Você sabia que o Marketing de mercado-alvo é estratégico para a eficácia dos negócios de uma empresa?

SAP – segmentação de mercado; estabelecimento de alvo; e posicionamento da empresa no mercado – é estratégico para o bom desempenho dos negócios de uma empresa

Em artigo publicado, anteriormente, vimos que o conceito de Marketing é baseado em quatro pilares: mercado-alvo, necessidades dos consumidores, marketing integrado e rentabilidade.

Hoje, veremos que o SAPsegmentação de mercado, estabelecimento de alvo e posicionamento da empresa no mercado –, que são ferramentas fundamentais de marketing, é estratégico para o bom desempenho dos negócios de uma empresa.

Uma empresa que decide operar em um mercado amplo reconhece que, normalmente, não pode atender a todos os consumidores daquele mercado. Porque eles são bastante numerosos, dispersos e diversificados em termos de exigências de compra. Por isso, em vez de competir em todos os lugares, precisa identificar os segmentos de mercado que pode atender com maior eficácia.

Assim, visando escolher seus mercados para atendê-los bem, há a necessidade de que as empresas adotem o Marketing de mercado-alvo. Porém, essas empresas deverão escolher um ou mais segmentos e desenvolver produtos, serviços e programas de marketing sob medida para cada um deles.

Dessa forma, estarão deixando de dispersar seu esforço de marketing com uma abordagem pulverizada – isto é, a utilização de um marketing de massa onde o produto é oferecido para todos os compradores – para uma abordagem direcionada, focada naqueles compradores que a empresa tem maior chance de satisfazê-los. Mas, para que a empresa realize a aplicação do marketing de mercado-alvo, exige-se que ela siga três etapas importantes:

Segmentação de mercado – que consiste na ação de identificar e classificar grupos distintos de compradores. A segmentação de mercado representa um esforço para o aumento de precisão do alvo que a empresa quer atingir; ela pode ser adotada em quatro níveis: segmentos, nichos, áreas locais e individuais, este, também, conhecido como “one-to-one” (um por um).

Por exemplo, uma empresa automobilística pode identificar quatro segmentos amplos: compradores que procuram transporte básico, os que buscam alto desempenho, os interessados em luxo e os que apreciam a segurança.

Escolha do mercado-alvo - é a seleção de um ou mais segmentos de mercado para que a empresa possa atuar neles. Digamos que, no exemplo acima, o mercado-alvo escolhido seja o segmento das pessoas que apreciam a segurança.

Posicionamento da empresa no mercado - é o ato de desenvolver a oferta e a imagem da empresa, de maneira que ocupem uma posição competitiva distinta e significativa nas mentes dos consumidores-alvos.

Conforme, o exemplo acima, se o segmento escolhido foi: a segurança. O resultado final do posicionamento da empresa no mercado é a criação bem-sucedida de uma proposição de valor focada no mercado. A empresa deverá fazer uma declaração simples para justificar o porquê que o mercado-alvo deve comprar os seus produtos.

E, nessa declaração, a empresa deverá mostrar ao seu público-alvo os benefícios que os seus produtos trarão a eles.

Certamente que, com esse posicionamento, a empresa automobilística deverá adquirir somente veículos que tragam esses benefícios que foram declarados, ou seja, que ela adquira veículos que tenha como característica principal muita segurança.

Assim, em seus negócios, utilize as ferramentas de marketing: segmentação – segmente o seu mercado, com isso o seu foco será mais direcionado para um ou mais grupos de consumidores-alvos; mercado-alvo – de preferência escolha os nichos que não estão sendo atendidos ou que não estão sendo bem atendidos, pela concorrência; posicionamento – posicione a sua empresa no mercado, de maneira que os clientes tenham a percepção desse posicionamento.

Evite usar o marketing de massa – que consiste em vender um produto para todos os compradores – porque com a crescente pulverização dos mercados o marketing de massa torna-se cada vez mais difícil, uma vez que os consumidores têm várias maneiras de comprar, sejam por meio de shopping centers, lojas especializadas, Internet etc.

Portanto, vimos que a prática do marketing de mercado-alvo em uma empresa é estratégico para a eficácia dos negócios e colabora para que se obtenha uma vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes.

 

 

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: estratégia marketing mercado mercado-alvo Posionamento Roberto Morais Batista segmentação

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração