Como este livro realmente me ensinou a fazer o dobro na metade do tempo

Não é à toa que o livro de Jeff Sutherland está entre os mais vendidos no Brasil e no mundo

Fazer o que é necessário, no tempo que é exigido, com o nível de qualidade desejado é um desafio homérico para a maioria das pessoas - e eu me incluo nesse grupo. Ou, pelo menos, me incluía. Esse combo trabalho, tempo e qualidade, para mim e para a maioria dos colegas com quem trabalhei ao longo da vida, sempre acabou de uma das maneiras seguintes:

1 - Ótima qualidade, resultados esperados, mas atrasado;

2 - Pontual, cumpriu o mínimo esperado, mas abaixo da qualidade desejada;

3 - Um fracasso total.

Em todas as opções, acrescente equipes estressadas, infelizes e pouco engajadas. 

Mas eis que descobri um livro que mudou minha vida e desde então tenho tentado mudar a das pessoas ao meu redor com ele. A obra é Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo, de Jeff Sutherland, que teve sua segunda edição em português lançada no ano passado.

Li esse livro no original, em inglês, em 2014, e até hoje agradeço essa bendita sugestão de uma amiga com quem trabalhei naquele ano. Foi uma obra realmente revolucionária na vida de toda a equipe naquele momento.

O livro

Jeff, o autor, foi piloto da Academia Militar norte-americana, vice-presidente de engenharia e diretor executivo de onze empresas de tecnologia. Em todas essas experiências, se deparou com grupos ineficientes trabalhando de forma contraditória. Foi aí que começou a buscar uma maneira de equacionar as demandas para solucionar os problemas da melhor maneira possível.

É importante dizer: Jeff não inventou a metodologia Scrum. Ela é bem mais antiga e existem várias outras referências sobre ela. Mas nunca encontrei uma (e olhe que li bastante sobre isso desde então) tão bem organizada e eficiente quanto a dele. O termo vem da área de desenvolvimento de projetos na área de tecnologia e sua origem remonta aos estudos de Ken Schwaber (pesquise esse cara).

O livro de Jeff se divide em nove capítulos mais um bloco extra com um passo a passo que mostra como implementar o Scrum. Na obra, o autor primeiro faz uma contextualização de como as coisas funcionam nas organizações tradicionais e depois vai apontando ponto a ponto como transformar o que não funciona bem.

Imagine só você ser um piloto de guerra numa época em que não havia drones. Para se ter uma noção, dos combatentes que foram ao Vietnã, a cada 10 aviões que entravam em bombardeios, apenas cinco conseguiam retornar. Enviado para esse campo de batalha, Jeff precisou encontrar uma maneira eficiente de fazer seu trabalho porque era sua vida que estava em jogo.

As principais lições

Eu não conseguiria colocar aqui tudo que aprendi com esse livro, porque precisaria reescrevê-lo para vocês. Essa é uma obra que precisa ser lida e nenhuma resenha, resumo ou crítica pode substitui-lo. Mas destaco aqui algumas lições que até hoje trago comigo - algumas anotadas em post-its na tela do meu computador, que nunca tiro, só renovo quando ficam muitos sujos ou amassados:

Hesitar é morrer

Aqui, a grande lição é: se não tem certeza, não vá. Se for, siga até o fim. Hesitar no meio do caminho é a decisão mais perigosa. É como atravessar uma rua fora da faixa, vendo que vem se aproximando um carro em alta velocidade. Se você não sabe se dar para atravessar a tempo, espere. Se entrar no meio da rua, corra para passar logo. A recomendação de Jeff é: observe, oriente, decida, aja.

Não tente adivinhar nada

"Planeje, faça, verifique, aja. Planeje o que você vai fazer. Faça. Verifique se o produto alcançou o resultado esperado. Aja em relação a isso e mude a forma como está fazendo as coisas. Repita o processo em ciclos regulares e, dessa forma, alcance um aperfeiçoamento contínuo", diz Jeff no livro.

Equipes excelentes são...

Multifuncionais, autônomas e capacitadas, com um propósito muito claro e que vai além do feijão com arroz. Parece simples, mas é mais complexo do que parece. E esse é, para mim, o ponto mais importante. Foi o que transformou aquele nosso time lá em 2014.

Eu recomendo muito a leitura desse livro. A edição atualizada em português está disponível na Amazon. Boa leitura! 

Avalie este artigo:
(4)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.