Como aumentar sua credibilidade

Na atual crise política brasileira, não faltam líderes sem confiabilidade. A nação amarga uma falta de grandes líderes. Ao entender que a credibilidade é a base da liderança e a confiança é o alicerce para gerar seguidores, analisamos o que você pode fazer para melhorar sua eficácia como líder.

iStock

A credibilidade é a base da liderança. Todo líder eficaz e exemplar deve possuir esta qualidade entre suas competências. Logo, estabelecer sua credibilidade como líder é o alicerce da persuasão e influência para conseguir efetivamente que seus colaboradores façam o que deve ser feito.

Quando você apresenta uma ideia nova em sua equipe de trabalho ou diante de uma plateia, as pessoas imediatamente se perguntam se você é digno de confiança. De acordo com a coach executiva, palestrante e autora Elizabeth Kuhnke, as pessoas que vivem de acordo com seus valores e exibem integridade e consistência lideram como maior facilidade e, ao assumirem responsabilidade por seus atos e agir conforme suas crenças e convicções, focados no senso de ajudar os outros, se tornam líderes mais confiáveis e eficazes.

Na atual crise política brasileira, estamos vendo uma grande quantidade de líderes políticos sem credibilidade, confiabilidade, integridade e fidedignidade, envolvidos em práticas de corrupção e atividades criminosas. Há uma grande frustração e revolta social por causa dessa realidade.

Pense em líderes como Nelson Mandela, Barack Obama e o Papa Francisco, só para citar alguns exemplos. Todos eles refletem uma liderança confiável e íntegra. Eles pensam em servir o outro, ajudar a todos naquilo que precisam. São pessoas honestas, íntegras e éticas são dignas de confiança. Elas são coerentes entre o que falam e fazem. São também pessoas bem informadas e com mente aberta.

E você? Se lhe falta credibilidade, dificilmente você influenciará o comportamento das pessoas ou conseguirá persuadí-las a fazer o que é preciso. Não será um líder confiável.

A boa notícia é que a credibilidade é uma qualidade que você pode desenvolver e cultivar.

Para auxiliá-lo a incrementar sua confiabilidade, apresentamos alguns componentes que constituem a credibilidade e descrevemos como você pode aumentar sua credibilidade e capacidade de influenciar e persuadir os outros.

Desenvolva relacionamentos sólidos e consistentes

As pessoas acreditam em você quando sentem um interesse genuíno de sua parte em querer ajuda-las, apoiá-las e desenvolvê-las em aspectos profissionais positivos e desejáveis pelo ambiente social. Para isso, é fundamental que as escute e as conheça o melhor possível para dar feedback construtivo e apoiador. Receber feedbacks construtivos e serem continuamente desenvolvidos em suas competências e habilidades são expectativas que colaboradores de alta performance naturalmente esperam. Deixe claro que você tem uma curiosidade sincera e se preocupa com o outro.

1. Interesse-se pelas outras pessoas: procure saber o que seus colaboradores pensam e sentem, o que valorizam e consideram importante, o que os inspira e motiva, o que eles querem atingir, o que precisam para fazer suas tarefas e projetos, o que os está atrapalhando. As pessoas desejam se sentir estimadas e valorizadas. Quando você demonstra interesse, integridade e espírito de servir o liderado, as pessoas passam a confiar e contar com você.

2. Desenvolva a confiança mútua e autoestima elevada do colaborador. Quando as pessoas o percebem como um mentor ou coach sincero que tem interesse no desenvolvimento delas, os resultados organizacionais acontecem mais facilmente, pois a motivação e engajamento aumentam. Alguns comportamentos auxiliam na construção e fortalecimento da confiança mútua, tais como: olhar nos olhos, chamar o outro pelo nome, escutar ativamente, elogiar, fornecer reconhecimento e incentivo, fazer perguntas, falar a verdade, lembrar-se de eventos importantes para o outro e, principalmente, demonstrar respeito.

3. Primeiro, você precisa dar o exemplo e ser digno de confiança. Faça o que você prega. Liderar pelo exemplo é um dos requisitos mais desejáveis e eficazes na gestão de equipes de alto desempenho. Lembre-se: para o outro confiar em você, ele precisa sentir que você é confiável, isto é, que você também confia nele. E age de maneira íntegra e sincera para estreitar o relacionamento. A confiança é uma moeda de troca em relacionamentos sólidos e longevos. Ser digno de confiança tem a ver mais com seu comportamento e menos com sua personalidade. Assim, deshonrar um compromisso é comprometer sua credibilidade. Se você quer pontualidade de sua equipe, você deve dar o exemplo.

