Mais comentada

Plano de Intervenção

As empresa buscam corrigir seus pontos fracos e maximizar seus pontos fortes para maior rentabilidade. O Plano de Intervenção elaborado a partir de um diagnóstico deve ser elaborado de acordo com a realidade organizacional viabilizando inclusive a definição de padrões.

Miguel Lopes,

Plano de Intervenção - Financeiro

Um plano de Intervenção deve ser elaborado de acordo com diagnóstico realizado em uma organização.

 

Um modelo de Plano de Intervenção básico pode ser verificado nas linhas a seguir, elaborado para a empresa JJ Almeida (fictícia), que Ilustra muito bem este procedimento de forma resumida com indicações de melhoria que devem se aplicados aos pontos fracos identificados, considerados como deficiência administrativo-financeira, e, ao mesmo tempo procura maximixar os pontos fortes. confira:

 

Empresa em estudo: JJ Almeida

Seguimento: Comércio Varejista

 

Conforme constatado no diagnóstico fica claro a necessidade de correção das deficiências, necessárias para que a empresa possa continuar crescendo de forma competitiva.

Justificativa: Devido a crescente competitividade entre as empresas, elas estão sendo obrigadas a implantar melhorias contínuas nos seus processos de negócio. Atualmente, a maior delas busca a obtenção de rentabilidade para maximizar o lucro e melhorar a qualidade de seus produtos, e, assim gerar riqueza para seus proprietários e valor percebido para seus clientes.

 

No caso em estudo a empresa deve estabelecer uma política de crédito mais clara de forma que não desestimule as vendas nem cause prejuízo. Por se tratar de um ramo em que o giro dos estoques é grande, os prazos de recebimentos das faturas devem ser fixados em até 15 dias, a part5ir da data de emissão.

Uma vez concedido o crédito, a empresa deve atuar efetivamente na cobrança para assegurar o recebimento da venda dentro do prazo estabelecido. A empresa deve contar também com um serviço de cobrança bancária, o mais indicado seria o serviço oferecido pelo Banco Itaú S/A onde a empresa já é cliente, devendo no entanto analisar outras alternativas, levando-se em conta sua própria estrutura.

Com os procedimentos de concessão de crédito e cobrança bem delineados e bem administrados certamente haverá menos atrasos de contas a receber. Essas medidas devem contribuir para o financiamento dos clientes normalmente e sem juros. Para as contas a receber resultante da venda a prazo, essas vendas devem continuar normalmente sendo representadas por faturas e duplicatas.

Deve haver maior integração entre o contas a receber e o contas a pagar, isso porque quanto maior for o volume de recursos aplicados no financiamento de contas a receber, maior será a necessidade de capital de giro da empresa e maior o seu custo financeiro. Para que a empresa não venha a ter problemas de capital de giro ela deve negociar com seus fornecedores a possibilidade de aumentar o prazo de pagamento de compras a prazo para 15 dias, hoje estabelecida em média de 5 a 7 dias.

Devido ao prazo de pagamento bastante curto a empresa acaba tendo que utilizar recursos próprios ou de terceiros (empréstimos) para pagar suas contas como ocorreu (algumas pagas em atraso). Por outro lado, mesmo que a empresa possua recursos próprios disponíveis e que dispõe de crédito junto aos seus fornecedores, o administrador financeiro deve analisar se é mais vantagem realizar suas compras à vista ou a prazo para pagamento, para isso deve fazer uma comparação do preço da mercadoria à vista e a prazo e do respectivo prazo para pagamento.

Como medidas de segurança os pagamentos para títulos de fornecedores com valor a partir de uma salário mínimo, a empresa deve optar pelo pagamento através de cheques, créditos em conta bancária por meio de Transferências Eletrônicas Disponíveis (TED's) e Documentos de Crédito (DOCs). O manuseio deve limitar-se ao mínimo possível, pois gera riscos de diversos tipos.

Como forma de buscar rentabilidade sobre as vendas e cobrir o valor financiado (R$ 20.000,00) pelo Banco Itaú S/A, a empresa precisa elevar o percentual de lucro sobre as vendas de 20% (vinte) por cento para 30% (trinta) por cento. Outra opção indicada, está na definição de uma estratégia que vise aumentar as vendas à vista feitas diretamente aos clientes pessoas físicas. A empresa pode investir, por exemplo, em um plano de marketing com base na análise do perfil dos clientes-alvo, e os fatores que influenciam suas decisões de compra, após analisar a política de preços da concorrência e após levantar os custos envolvidos na revenda dos produtos.

Da forma como vem mantendo sua política de preço não há obter vantagem lucrativa sobre o financiamento. Por outro lado a empresa precisa aumentar suas vendas à vista para financiar seu capital de giro e definir melhor sua presença como comércio varejista de bairro.

A análise das informações de 2008 envolvendo o balanço, demonstração de resultados (DRE), os índices da eficiência da gestão do capital de giro e do do ciclo operacional, confirma que a empresa vem adotando a mesma estratégia gerencial e para desempenho financeiro em 2009. Porém, conforme constatado na análise das atividades de tesouraria, e através dos controles internos da empresa de 2009, a empresa se ver diante de uma nova realidade e necessita de um melhor gerenciamento financeiro para continuar lucrativa.

 

 Indicações de melhoria da área financeira

Prioridades: Levantar a possibilidade de novo financiamento para capital giro da empresa para janeiro de 2010 junto à instituições filiada ao BNDES, por representar menor taxa de juros e maior prazo para pagamento do financiamento, o que reflete positivamente na capacidade de pagamento e competitiva da empresa.

Quando: Imediato

Onde: Junto às instituições financeiras

Por quem: Tesoureiro / Administrador

 

Elaborar o plano de negócios da empresa: Em 60 dias

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

Investir em marketing para melhorar as vendas à vista;

Imediato

No mercado

Tesoureiro/dirigente

 

Atuar para melhorar a lucratividade através de ações junto aos fornecedores para definir as melhores formas de negociação na compra dos produtos a um preço mais baixo, e formas de pagamento mais convenientes (15 dias);

Imediato

Praça

Tesoureiro/dirigente

 

Definir a melhor estratégia de preços com base na análise de mercado e fontes de financiamentos;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Estabelecer uma política de créditos mais clara, de forma que não desestimule as vendas, nem cause prejuízo à empresa;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Adotar serviço de cobrança bancária como forma de segurança nas negociações de vendas a prazo;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Para os títulos com valor acima de um salário mínimo, dar preferência para pagamentos através de cheque, e/ou transferências eletrônicas, por representar maior segurança e menos riscos;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Promover maior integração entre o contas a pagar e o contas a receber, de forma a manter em equilibrado o fluxo de caixa;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Adotar um melhor gerenciamento do contas a receber e contas a pagar de forma a evitar atrasos;

Imediato

Na empresa

Tesoureiro/dirigente

 

Para as deficiências ora identificadas, é importante que a empresa tome consciência de que, se esses objetivos dentre outros, não forem alcançados, corre o risco de perder participação no mercado e clientes para seu concorrente. Para que isso não ocorra a organização precisa corrigir essas deficiências e maximizar os pontos positivos.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Shopping