Recursos humanos: recrutamento e seleção

Este estudo aborda o recrutamento de pessoal em uma empresa que atua na área de soluções em software. Possui como objetivo analisar o departamento de Recursos Humanos, detalhando o subsistema de Recrutamento de pessoal.

Deize Maria,

A importância da administração para o bom desempenho das empresas consiste num processo integrativo que busca a obtenção de resultados específicos. A necessidade de administrar surge do confronto entre as variáveis que compõem uma atividade estruturada, como recursos materiais e humanos, tecnologia, demandas e restrições ambientais entre outros.

A relação com a prática evidencia que a qualquer momento um individuo que inicie um

negócio percebe que este deve ser administrado com competência e responsabilidade, e sendo assim qualquer que seja o problema ele será minimizado em função de um objetivo principal. Para que estes objetivos sejam atingidos, há necessidade de uma inter-relação intensa entre os membros do grupo que está no negócio e uma direção de trabalho oferecida pela forma como o negócio está sendo conduzido, propiciado pelo setor administrativo. A área de Recursos Humanos para a organização significa a valorização do elemento humano, com o objetivo de permitir que as pessoas possam criar inovar, contestar, apoiando a empresa como um todo.

O trabalho aqui delineado procura verificar o processo de recrutamento em uma empresa, que presta serviços na área de Consultoria em Informática, Serviços e Software. Para tal efeito de recrutamento, buscou-se averiguar quais são as habilidades requeridas das pessoas, quais as características que a empresa procura para preencher o cargo. Para isso foi necessário estudar alguns autores (KWASNICKA, MAXIMIANO, CHIAVENATO, DUBRIN) nas áreas de Recursos Humanos e Recrutamento, assim como a coleta de informações da empresa.

Para a sociedade é muito representativo tanto para relacionamentos profissionais como

sociais, a capacidade comunicativa é maior, e mais aproveitada. Demonstra um trabalho responsável eficiente e prático que influencia e desenvolve um potencial e uma conquista pelas pessoas, visando melhorar seus processos e produtos.

Portanto a realização desta pesquisa apresenta-se como um desafio para o pesquisador, pois pretende adotar na pratica todo o aprendizado acadêmico da área de Gestão de Pessoas contribuindo para um aprimoramento destes procecimentos.


Recursos humanos

A importância da administração para o bom desempenho das empresas consiste num processo

integrativo que busca a obtenção de resultados específicos. A necessidade de administrar

surge do confronto entre as variáveis que compõem uma atividade formalmente estruturada,

como recursos materiais e humanos, tecnologia, demandas e restrições ambientais entre

outros.

A relação com a prática evidencia que a qualquer momento um individuo que inicie um

negócio necessitará ser administrado, e sendo assim qualquer que seja o problema ele será

minimizado em função de um objetivo principal. Para que os objetivos sejam atingidos, há

necessidade de uma inter-relação intensa entre os membros do grupo que está no negócio e

uma direção de trabalho oferecida pela forma como o negócio está sendo conduzido,

propiciado pelo setor administrativo.

Nos dias atuais, em uma sociedade cada vez mais informada e ciente de suas

responsabilidades, as empresas são impulsionadas a criar e cultivar um ambiente de trabalho

interno no qual o principal objetivo deve ser a participação e a busca constante de

conhecimento.

As organizações buscam um modelo de atuação para maximizar seu crescimento e enfrentar a

concorrência e as constantes mudanças no mercado. Assim, nasce um novo conceito de

organização, em que se percebe que a interação entre a empresa e seus colaboradores é

fundamental para o maior desenvolvimento de ambas as partes, caminhando para a

pontencialização das habilidades resultando além do crescimento da empresa a satisfação

profissional. Para percorrer este caminho não se podem deixar de lado os sentimentos que são

inerentes aos seres humanos, e que senão forem trabalhados adequadamente podem trazer

sérios comprometimentos para a organização.

A administração de Recursos Humanos consiste no planejamento, na organização, no

desenvolvimento, na coordenação e no controle de técnicas capazes de promover o

desempenho eficiente do pessoal, ao mesmo tempo em que a organização representa o meio

que permite ás pessoas que com ela colaboram alcançar os objetivos individuais relacionados

direta ou indiretamente com o trabalho.

Recursos humanos desempenham um papel que vai desde um trabalho burocrático

de suporte, passando por integração da estratégia organizacional, atenção ás

relações de trabalho, até a oferta de serviços demandados pelas regulamentações ou

leis trabalhistas. Dada à complexidade da natureza do trabalho e os conflitos

existentes nas relações interpessoais, deve-se sempre assegurar qual atitude o

momento exige ou é mais apropriada (KWASNICKA, 1995, 142).

Portanto, planejamento, marketing, direção, controle, arrecadação de fundos e as atividades

internas estão diretamente relacionados aos conhecimentos, atitudes e habilidades que as

pessoas trazem e desenvolvem ao longo de sua vida pessoal e profissional.

Recursos humanos administram todos os tipos de relações da empresa com seus

empregados, mesmo antes de entrar no mercado de trabalho, algumas pessoas

fazem parte dos planos de recursos humanos de certas empresas (MAXIMIANO,

2000, p. 245).

Desta forma, cada um tem a chance de saber seus direitos e deveres, o que é esperado como

contribuição individual, por que razões seu desempenho está sendo avaliado positivamente ou

não e formas de superar eventuais dificuldades e assim por diante.

O importante, então, é que haja uma política de Recursos Humanos e não que esta política

esteja sem formalização em documentos da empresa difusa, porquanto só existente na cabeça

de uma pessoa ou de um grupo restrito de pessoas.

A importância da área de Recursos Humanos para a organização significa a valorização do

elemento humano, com o objetivo de permitir que as pessoas possam criar, inovar, contestar,

apoiando a empresa como um todo. Pois esta área é vinculada ao próprio negócio da empresa,

com a produtividade, a lucratividade, a integração e a satisfação dos funcionários.

2.1 O processo de recrutamento

As pessoas estão engajadas em um contínuo e interativo processo de atrair uns aos outros.

Segundo (DUBRIN, 1998, p.151) "O recrutamento é o processo de atrair ao emprego

candidatos com as características e habilidades adequadas para preencher as vagas abertas".

Da mesma forma, os indivíduos atraem e selecionam as organizações, informando-se e

formando opiniões a respeito delas, as organizações procuram atrair indivíduos e obter

informações a respeito deles para decidir sobre o interesse de admiti-los ou não.

Portanto o recrutamento visa contribuir para a manutenção de um quadro de profissionais

qualificados e que atendam às necessidades de crescimento e desenvolvimento da empresa.

Recrutamento é um conjunto de técnicas e procedimentos que visa a atrair

candidatos potencialmente qualificados e capazes de ocupar cargos dentro da

organização. É basicamente um sistema de informação, através do qual a

organização divulga e oferece ao mercado de recursos humanos oportunidades de

emprego que pretende preencher (CHIAVENATO, 2000, p197).

Porém, para que isto aconteça torna-se necessário um planejamento, no qual se constitui: o

que a organização precisa em termos de pessoas, o que o mercado de Recursos Humanos pode

oferecer, e quais às técnicas de recrutamento a aplicar.

As necessidades de pessoal são uma variável dependente da procura estimada do produto ou

do serviço. Segundo (CHIAVENATO, 2000, p.208) "Recrutamento é interno quando,

havendo determinada vaga, a empresa procura preenchê-la através do remanejamento de seus

empregados, que podem ser promovidos ou transferidos".

Esta relação é influenciada por variações na produtividade, tecnologia, disponibilidade

interna e externa de recursos financeiros e disponibilidade de pessoas na organização.

Contudo, a seção de Recrutamento não tem autoridade de efetuar as atividades sem a devida

tomada de decisão por parte do departamento que possui a vaga a ser preenchida.

