Mais comentada

Bem-vindo ao Admirável Mundo Novo

Não existe paralelo, na história recente da humanidade, de um período com tão intensas e amplas transformações na sociedade

iStock

Tomo licença de Aldous Huxley que, em 1932, escreveu a distopia Admirável Mundo Novo para parafraseá-lo com referência aos dias atuais fazendo a ressalva que as semelhanças com o best-seller param por aí.

Não existe paralelo, na história recente da humanidade, de um período com tão intensas e amplas transformações na sociedade.
Essa Era já é conhecida como a 4a Revolução Industrial, termo cunhado por Klaus Schwab, fundador e Chairman do Fórum Econômico de Davos, um dos principais centros de pensamento sobre a sociedade do mundo. Prepare-se, pois você irá ouvir esse termo cada vez com mais frequência.

A Revolução atual é a mais influente, profunda e abrangente de todas as que impactaram a sociedade já que, de forma síncrona, fenômenos com alto potencial de transformação como Inteligência Artificial, Big Data, Internet das Coisas, Machine Learning dentre tantos outros, se manifestam e mostram suas afiadas garras.

Como não poderia ser diferente, questões de toda natureza emergem. Qual é o futuro do trabalho? Os homens serão substituídos por robôs? Quais são os limites da privacidade pessoal? O fato concreto é que, por mais clichê que possa parecer à frase, em um ambiente repleto de ameaças repousam oportunidades incríveis.

Estão em vantagem as organizações e líderes que fizeram uma leitura adequada desse ambiente e estão transformando setores inteiros da economia como o de transporte, mídia, turismo dentre outros.

A boa notícia é que, pela primeira vez na história recente dos negócios, novas e ágeis empresas têm condições de superar gigantes e poderosos conglomerados. Nunca se esqueça de que empresas que são bilionárias hoje como Google, Facebook, Netflix, Uber, dentre outras, eram startups que iniciaram seus projetos em garagens e pequenos escritórios.

A ambição de seus líderes, no entanto, sempre foi do tamanho de seus negócios atuais.

Não são todos que serão bem sucedidos nesse ambiente. Até aí nenhuma novidade, pois, desde os primórdios, o mundo corporativo se comporta dessa forma. Há, no entanto, uma perspectiva fabulosa para quem entrar de cabeça nesse novo ambiente.

Nesse espaço me dedicarei, quinzenalmente, a explorar as oportunidades e desafios advindos desse admirável novo mundo.

Não há momento mais virtuoso para se viver. Enjoy the ride 😉

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração