadeira, mas tive a impressão que o ombudsman morreu!
Acho que chegou a hora dos profissionais de Recursos Humanos entrarem em ação; usarem do prestígio em alta nas empresas (sim, o RH está em excelente cotação!), e ajudarem a avaliar os canais de comunicação externa das empresas, de forma a propor mudanças de profissionais, buscando expertise no mercado para treinamentos, a fim de ajudar as empresas na resolução das suas pendências.
Vou contar o que ocorre no mercado: por diversas razões comecei a vivenciar mais assiduamente a área motociclística, isto é, cheguei mais perto do mercado e dos negócios. Uma grande surpresa foi saber que nessa área não existe ombudsman. Fabricantes, rede de concessionárias, rede de lojas, fabricantes de acessórios, associações, ninguém tem um ombudsman que represente o cliente.
Observando, e também utilizando como cliente, o ombudsman (ou ouvidor, mas não gosto dessa palavra!) praticamente acabou virando um grande SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), isto é, virou departamento, gerência, fugindo ao escopo inicial de ser unicamente um ombudsman. E o pior: não tem poder de decisão e não resolvem as coisas!
Além disso, certos segmentos ignoraram solenemente o cliente e não criaram a figura do ombudsman. Por exemplo, as empresas de telefonia celular! Essas somente visam o lucro, prestam um péssimo serviço, arrotam caviar (na propaganda, claro!) e... dane-se quem reclama!
Como também anda um silêncio nessa área, fui consultar o Dr. João Elias de Oliveira - Presidente da Associação Brasileira de Ouvidores / Ombudsman (ABO) - o qual tem consciência da falta de empenho das empresas e vou colocar aqui, literalmente, um trecho do seu pensamento:
“Posso creditar à miopia da maioria dos empresários, o fato do SAC ou qualquer contact center ser "competidor" da Ouvidoria. Você bem sabe o papel diferenciador e o conteúdo da ação da Ouvidoria, seja pública ou privada. SAC e etc. são ferramentas apáticas, passivas e impessoais. O ouvidor personaliza o atendimento, traduz para o português coloquial o gerundismo telefônico, enfim, humaniza e respeita o contato com o reclamante. É claro que ele deve atuar sempre em segunda instância, ou seja, torna-se ativo quando o setor reclamado não consegue solucionar qualquer problema. Não se discute que a Ouvidoria pública avançou e se destacou na comparação com a privada. E por culpa das próprias empresas que enfocaram a Ouvidoria como uma ação de marketing de defesa, de relacionamento ou de relações públicas. Ouvidoria não pode ser anteparo da incompetência, da letargia ou do distanciamento. Ao contrário, é canal de comunicação, fonte de diálogo e, basta prestar atenção, pesquisa gratuita de opinião e fantástico instrumento gerencial para alteração de procedimentos negativos, má prestação de serviços ou oferta de mau produto”.
Pior, Dr. João Elias, pior!!! Nem como estratégia de marketing as empresas adotaram o ombudsman. Um ombudsman de verdade tem que ter poder de decisão, ser quase um mini-presidente, agregar valor à empresa, produtos ou serviços, ser uma fonte de informações e de pesquisa, enfim, algo que muitos temem: ter poder!
Aqui entra o RH: na hora da escolha de um ombudsman, é obvio que devem escolher um candidato muito bem preparado, político, “anfíbio” (transitar bem em todas as áreas), precisa ter visão holística, e muitas outras qualidades, para realmente representar o cliente dentro da empresa.
Pego outro trecho do bate-bola com o Dr. João Elias: “É claro que sei da importância da empresa privada na alavancagem econômica do país. Mas, o objetivo maior é o lucro da empresa e não o benefício do cliente”.
Pior, Dr. João Elias, pior!!! Nem isso fizeram direito, as empresas que têm a área! Não colocam o ombudsman como defensor do cliente e nem o utilizam para o lucro!
Devíamos começar do começo: a área de Recursos Humanos define claramente a posição do ombudsman dentro da empresa. Então, o ombudsman será o legítimo representante do Cliente (sim, com C maiúsculo!), terá uma atividade diferenciada na empresa, terá poder de decisão, resolverá efetivamente os casos, numa ótica diferenciada e isenta.
Se hoje o RH também cria definições para um departamento jurídico, por exemplo, por que não para o ombudsman também?
Com essa definição do RH e um trabalho eficiente do ombudsman, as empresas deixariam de ir parar nos Procon, Idec, Tribunais de Justiça. Evitariam ter sua imagem arranhada nos jornais, revistas, sites, emissoras de TVs, rádios, e-mails de grupos de pessoas e até páginas no Orkut ou sites de relacionamento, tipo “Eu odeio a...”. Impediriam gastos desnecessários com advogados, ações judiciais, explicações etc.
Porém, não é isso que acontece. Continuo vendo as pessoas debatendo-se, estressadas, cada uma tem uma história de horror junto às empresas e elas seguem errando, errando, errando e nada fazem para resolver as pendengas. Eu mesmo tenho algumas delas nas áreas em que só temos monopólios, tipo água e gás, e as Ouvidorias não serviram para nada!
Os ombudsmans, os poucos que existem se compararmos à quantidade de empresas no Brasil, continuam funcionando como meros departamentos, lentos, irritantes, têm mentalidade de um SAC de luxo, e os casos se arrastam. E o pior, eles não têm poder para resolver as situações. Isso, com uma excelente avaliação da equipe de Recursos Humanos, poderia ser corrigido.
Porém, o que acontece é que vamos continuar assistindo clientes estressados, sabendo da infinidade de casos em andamento, a ausência de uma filosofia clara de respeito ao consumidor, a falta de apoio dos órgãos de defesa do consumidor (pois só vão até certo ponto).
Por isso, a área de Recursos Humanos das empresas deveria propor às suas respectivas organizações que repensem a estratégia de relacionamento com clientes e voltar a valorizar o ombudsman, com todas as letras.
Nós, os clientes, ficaremos eternamente gratos.

Edson Lobo
  •  
Roubo de dados
As empresas correm risco de perder mais de 1 trilhão de dólares por roubo de dados e outros crimes virtuais, segundo uma pesquisa divulgada em Davos, na Suíça, nesta quinta-feira pela empresa especializada em segurança de informática, McAfee. A companhia divulgou o estudo após detectar, em 2008, um aumento de 400% de softwares maliciosos, malware - projetados para roubar dados, identidades e dinheiro. A pesquisa revelou que 80% dos malwares que atingiram 800 empresas em oito países tinham como objetivo o roubo de dinheiro de alguma forma, e não apenas estragar arquivos ou computadores. Segundo a pesquisa, 42% das empresas disseram ainda que o maior risco à segurança são os ex-funcionários.
  •  
 
Os 10 alimentos que combatem o envelhecimento precoce 

Conheça os 10 alimentos que ajudam a combater o envelhecimento precoce:

• 1. Maçã
• 2. Aveia
• 3. Alho
• 4. Soja
• 5. Azeite de oliva extra
• 6. Tomate
• 7. Castanha-do-pará
• 8. Iogurte
• 9. Semente de linhaça
• 10. Uva

1. MAÇÃ

Estudos científicos têm demonstrado que o consumo regular de maçãs ajuda a retardar o envelhecimento pele, protegendo-a dos raios solares. A fruta é em fibras e vitamina c, reduz risco de câncer e torna o sistema imunológico mais jovem, pois possui flavonóides e polifenóis. Uma pesquisa da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, garante que, para prevenir o câncer, uma maçã pequena e com casca tem o mesmo poder de arrasar os temidos radicais livres que 30 copos de suco de laranja (63 calorias em cem gramas).

A maçã é excelente para prevenir e manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis. Esse efeito é devido ao alto teor de pectina, encontrada na casca. Também tem um efeito acentuado para emagrecimento, pois a pectina dificulta a absorção das gorduras, da glicose e elimina o colesterol. O alto teor de potássio contido na polpa da maçã faz eliminar o sódio excedente, eliminando o excesso de água retida no corpo.

2. AVEIA

De todos os cereais, a aveia é uma das mais ricas em fibras. Ela ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL. A quantidade recomendada: 40 gramas por dia de farelo ou 60 gramas da farinha.

A aveia previne doenças cardiovasculares por seus efeitos sobre o colesterol, a arteriosclerose, o envelhecimento dos tecidos, a hipertensão arterial e por seus efeitos como antiinflamatório. Para os dentes, combate as cáries. Melhora a concentração e o esgotamento mental. É útil em enxaquecas, insônia, hiperatividade e ansiedade.

Indicada para controle de diabetes, como estabilizadora do nível de açúcar no sangue, porque estimula a atividade do pâncreas, e também como fonte de energia para assimilação lenta e de fibras.

3. ALHO

Um estudo realizado na Alemanha, chegou à conclusão de que 1 grama de alho consumido por dia reduz em 80% o volume na placa de aterosclerose nas artérias.

Pesquisas recentes mostram que alguns de seus componentes, como a alicina (substância responsável pelo sabor e odor), inibem uma bactéria que causa a úlcera e que tem sido apontada como precursora do câncer gástrico.

Reduz a pressão arterial e protege o coração ao diminuir a taxa de colesterol ruim e aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL. Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores malignos. Quantidade recomendada: um dente por dia (para diminuir o colesterol e a pressão arterial).

Rico em componentes que ativam o sistema imunológico e combatem vírus, bactérias e fungos que causam infecções, o alho pode agir como coadjuvante no tratamento de resfriados, gripes e aftas, por exemplo. Além disso, graças aos compostos fitoquímicos (alicina e ajoeno), o alimento ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue e tem ação antioxidante importante no controle do câncer.

4. SOJA

A soja é reconhecidamente o alimento que tem maior teor protéico.

Ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, segundo a FDA. Seu consumo regular pode diminuir os níveis de colesterol ruim em mais de 10%. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incômodos da menopausa e a prevenir o câncer de mama e de cólon

Quantidade recomendada: 150 gramas de grão de soja por dia, o equivalente a uma xícara de chá (para reduzir o colesterol).

As substancias presentes na soja atuam devido ao fato de que a leguminosa é rica em isoflavonas. É um fitoestrôgenio, pois imita o estrógeno (hormônio sexual feminino). Quando elas entram no organismo da mulher na menopausa, são capturadas pela mesma proteína que carrega o hormônio estrógeno. Essa proteína leva as isoflavonas até o receptor do estrógeno, onde elas irão atuar como o hormônio, fazendo o papel dele no corpo da mulher. Consumida três vezes por semana a partir dos 25 anos, ajuda as mulheres a manterem os níveis de hormônios regulares depois da menopausa.

5. AZEITE DE OLIVA (extravirgem)

Evitar todos os óleos vegetais parcialmente hidrogenados reduzirá sua idade verdadeira em 2,7 anos.

Azeites com baixa acidez (de até 0,8%) são chamados de extra virgem e são os de maior qualidade. Para ter essa característica, não podem passar por processos térmicos ou químicos. Sua extração é feita a frio, a temperaturas inferiores a 27ºC, de maneira a conservar melhor aroma e sabor.

Ajuda a prevenir a arteriosclerose e seus riscos; melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas; digere-se com maior facilidade do que qualquer outra gordura comestível, não tem colesterol e proporciona a mesma caloria dos outros óleos; acelera as funções metabólicas.

Azeite extra virgem tem muitos antioxidantes anticancerígenos: ômega 3 e esqualeno (que é um composto que previne câncer de cólon).

Extra virgem significa que o nível de acidez é menor que 1%, vindo da primeira prensagem das azeitonas, que foram processadas a frio (processo que preserva os nutrientes e mantém o sabor). Quanto mais escuro, mais o sabor é acentuado.

Auxilia na redução do LDL. Sua ingestão no lugar de margarina ou manteiga pode reduzir em até 40% o risco de doenças do coração e aumenta o HDL.