Essa forma de Recrutamento permite que os colaboradores sintam-se valorizados, pois eles

podem desenvolver outras atividades, das quais estão acostumados.

Para a empresa é econômico, rápido e evita o processo de recrutar, pode, porém gerar

conflitos de interesses e exige-se potencial do empregado para que este possa ser promovido

acima de seu cargo. Segundo (CHIAVENATO, 2000, p.212) "O recrutamento externo

funciona com candidatos vindo de fora. Havendo uma vaga, a organização procura preenchêla

com pessoas estranhas, ou seja, com candidatos externos atraídos pelas técnicas de

recrutamento".

É necessário que o recrutamento interno seja bem direcionado, analisando cuidadosamente as

informações sobre seus colaboradores, treinamento, planos de carreiras.

Essa forma de recrutamento externo permite que as pessoas com perfil desejado ao cargo

sejam atraídas para a empresa, sendo assim obtêm melhor desempenho e eficiência.


A organização do Departamento de Recursos Humanos

Com matriz localizada na região sudoeste do Paraná, a empresa atua em todo o mercado nacional, contando com filiais em diversos estados brasileiros e vários profissionais determinados em desenvolver novas soluções, produtos que buscam a satisfação dos clientes.

A atualização tecnológica e o compromisso com os resultados a serem obtidos por seus clientes, a identificam como uma competente empresa de softwares do Brasil.

O departamento comercial é responsável pela projeção da empresa no mercado nacional. Por meio de seus colaboradores diariamente são estabelecidas novas alianças comerciais, sejam com aliados estratégicos ou com clientes, ampliando assim a rede de relacionamentos.

Atualmente, o mundo dos negócios é muito dinâmico e nenhuma organização obtém sucesso de maneira solitária. Para atingir os resultados com eficiência, a referida empresa estabelece parcerias, gerando melhores oportunidades de negócios aos clientes e ampliando sua atuação no mercado. Nesse sentido possui filiais em São Paulo, Campo Grande, Cuiabá e Curitiba.

Para trabalhar na área de Recrutamento torna-se necessário primeiramente saber sobre o software utilizado pela empresa e suas ferramentas, conhecimento básico de leis trabalhistas, calculadora HP, ferramentas do Excel e Word, matemática financeira, cálculos trabalhistas e conhecimento em recrutamento e seleção.

Treinamentos e equipamentos desejáveis: Além dos citados acima, é necessário possuir conhecimento em Administração de Recursos Humanos e Financeira. Para a contratação na área de Recursos Humanos é preciso ter ensino superior,experiência desejada no qual descreve-se o tipo de experiência que julga necessária para executar as atividades do seu cargo satisfatoriamente.

Ter graduação em áreas Administrativas e de Recursos Humanos e constante aperfeiçoamento

(especialização, cursos). Possuir algumas habilidades técnicas na área de informática,

cálculos, raciocínio Lógico, nas áreas de controle, planejamento, previsão e organização.

Possuir características pessoais como: sigilo profissional, bom relacionamento interpessoal, comunicativo, sagaz.

 


Estruturação da política de recrutamento e seleção na empresa

O Departamento de Pessoal deve colaborar com o recrutamento e seleção de novos

colaboradores. Sempre que abrir novas vagas na empresa, passa-se um e-mail para o

Departamento de Pessoal para que este providencie a divulgação da vaga tanto no site da empresa, como no site da Catho. Conforme há o recebimento de  currículos por e-mail ou pessoalmente, o Departamento de Pessoal envia ao Diretor da Área em que foi aberta a vaga para que este selecione os melhores currículos para que se possa entrar em contato com o candidato para marcar uma entrevista e fazer alguns testes.

Tem a colaboração de uma empresa de Minas Gerais para fazer as análises dos perfis

psicológicos dos candidatos. O candidato preenche um formulário e entrega ao Departamento de Pessoal, este envia via fax ou e-mail para a empresa  de Minas Gerais, esta faz a análise do perfil e retorna fornecendo um gráfico e uma descrição do perfil do candidato para ajudar os recrutadores na avaliação e possível contratação.

Fica a cargo do Departamento de Pessoal reunir toda a documentação necessária para o registro ou estágio de novos colaboradores na empresa. Quando o colaborador é contratado, o Departamento de Pessoal verifica com o coordenador ou Diretor da área em que o novo colaborador irá trabalhar para que todas as informações sejam transmitidas por este.

Quando o novo colaborador inicia na empresa o Departamento de Pessoal passa a ele o Manual do PIC (Programa de Integração) para que este faça a leitura e tome ciência de todas as normas da empresa, recolhe a documentação necessária para fazer o registro em carteira ou contrato de estágio, faz o cadastro do novo colaborador no sistema da empresa, marca o exame admissional, encaminha a abertura de conta corrente, solicita os crachás, faz a apresentação do novo colaborador para a empresa.

 






3. Considerações Finais

Foi possível identificar nos referenciais teóricos pesquisados a existência de uma variedade de fatores que influenciam no processo de Recrutamento e Seleção, que compõem a área de recursos humanos em uma organização.

Observou-se que através do trabalho acadêmico, pode-se ter uma base ainda maior sobre o funcionamento do subsistema de recrutamento, como ele é organizado, quais são suas vantagens, como recrutar, e isso agregam conhecimento ao estudante.

O departamento de Recursos Humanos da Empresa cumpre as funções específicas da área, dentre elas o processo de compra de vale transportes, de vale refeição, elaboração da folha de pagamento, lançamentos contábeis, alterações salariais, rescisões de contrato, plano de previdência privada, plano de saúde, seguro de vida, conferência de cartão ponto, envio de documentos para as unidades, controle de férias, normas internas do site.

Percebeu-se que para se trabalhar de forma adequada no departamento de Recursos Humanos torna-se necessário possuir conhecimento do software utilizado pela empresa, conhecimento

básico das leis trabalhistas, conhecimento em Recrutamento e Seleção, terem habilidade em cálculos, planejamento, previsão e organização.

Como a empresa é da área de informática, precisa-se de pessoas expansivas e vendedoras, para a área comercial, organizadas e com conhecimento bom em financeiro para a área administrativa financeira e para a área de informática avançada.

A empresa necessita de pessoas capacitadas para cada área e a preocupação é não perder tempo, pois no desenvolvimento de software não dá para errar na contratação. Tem-se que acertar para que cada colaborador trabalhe e dê bons frutos para a empresa, na função que ele

realmente gosta.

Justamente por este rigor alguns processos foram alterados e contratou-se a psicóloga. A

preocupação é com o mercado de informática, pois pelo que se sabe através de pesquisas, a

área de informática terá um déficit de milhões de profissionais daqui alguns anos.

Há muitos candidatos que querem trabalhar na empresa chegam currículos de todo o Brasil.

Pretende-se abrir novas filiais, e os gestores trabalham de forma assídua para contratar novos colaboradores.


Referências



CHIAVENATO, I.

Recursos Humanos. 6° Edição. São Paulo: Editora Atlas S.A, 2000.DUBRIN, A.

Princípios de Administração. 4°Edição. Rio de Janeiro. Editora LTC, 1998.KWASNICKA, E.

Introdução à Administração. 5°Edição. São Paulo. Editor Atlas, 1995.MAXIMIANO, A.

Introdução à Administração. 6° Edição. São Paulo: Editor Atlas, 2004.MOTTA, F. P.; VASCONCELOS, I. F.

Teoria geral da administração. São Paulo: Editora Pioneira ThomsonLearning, 2002.

RUARO, D.

Manual de Produção Acadêmica. 2° Edição. Pato Branco: Editora Imprepel, 2004.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: Planejamento de Recursos humanos; Recrutamento; Seleção.