4 Dicas para resolver conflitos entre sócios

Você está convidado para uma rápida reflexão de como a objetividade e implementação de uma boa estrutura de controle alinhado com a estratégia pode antecipar e reduzir conflitos entre sócios

Apesar de ser um problema relativamente comum, resolver conflitos sem que o negócio seja afetado nem sempre é uma tarefa fácil. O tratamento da situação de forma inadequada, por vezes acarreta em ações não amigáveis, impactando o negócio de forma negativa.

A existência de uma sociedade, por si só, demonstra que há motivações e interesses em comum entre os sócios em prol do sucesso do negócio. Sem ter as especificidades de cada situação em mãos, uma regra geral é que esforços devem ser envidados para que os conflitos se tornem objeto de aprendizado e crescimento pessoal e profissional, já que todos estão no “mesmo barco” e precisam superar as adversidades para crescer.

Vou listar aqui 04 dicas para contribuir positivamente para a resolução de conflitos ou como medidas preventivas:

Dica 01: Defina um Planejamento Estratégico.

O Planejamento Estratégico tem como foco o desenvolvimento e a gestão da estratégica, através de uma visão ampla de longo prazo, com a finalidade de garantir a missão e continuidade dos negócios.

No meu ponto de vista, o esforço conjunto para determinar as diretrizes do negócio a longo prazo pode antecipar conflitos, já que os sócios precisarão estar em sintonia para delinear os caminhos a seguir.

Dica 02: Desdobre o planejamento em ações de médio e curto prazo.

O desdobramento das estratégias definidas com vistas à implementação é de suma importância. Agora é hora de dividir as atividades com base no perfil de casa sócio para que possam se concentrar na parte que têm mais aptidão.

O importante é que se complementem e o alcance das metas individuais impactem positivamente o negócio como um todo. Todos sairão ganhando!

Dica 03: Não se disperse por falta de controle.

O controle caracteriza-se pelo confronto dos resultados das atividades realizadas com os resultados definidos no planejamento. Se os conflitos surgirem em pautas de análise dos controles, as discussões podem se tornar muito mais objetivas. Ao serem resolvidas, os sócios estarão corrigindo desvios e otimizando todo o processo de gestão.

Dica 04: Peça ajuda!

É muito comum que se recorra a um profissional externo para auxiliar os sócios na resolução de conflitos. Este profissional, inclusive, deterá conhecimentos sobre as melhores práticas do mercado, estando apto a orientar as partes de modo técnico e bem fundamentado.

Se você leu até aqui é porque se preocupa com detalhes, assim como eu. Uma abordagem multidisciplinar poderá auxiliar os sócios na melhoria e obtenção de transparência dos processos do seu negócio. Administradores, contadores, auditores, peritos e advogados que, ao atuar em conjunto,  poderão propor um escopo de solução adequado, que seja percebido como um importante investimento no negócio.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: conflito conflitos dicas empreendedor estrategia gestao negocios planejamento sociedade