Entenda por que investir em sua saúde é um excelente negócio

A busca de uma vida saudável deve ser nossa maior prioridade

Já fui sedentário profissional. Até os 28 anos eu levava uma vida totalmente desregrada e sedentária, ou seja, minha alimentação era completamente inadequada e altamente calórica, e também não praticava nenhuma atividade física. Resultado: eu estava acima do peso ideal e após alguns exames de rotina (na verdade eu não fazia exames de rotina) descobri que as minhas taxas de colesterol e triglicérides estavam nas alturas, ou seja, um era forte candidato a um infarto.


Aí a ficha caiu. Até aquele momento os quilinhos a mais não estavam incomodando (já estava casado mesmo), mas após os exames percebi que eu deveria fazer alguma coisa. Iniciei um programa de reeducação alimentar aliado à prática de exercícios físicos. Deu resultado e hoje, aos 41 anos, já participei de várias corridas de rua e meia maratonas.

Iniciei este artigo falando de minha experiência com o objetivo de alertar as pessoas que não se preocupam com a saúde. Pessoas que acreditam que são indestrutíveis e que as coisas ruins só acontecem com os outros. Pensam 24 horas em seus negócios e esquecem do seu bem mais precioso: a sua saúde.

Você certamente conhece pessoas que sempre alegaram não ter tempo para praticar atividades físicas mas após um susto (infarto) encontram o "tempo" para fazer caminhada, etc. Não é assim que acontece? Ou seja, a falta de tempo é a desculpa mais usual para mascarar a nossa total falta de interesse em cuidar da nossa própria vida.

Imagem: Thinkstock


De que adianta ter uma empresa sólida, uma vida teoricamente confortável se você não puder aproveitar isso tudo? Mas é isso que acontece atualmente: profissionais extremamente estressados, que não fazem as refeições corretamente e não conseguem incluir um tempo mínimo em suas agendas para a prática de uma atividade física regular.

Cada pessoa deve encontrar a sua motivação para agir em prol da sua saúde. A minha foi a necessidade de encontrar uma maneira de reduzir os níveis de colesterol sem ter tanta dependência de medicamentos. Portanto, você empreendedor pode encarar isso como um negócio.

Não um simples negócio, mas o maior negócio da sua vida, pois se a sua saúde não estiver bem, como é que você vai continuar os seus projetos? Não vale dizer que quando se aposentar tudo vai mudar, pois até lá pode ser tarde demais. Você tem que mudar hoje, para tentar chegar a velhice num corpo relativamente saudável.

Você não precisar virar um atleta da noite para o dia. Pelo contrário, deve começar as mudanças lenta e gradativamente, pois desta forma seu organismo vai se acostumando aos novos hábitos. Também não precisa abrir mão de alguns prazeres da vida (como aquele chopinho e uma picanha nos finais de semana). O segredo é a moderação.

Quando comecei a caminhar, há 13 anos atrás (30 minutos, 4 vezes por semana) jamais pensei em concluir uma meia maratona (21 km), mas hoje isso é uma realidade e aconteceu naturalmente. Falo naturalmente no sentido de que foi feito com prazer, pois a medida que começamos a praticar exercícios físicos nosso organismo começa a "gostar do negócio" e a sensação de prazer acaba sendo irradiada para todos os momentos do dia. Você fica muito mais disposto para encarar os desafios do dia a dia e há uma visível e extraordinária melhora no nível de humor.

Enfim, os benefícios de uma vida saudável são vários, mas você deve encontrar o gatilho que dará início a esse processo, como também uma atividade que você tenha afinidade. Falando a linguagem do empreendedor, não dá para "terceirizar" ou "delegar" essa responsabilidade, que é exclusivamente sua.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: investimento qualidade de vida saúde

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração