Competências, habilidades e atitudes dos empreendedores de sucesso

Ser empreendedor não é uma exclusividade do campo empresarial. Características empreendedoras junto com as técnicas de coaching podem te levar ao sucesso ainda mais rápido. Saiba quais são as 10 características comportamentais empreendedores conforme ressalta estudos do Sebrae e da ONU

iStock

Muito tem se falado sobre a importância do empreendedor, em especial, para o desenvolvimento econômico e social das regiões, que por sua vez, tem refletido nas políticas públicas focadas nos mesmos. Schumpeter, renomado economista (1934 apud DOLABELLA, 2009, p. 14), “associa o empreendedor ao desenvolvimento econômico, à inovação e ao aproveitamento de oportunidades em negócios.”

  Em uma pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor – GEM (DOLABELLA, 2009, p. 25) concluiu que “a criação de empresas é o instrumento mais eficaz para a geração de empregos, o crescimento econômico, o desenvolvimento social e, consequentemente, para combater a pobreza em uma sociedade.” O conceito de empreendedor nasceu no âmbito das empresas, embora haja empreendedores sociais, educacionais, em fim, em vários setores e campos.

   Fernando Dolabela (2008, p. 14), referência no assunto sobre Empreendedorismo no Brasil, comenta que o empreendedor é “um agente de mudanças”. Em outras palavras (2008, p. 15), empreendedorismo “é um termo que implica uma forma de ser, uma concepção de mundo, uma forma de se relacionar. [...] é um insatisfeito que transforma seu inconformismo em descobertas e propostas positivas para si” e para a sociedade.

  Levando em consideração a importância do agente transformador (o empreendedor), outro aspecto relevante são as características do perfil de um empreendedor de sucesso. Timmons e Hornaday (apud DOLABELA, 2009) por meio de suas pesquisas destacaram algumas características. Entre elas, de forma resumida, tem-se:

- O empreendedor tem iniciativa, otimismo, autoconfiança, em fim, necessidade de realização. Tem perseverança e grande energia, ou seja, é um trabalhador incansável se dedicando intensamente ao trabalho e nos esforços. Sabe fixar objetivos e metas, bem como atingi-las. Tem forte intuição e alto comprometimento. Traduz seus pensamentos em ações, cultiva a imaginação e tece boas redes de contato, além de outras características destacadas.

  Segundo estudos do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) juntamente com a ONU (Organização das Nações Unidas), informações essas disponíveis no próprio site do SEBRAE, foram identificados 10 características comportamentais dos empreendedores de sucesso, elas por sua vez se dividem em três conjuntos: Conjunto de realização; conjunto de planejamento e conjunto de poder.

CONJUNTO DE REALIZAÇÃO

ü Busca de oportunidade e iniciativa: age de forma proativa, antecipando-se á circunstâncias antes mesmo de ser forçado a isto, permitindo expandir (ou vislumbrar) as oportunidades, algumas, inclusive, incomuns.

ü  Corre riscos calculados: envolve avaliar alternativas, agindo para mensurar, controlar e amenizar riscos, colocando desta forma, em situações desafiadoras sobre determinados critérios.

ü  Exigência de qualidade e eficiência: este se relaciona com a capacidade e disposição para fazer sempre mais rápido, melhor, com menos custo (matérias, recursos e tempo), excedendo as expectativas dos envolvidos e com base nestes parâmetros, criar metodologias e procedimentos para garantir a excelência.

ü  Persistência: faz sacrifícios pessoais, se esforça de forma extraordinária, age diante dos obstáculos não desistindo, quando o recua, é porque reavaliou a situação e encontrou novas estratégias de ação.

ü Comprometimento: é assumir responsabilidade pessoal para solucionar problemas, para terminar determinadas tarefas ou atividades priorizando os resultados finais positivos e a cumprimentos do que foi “tratado”; acordado.

 CONJUNTO DE PLENEJAMENTO

ü  Busca de informações: envolve e busca pessoalmente informações, orientações e dados de especialistas (fontes confiáveis) para tomar decisões mais assertivas.

ü Estabelecimento de metas: estabelece metas desafiantes e que possuem significados pessoais, indo ao encontro dos seus valores e crenças. Tem visão de longo prazo, de forma clara e específica, cuidando e mensurando os objetivos de curto que os levarão a “grande visão”; “o sonho”.

ü Planejamento e monitoramento sistemático: divide “o sonho, a visão” em subtarefas (objetivos) com prazo bem definido e cria formas de mensurar os progressos. Ao longo do percurso ou ao longo da subtarefa, caso não obtenha os resultados esperados ou haja mudanças significativas, revisa constantemente seus planos e estratégias. Cada subtarefa realizada é um passo a mais para o “sonho”.

 CONJUNTO DE PODER

ü Persuasão e rede de contatos: cria estratégias para influenciar e persuadir pessoas, de forma criativa, empática, ética e inteligente. Desta forma, se envolve com pessoas que lhe apoiam e lhe incentivam (direta ou indiretamente) em seus projetos (e sonhos), desenvolvendo bons e duradouros relacionamentos, inclusive com “pessoas-chave”.

ü Independência e autoconfiança: expressa confiança na sua capacidade de realização, confiando em suas opiniões para enfrentar desafios mais do que nas outras, buscando desta forma, autonomia e determinação diante das oposições e resultados inicialmente desanimadores.

  Para uma maior visualização de como as características acima são aplicadas nos diversos contextos, os vídeos oferecidos, em especial, pela Sociedade Brasileira de Coaching, pelo SEBRAE e pela Endeavor, são extremamente úteis e valiosos, sem mencionar que são realmente inspiradores.

Observando mais atentamente (“caso ainda não o tenha feito”), perceberá que em relação às 10 características comportamentais descritas anteriormente, todas subentende “ação, atitude, o indivíduo realizando.” Em outras palavras, saber, saber o que fazer, como fazer e acima de tudo, ter atitude em fazer!

 No que se refere a “ação, atitude, o indivíduo realizando,” as ferramentas de coaching também oferecem eficazes resultados. Eis um exemplo de exercício que pode ser praticado para cada “característica empreendedora comportamental”:

1.     Sente se em um lugar confortável, com os pés plantados no chão, com a coluna reta e faça algumas respirações profundas (respiração diafragmática; respiração que usa a barriga e não o tórax). Sinta os ombros, as pernas e o restante do corpo relaxarem. Concentre-se!

2.   Lembre-se de seus sonhos e dos objetivos! Pode ser no campo pessoal ou profissional. Se permita!

3.    “Quais são seus maiores sonhos? Se pudesse escolher um que acha que contribuiria para realizar os outros sonhos, qual escolheria?”

4.    Reflita se o sonho que escolheu é "específico, mensurável, alcançável e relevante” para você, ainda, se possui um prazo para atingi-lo (dias, semanas, meses, anos..)

5.  Ainda com esse único sonho mentalizado anteriormente, supondo que tenha conquistado agora, “como se sente?” “Quais são suas emoções e sentimentos frente à conquista do sonho?” Tente levantar o maior número de detalhes possíveis da situação de conquista do sonho, como: pessoas, cheiro, local, aplausos, saudações, olhares de admirações, felicidades, etc. Fique algum tempo mentalizando o momento glorioso de ter conquistado o seu sonho...!

6.    Agora reflita e imagine: “o que você ganhou (prazeres/ motivações) ao realizar o sonho? O que sentiu (emoções) ao ter imaginado conquistado o sonho? Por que é tão importante esse sonho para você?”

7.  “Que evidências apareceram em sua mentalização que fez você ter certeza que conquistou aquele sonho?”

8.   Agora, “o que está impedindo você de realizá-lo? Onde estão as suas limitações? Quanto tem te custado não ter conquistado ainda o sonho (objetivo) definido? E no futuro, se não fizer nada agora para alcança-lo, quanto lhe custará?”

9.   “Quais são seus pontos (conhecimentos, habilidades e atitudes) que precisam ser melhorados e que contribuirão para a conquista do seu sonho? Quais das características comportamentais empreendedoras você acha que tem? Quais você acredita que precisa desenvolver mais? Qual você acredita que desenvolvendo, primeiramente, poderá alavancar mais rapidamente e mais positivamente seus objetivos?”

10.  “Quais são suas qualidades, forças, virtudes e talentos que lhe ajudarão na busca do seu sonho e/ ou melhorar os seus pontos fracos?”

11.  “O que você poderia fazer agora para mover-se de forma mais rápida em direção ao seu sonho (objetivo), já que este é tão importante para você?” “Quais comportamentos empreendedores você poderia melhorar ou desenvolver para aproveitar melhor o seu talento e as oportunidades?”

12.  Trace um plano de ação para atingir de forma eficaz o objetivo (e as características) definido nas primeiras questões. Neste momento, é definido o “como será atingido o objetivo, bem como as estratégias (formas de conseguir), ações (passo a passo; etapa por etapa) e recursos necessários (do que você precisa inclusive conhecimentos, habilidades e atitudes)”.

 Registre tudo e combine com a pessoa que fez o exercício com você para um incentivar o outro! Compartilhe seus sonhos, objetivos, metas e visões com pessoas positivas e assume compromissos mútuos de “crescimento e desenvolvimento.”             

                           

                           Gostou? Compartilhe!!

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: Agente de mudanças competências Comportamento empreendedor Dornelas Empreendedor Empreendedorismo Endeavor Fernando Dolabela SEBRAE Sucesso