Quantidade recomendada: 15 mililitros por dia ou uma colher (de sopa rasa). Cada grama de azeite tem 9 calorias. 1 colher de sopa tem 125 calorias.

6. TOMATE

Devemos comer o ano inteiro. Diminui 40% de câncer de esôfago se você comer apenas um tomate por semana. Um tomate cru de tamanho médio contém somente 25 calorias.

Tem licopeno, retarda envelhecimento das células da próstata. O cozimento do tomate facilita a absorção do licopeno pelo corpo, portanto o molho de tomate cozido é melhor do que o tomate cru. Coloque azeite de oliva no tomate, para absorver melhor o licopeno. Se for beber suco de tomate coma alguma nozes antes (gordura), pois facilita a absorção do licopeno.

10 colheres de molho de tomate ingeridas semanalmente podem reduzir em 50% o risco de ocorrência de 11 tipos de câncer. Além de ser uma boa fonte de vitamina C, o tomate é ideal para quem quer perder peso, pois contém poucas calorias. 0 tomate funciona como antitóxico e laxante e ajuda o organismo a combater infecções. Além disso, é um excelente depurador do sangue. Também é rico em sais minerais, tais como: potássio, sódio, fósforo, cálcio, magnésio e ferro.

Nunca compre tomates com manchas escuras, partes podres ou emboloradas. Nem compre os verdes, que amadurecem fora do pé, pois eles têm menos vitaminas que os maduros. Escolha sempre os bem vermelhos, firmes e com a casca lisa. Auxilia na prevenção do câncer de próstata. Quantidade recomendada: uma colher e meia (sopa) de molho de tomate por dia.

7. CASTANHA-DO-PARÁ

Auxilia na prevenção de problemas cardíacos. Também ganhou o selo de redutora de doenças cardiovasculares da FDA. Ao ingerir cinco ou seis nozes antes da refeição, você se sente saciado mais rápido e por mais tempo. As mulheres ficarão 3,4 anos mais jovens e os homens, 4,4 anos.

Ela é fonte de vitamina E selênio, que colaboram para frear a produção de radicais livres, desacelerar o envelhecimento e reduzir o risco de doenças do coração. O mineral, ingerido em doses recomendadas (entre 55 e 70 gramas por dia), previne câncer, atua no equilíbrio do hormônio da glândula tireóide, fortalece a imunidade, reduz a toxidade de metais pesados e age no combate aos radicais livres.

Apenas uma noz é suficiente para suprir as necessidades diárias de Selênio no organismo humano.

A castanha-do-pará, por exemplo, já ficou famosa por seu alto teor de selênio, mineral que atua no equilíbrio da tiróide (evitando oscilações de peso), previne tumores, fortalece o sistema imunológico e protege contra a ação dos radicais livres.

8. IOGURTE

O iogurte semi ou desnatado tem mais cálcio por porção do que qualquer outro laticínio. É também uma importante fonte de proteínas, zinco e vitaminas A e do complexo B.

O valor desse alimento está nos 6 milhões de bactérias probióticas (benéficas à saúde) por mililitro. Além de equilibrar a microflora intestinal, elas auxiliam no trabalho de absorção dos nutrientes, prevenindo infecções causadas por fungos, melhora a imunidade, aumenta a absorção de cálcio pelo organismo, controla o colesterol e reduz o risco de câncer. A sua ingestão é uma fonte de ajuda no crescimento das crianças. Mais ainda: o iogurte atenua as olheiras

Um copo de iogurte por dia já traz todos esses benefícios desde que não tenha corantes, conservantes, espessantes nem adição de açúcar - tudo isso pode atrapalhar a sobrevivência das bactérias no organismo.

A quantidade de cálcio diária ideal para ser ingerida é de 1000 a 1200 mg ao dia após a menopausa. 1 copo de iogurte tem aproximadamente 300 mg de cálcio. Calorias 90.

9. SEMENTE DE LINHAÇA

Diversos estudos indicam que a linhaça é uma das principais fontes de ácidos graxos do tipo ômega 3. Trabalhos científicos já comprovaram que o óleo de linhaça tem 60% de ômega 3, enquanto o óleo de salmão tem metade, ou seja, 30%. Portanto é uma ótima opção para quem não gosta de peixe ou não pode ter acesso a ele e pretende obter a proteção daquele óleo que é fundamental à nossa saúde.

O ômega 3 é protetor contra as doenças cardiovasculares, pressão alta, trombose, desenvolvimento e crescimento das crianças, doenças auto-imunes, diminui o colesterol, ajuda a controlar o açúcar no sangue e inclusive melhora o ressecamento da lágrima. Pode também ativar o metabolismo, auxiliando a combater a obesidade. Aumenta a imunidade devido ao alto poder antioxidante; previne câncer de mama e próstata.

O alimento é extremamente rico em ácidos graxos ômega 3, baixa o colesterol ruim e a taxa de triglicérides devendo ser consumidos de preferência diariamente, no café da manhã. Estudos recentes atribuem à linhaça propriedades que ajudam a controlar os hormônios. Ela amenizaria os efeitos da TPM e os fogachos da menopausa.

Para diminuir o colesterol ruim (LDL), sintomas de TPM e menopausa, consuma diariamente 1 colher (sopa) de semente de linhaça triturada sobre os alimentos.

A semente de linhaça ajuda na prevenção do câncer de mama por neutralizar a ação do estrógeno sobre essa glândula. A semente de linhaça protege e evita a formação de tumores, pois contém 27 componentes anticancerígenos um deles é a LIGNINA (fitoesteróides), substância que imita o estrógeno. Contém 100 vezes mais Lignina que os melhores grãos integrais. Nenhum outro vegetal conhecido até hoje tem esta quantidade de lignina. Estes benefícios estão relacionados ao fato da lignina ser a precursora dos hormônios enterodiol e enterolactona e estes exercerem atividade sobre o nível de estrogênio.

10. UVA

Tem muitas fibras e tem resveratrol, flavonóide da casca da uva, deixa sistema imunológico e mas artérias mais jovens, reduzindo câncer, derrame, perda da memória e doenças cardíacas. O resveratrol também vem sendo relacionado com a inibição da carcinogênese.

Com propriedades laxativas e diuréticas, as uvas estimulam as funções do fígado, deixando você bem-disposta e com a pele mais bonita. Tem mais: além de serem boa fonte de vitamina C, ferro e potássio, elas contêm pectina (fibra) e bioflavonóides, que evitam o envelhecimento precoce.

A uva vermelha ou preta, presente no suco, ajuda a aumentar o colesterol bom e evita o acúmulo de gordura nas artérias, prevenindo doenças do coração.

Tanto a casca quanto a semente da uva, utilizadas na fabricação do vinho, possuem substâncias antioxidantes, conhecidas como polifenóis, poderosos aliados no combate aos radicais livres.
  •  
 Voe Mais Alto....


Logo após a 2ª Guerra Mundial, um jovem piloto inglês experimentava o seu frágil avião monomotor numa arrojada aventura ao redor do mundo.
Pouco depois de levantar vôo de um dos pequenos e improvisados aeródromos da Índia, ouviu um estranho ruído que vinha de trás do seu assento. Percebeu logo que havia um rato à bordo e que poderia, roendo a cobertura de lona, destruir o seu frágil avião.
Poderia voltar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo, perigoso e inesperado passageiro. Lembrou-se, contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas. Voando cada vez mais alto, pouco a pouco, cessarem os ruídos que punham em perigo a sua viagem.
Faça o mesmo;
Se o(a) ameaçarem destruir por inveja, calúnia ou maledicência,
Voe mais alto...!!!
Se o(a) criticarem,
Voe mais alto...!!!
Se fizerem injustiças a você,
Voe mais alto...!!!
Lembre-se sempre que os ratos não resistem às alturas.
  •  
 
A resposta do médico

O jornal Folha de São Paulo, na coluna Tendências / Debates, publicou recentemente um o artigo do médico Roger Abdelmassih. Um dos maiores especialistas em reprodução assistida do Brasil, o ginecologista é alvo de uma investigação da Polícia Civil de São Paulo e do Ministério Público, que apuram denúncias de atentado violento ao pudor supostamente feitas por ex-pacientes e uma ex-funcionária. 