4. Ajude os outros. Líderes servidores, líderes educadores ou líderes transformacionais – não importa o título ou abordagem, todos eles tem como propósito comum “ajudar os outros” seja a se desenvolverem, a serem pessoas melhores, a evoluírem em suas competências pessoais e profissionais, enfim, torná-los líderes também. Para isso é fundamental ouvir e compreender claramente o outro. Esses líderes se satisfazem ao constatar o impacto que provocam nos colaboradores e a mudança positiva que promovem nas pessoas.

5. Mantenha constância de propósito, de moralidade e de confiabilidade. Quantos políticos deixam de cumprir suas promessas e não são reeleitos? Para manter a credibilidade, você deve ser constante e contínuo em seu comportamento honesto, íntegro e moral. Esse comportamento deve ser em todas as situações, dentro ou fora da empresa. Se você personifica a transparência, a sinceridade e honestidade na empresa, certamente não fará diferente em um jantar ou festa de confraternização.

6. Mantenha sua integridade. Diante de tantos escândalos de corrupção, a integridade passou a ser um valor ainda mais estimado pela sociedade. O comportamento ético está no âmago da integridade. No relacionamento com os clientes, fornecedores, parceiros, governo e sociedade, palavras como “sinceridade”, “transparência”, “honestidade”, “incorruptibilidade” e “ética” são atributos que se inserem entre os pilares de uma relação sólida e permanente. Defina e compartilhe as crenças e valores que nortearão as decisões e ações de sua equipe ou empresa.

7. Aja sempre consistentemente. O líder deve ter expertise para influenciar e persuadir com base na sua integridade moral. Deve tornar-se uma autoridade em seu ramo de negócio, deve cumprir suas promessas, deve focar e perseguir a visão estratégica da organização e deve revelar-se verdadeiro e autêntico.

8. Mantenha a mente aberta. Pessoas de mente aberta conquistam seus interlocutores, pois as pessoas se sentem mais a vontade com quem acredita nelas, são receptivos e não desqualificam suas iniciativas e ideias novas. O líder encoraja novas ideias, não é avesso a erros e fomenta a criatividade e quebra de paradigmas.

9. Tenha disposição para negociar. A flexibilidade é um dos atributos mais importantes da liderança em nossos dias de turbulência, incertezas e intolerância. Ele sabe abrir mão de aspectos irrelevantes diante do todo e sabe fazer concessões em nome de acordos ganha-ganha.

10. Compartilhe o crédito. Você já deve ter enfrentado uma situação na qual seu chefe se vangloriou de ter tido uma ideia que, na verdade, foi sugerida por você. Líderes confiáveis dão o verdadeiro crédito para quem o merece e ficam contentes com o destaque de seus colaboradores.

11. Baseia-se no feedback para gerar confiabilidade. O feedback é a principal ferramenta que os líderes possuem para desenvolver pessoas, corrigir falhas e alinhar equipes. Todavia, a maioria dos gestores não sabe dar feedback, o que cria um estigma negativo entre os colaboradores em geral. Deve-se observar que feedback não é julgamento ou conselho, mas a indicação específica e não-avaliativa de um comportamento negativo ou positivo percebido pelo líder que provocou um impacto bom ou ruim na equipe ou no desempenho do time, e que deve ser repetido ou corrigido

Como o objetivo do feedback é ajudar as pessoas a descobrirem seus pontos fortes e fracos, e como podem melhorar, uma boa estratégia é você aumentar a quantidade de feedbacks positivos para gerar maior abertura, aceitação e prática da ferramenta entre os membros da equipe. Quando os colaboradores percebem o poder da ferramenta para a alta performance, ele passa a integrar naturalmente a comunicação da equipe. Ah! E peça você também frequentemente feedback sobre seu desempenho e atuação.

Como vimos a credibilidade pode ser aumentada, e consequentemente, seu comportamento e desempenho como líder ser aprimorado. Afinal, a credibilidade é a base da liderança.

 

 

 

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: confiança credibilidade ética gestão de pessoas liderança

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração