Dicas para destacar o seu perfil no LinkedIn

Confira as dicas do especialista em empreendedorismo

Antes de qualquer coisa vale partir da seguinte premissa: Posicione-
se como influenciador. O LinkedIn não é só uma plataforma de
currículo online. Ali há uma troca de experiências com pessoas
experientes e para novas caras do mercado. Não tenha apenas contatos, forme uma rede de seguidores.

Primeira dica: Foto da capa. Use esse campo como ferramenta para
criar uma boa primeira impressão, para imprimir uma marca. Você
pode usar a logo da sua empresa, mostrar suas outras redes
sociais, seu blog, seu site, algum título ou prêmio. Claro que é difícil
ter tudo ali e é bom tomar cuidado para não poluir o local com
muitas informações, pois pode confundir mais do que explicar. Vale procurar um designer gráfico para fazer uma capa legal, que traga essas
referências. Ainda pensando em imagem escolha uma foto de perfil
que represente não só quem é você, mas sim o que você quer que
as pessoas vejam em você. Pense em fotos com cenário neutro,
sem muitos elementos. Comunique quem você é através do figurino e da sua ação. Esqueça o modo selfie e pense na imagem que você quer
vender.

Segunda dica: Título. Aqui é um ponto-chave. O título no LinkedIn é
um dos ativos mais importantes que você tem, porque é uma coisa
que acompanha seu nome em tudo o que você faz basicamente.
Posicione-se de maneira plural, de acordo com suas habilidades. Se
você é empresário, empreendedor e palestrante, é importante
estar ali. Lembrando que é um campo de caracteres restrito e não
precisa ser descritivo, apenas é necessário nomear os títulos. Existe a opção de
usar uma frase que defina sua personalidade nos negócios. Algo
como “Empreendedor em série e CEO da empresa X”.

Terceira dica: Resumo/sumário. Existem muitas maneiras de
escrever o resumo. Aliás, a escrita é algo muito pessoal. Mas todos
que se destacam tem algo em comum: A personalidade. Faça de
uma maneira que pareça uma conversa com quem está lendo, que
você está recebendo ele na sua “casa”, o que de fato acaba sendo
isso mesmo. Mostre quem é você, o que já fez, quais suas metas,
sua missão pessoal, seus valores... O perfil inteiro no LinkedIn é
uma equilíbrio entre descrições de atividades e experiências
propriamente ditas, com as conquistas. Essas conquistas não
podem ser deixadas de lado. A melhor maneira de contar suas
experiências (mesmo que nem sempre seja possível), é através dos
resultados que você obteve em alguma empreitada. Você pode
organizar por bullets, parágrafos ou fazer um texto corrido. Aí
também entra a personalidade de cada um. Ainda sobre o resumo, é interessante disponibilizar arquivos multimídia. Pode colocar notícias, powerpoints, pdfs, vídeos, fotos... Mas atenção: Não precisa colocar tudo que existe sobre você. Selecione o que te represente melhor, o que vai criar mais impacto e estabelecer um diálogo direto entre a imagem que você quer passar e quem está recebendo esta informação.

Quarta dica: Formação. Tenha esse campo sempre atualizado com
cursos de especialização que porventura venha a fazer, se aprendeu
algum idioma novo, se fez metrado... Esse é um campo que ajuda a
embasar o seu conhecimento e mostra que você é um profissional
dinâmico que está sempre se atualizando e buscando novas
oportunidade de conhecimento.

Quinta dica: Busque gente que recomende as suas habilidades,
pessoas que já tenham trabalhado com você e possam ajudar a
avalizar o seu perfil vencedor. No melhor cenário, pessoas que
possam deixar um depoimento com a experiência que tiveram
juntos, que ajude a transmitir a sua personalidade e o profissional
que você é. Por exemplo: “Juntos, nós tiramos a empresa Y do papel e em 3 meses chegamos a 1 bilhão de reais em faturamento. O papel dele foi crucial em estabelecer as parcerias com os fornecedores.”

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: empreendedorismo