Cconfira o que o Dr. Roger tem a dizer, lendo trechos do artigo.


As duas faces da moeda
Roger Abdelmassih


Crédito: Marcos Fernandes


O que ainda não compreendi é o porquê de tudo isso. Qual a verdadeira motivação para esse movimento que mais se caracteriza como sanha de vendeta, que se expressa em denúncias esvaziadas de sentido, em acusações perversas, subjetivas, sem materialidade, que embutem em si mesmas minha condenação perante a opinião pública. As fontes diversas e o ódio silencioso, sedimentado há décadas, são assustadores - incompreensíveis.

É certo que sou o representante mais conhecido no Brasil de uma especialidade médica que não consegue, ainda, 100% de resultados. Nesses 20 anos de clínica em medicina reprodutiva, tenho lidado -abertamente- com as mais variadas expressões de frustração de pacientes que não conseguiram atingir seus objetivos.

É certo que, em 65 anos de vida, cometi erros - muitos, até- como marido e pai de família, como profissional, como amigo, como ser apenas humano que sou. É certo que "eu sou eu e minhas circunstâncias" (Ortega y Gasset) e que muitos antipatizam com as minhas circunstâncias. E é certo, acima de tudo, que não sou merecedor de tantas e tamanhas atitudes de desforra, de julgamento à revelia na praça pública das páginas da imprensa - uma demonstração inequívoca de ressentimentos, de justiça selvagem manifestada à moda tribal, ao arrepio da Justiça.

Seria uma incoerência, uma estupidez, uma insanidade se fosse eu o moto propulsor da destruição de casamentos, de futuras famílias que eu ajudaria a formar. Não faz sentido. A verdade tem mais de um lado, e quem quer conhecê-la precisa ver a moeda por inteiro. Esse movimento de ressentimentos vingativos tem uma história de quase dois anos, cujos documentos serão apresentados no momento adequado, ao fórum adequado para sopesar as provas.

Há cerca de dois anos venho sendo atacado, por meio da internet. E-mails impressionantemente agressivos e ameaçadores, distribuídos para toda a minha família, para a imprensa e para a classe médica. Comunidades em sites de relacionamento, blogs e fóruns estampavam a mesma falácia que hoje ganha espaço na grande imprensa. No começo, parecia uma ação isolada. Mas o que poderia ser um moderno e já cotidiano crime de "cyberbullying", do qual são vítimas tanto adolescentes quanto prestadores de serviços, como um médico, acabou virando esse pesadelo.

O meu silêncio não é como o silêncio das pedras. É um silêncio cheio de sons e de cores, e sobretudo de respeito à Justiça e, até, às pessoas que estão me acusando, pois, pasme quem quiser, eu tenho minhas explicações, especialmente para as mentiras, para as fantasias e para as fofocas que ganham espaço na imprensa e que tentam desonrar a minha dignidade como pessoa humana -fundamento constitucional, direito pétreo que me vem sendo negado.
  •  
Colesterol: mulheres precisam controlar

Enquando uma pesquida da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo aponta que 85% dos paulistas não consideraram o colesterol um fator de risco para o coração – o que revela o desconhecimento da população sobre os principais fatores de risco para o coração, como tabaco, colesterol, diabetes, estresse, obesidade, sedentarismo, alcoolismo, entre outros –, outra pesquisa, apresentada em um dos mais importantes congressos internacionais – o da American Heart Association (AHA), nos Estados Unidos –, serve de alerta para que médicos do mundo todo repensem suas estratégias de abordagem com relação aos problemas do coração das mulheres.

No controle de fatores de risco para as doenças cardiovasculares, elas estão atrás dos homens no alcance das metas de controle do colesterol – inclusive no grupo de mulheres que já apresenta risco importante para a doença. É o que mostra o estudo multicêntrico Analysis of the Lipid Treatment Assessment Project (L-TAP), coordenado pelo cardiologista Raul Dias dos Santos, diretor do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor).
O estudo avaliou 9.955 pacientes (45% mulheres) em nove países, entre eles, o Brasil. Os resultados mostram que 37% das mulheres que estão no grupo de alto risco para desenvolver doenças cardiovasculares não consegue controlar o LDL (colesterol ruim) nos níveis de segurança preconizados pelos consensos médicos (abaixo de 100 mg/dL), contra 29% dos homens.
Infarto
A diferença é preocupante nos dois casos, diz Dr. Santos, porque a incidência é elevada em ambos os grupos. No entanto, os números mostram que as mulheres estão mais expostas ao risco, inclusive, de morte, em função do perfil da doença no sexo feminino. "É sabido que elas, quando acometidas de infarto, têm mortalidade significativamente maior do que os homens", explica o médico do Incor.
A diferença entre os sexos também aparece entre os participantes do estudo que já têm a doença arterial coronariana instalada e que, nessa condição, devem manter como meta o nível de colesterol LDL abaixo de 70 mg/dL. Nesse grupo de altíssimo risco, somente 26% das mulheres alcançaram esse objetivo contra 31% dos homens.
Obesidade
Segundo Dr. Santos, 5% é uma diferença estatisticamente muito significativa, ainda mais se for considerado que boa parte desses pacientes não têm apenas o colesterol fora de controle, mas também outros fatores de risco importantes, como pressão arterial e glicemia altos, obesidade, etc.
Embora as doenças cardiovasculares sejam a principal causa de morte tanto para homens como mulheres, o sexo feminino acumula uma série de fatores de risco que aumentam a chance de desenvolver infartos ou derrames no período da pós-menopausa – são eles a obesidade, o colesterol elevado e a pressão alta. Os dois últimos fatores aumentam em 30% e 25% o risco de infartos, respectivamente.
Hoje, 18% das mulheres brasileiras são consideradas obesas e 53% estão com sobrepeso.
Mais mortes
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. No caso do sexo feminino, a incidência é maior – essas doenças representam 32% de todas as mortes de mulheres e 27% dos óbitos de homens. Estima-se que cerca de 8 milhões de mulheres morrem por ano de doenças cardiovasculares: aproximadamente uma a cada minuto.
O médico explica que a discrepância entre homens e mulheres pode ser creditada ou a uma abordagem médica inadequada ou à baixa aderência da paciente ao tratamento. "As mulheres apresentam sintomas muito diferentes dos homens, por isso, é mais difícil reconhecer um problema cardiovascular nelas. Perto de 64% das mulheres nunca teve sintomas de doenças cardiovascular antes de sofrerem um infarto".
O diagnóstico inadequado, neste caso, acarretaria uma abordagem terapêutica e dietética menos agressiva para as mulheres - inclusive, para aquelas que já apresentam alto risco -, do que para os homens. Dentro desse contexto, diz o coordenador da pesquisa, a análise de alcance de metas por sexo é particularmente importante, pois esses dados contribuem para identificar a incidência do problema, propor estratégias para melhorar o controle do colesterol especificamente na população feminina e, assim, reduzir o risco de infarto ou derrame nesse grupo.
  •  
Uma história emocionante:

Durante a cerimônia (recente) dos graduandos em Administração do CESUPA (Centro Universitário do Pará), o primeiro colocado no Curso, Alonso Souza, foi chamado ao palco, acompanhado de seu Paraninfo (sua Mãe) para receber a homenagem do C.R.A./PA e do próprio CESUPA, ocasião em que a mãe do jovem Alonso fez uma revelação surpreendente e que emocionou profundamente todos os presentes a cerimônia: o Alonso Souza nasceu pelas mãos do Dr. João Paulo do Valle Mendes, Médico e Reitor do Cesupa. Meus parabéns Alonso! Que Deus te ilumine no exercício de tua profissão de Administrador e que a sua estrela brilhe permanentemente.
  •  
Nunca acendas um fogo que não possas apagar.
(Provérbio Chinês)



Um bom final de semana para os meus leitores.


 
Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.