Função da empresa

A empresa não é apenas uma geradora de negócios e recursos, mas um laboratório para o crescimento humano.

Faça uma analogia profunda da real função de uma empresa na vida do ser humano:
Falando numa linguagem simples e na essência básica, geralmente uma empresa começa como um pequeno negócio, negócio este que terá a finalidade de dar sustento ao seu criador.
Pela habilidade, trabalho, persistência e também pela vontade do seu dono, a empresa ou negócio poderá ter crescimento. Poderá sair da simples posição de sustento, para se tornar uma forma de enriquecimento, e com o desdobramento evolutivo, a possível criação de filiais.
Pelo talento e empreendedorismo, ela poderá ter um crescimento maior, e ser peça importante economicamente e até politicamente, podendo atingir seu porte a nível global.
Uma quantidade expressiva das gigantes que fazem história, naturalmente começou por este simples processo.
Até o momento foi observado apenas o lado que deu inicio a esta jornada, ou seja, a parte que compete ao proprietário do negócio.

Visão Profunda
Observando a outra parte que complementa uma empresa, encontra-se o empregado, este outro lado da moeda empresarial. Assim como o dono, esta peça tem grande importância para que ocorra a expansão deste negócio.
O empregado também lucrará com este crescimento, e assim terá a garantia do seu sustento e da sua família. Aí está um casamento perfeito se assim podemos dizer.
Mas será somente a riqueza do proprietário e o sustento do empregado a finalidade de uma empresa?
- Não! Quando ocorre esta união, existe também o progresso ou maturação interior de ambos, o progresso nas áreas da tecnologia, comunicação, saúde, informação, meio ambiente, habitação, etc.
O mundo se desenvolve através deste processo de compartilhamento nas suas respectivas funções.

Concentração da Riqueza
Apesar das grandes unidades que se formam com aquisições no mundo global, ouso dizer que não serão apenas tamanho e poder que perpetuarão uma empresa, mas a união destes fatores associados à justiça para com o todo.
Pode não ser de consenso geral, mas no processo evolutivo da civilização, existe a necessidade da concentração da renda. Esta necessidade, porém, tem que obedecer a características de justiça na sua distribuição, e a aplicação do seu conteúdo no bem estar e no progresso social (seja este através da tecnologia, educação, artes, entre ouros).
Os grandes investimentos no desenvolvimento do bem estar humano e nas pesquisas, só são possíveis com a concentração da renda.
Fazer coisas e gerar lucro é apenas o resultado material da empresa, mas a sua função social ainda será o maior triunfo de qualquer negócio.

 

A Natureza e o Social
Onde há trabalho, há vida e progresso e esta dinâmica faz parte do grande todo que atua desta mesma forma.
Basta olhar para a natureza e observar que tudo trabalha e atua como pequenas empresas. Sempre existe uma função nobre como resultado deste esforço organizado.
Observem as abelhas, cupins, vermes, bactérias, pássaros, animais de pequeno e grande porte, o labor incessante do vegetal. E o próprio átomo, que na sua micro dinâmica organiza a base da vida, serve como elemento modelador de tudo no nosso mundo físico. E todos neste complexo sistema, atuam como promotores incessantes do progresso.

 

A Modelação Humana
Talvez esta visão do micro e macro, pode ensinar aos componentes de uma empresa a sua real função na sociedade.
Esta sabedoria também mostra um novo tipo comportamental entre os envolvidos, algo mais nobre, dissipando muitas ideias de opostos entre patrões e empregados, fortalecendo a ideia de colaboracionismo entre as partes.
O equilíbrio neste ambiente tem outras funções psicológicas, pois num ambiente equilibrado muitas deformidades comportamentais podem ser evitadas, como orgulho, prepotência, ódio, rancor, vaidade, inveja, egoísmo, ócio, maldade, vingança, traição ou simplesmente o descaso com o trabalho a ser realizado.
O homem evolui através do trabalho, e este trabalho, na realidade exige o aprimoramento humano, fazendo com que o homem se lance em objetivos mais ousados e criativos.

 

O Real Resultado
O pano de fundo deste processo não será apenas o resultado financeiro necessário para a satisfação e sustento das partes, mas que todo este processo laboral desempenha papel importante na evolução do planeta.
Esta evolução é o real escopo das empresas, promover o avanço digno na raça humana.
É dentro das empresas que as pessoas se interagem, se socializam, se superam e crescem como indivíduos.
Geralmente uma pessoa passa mais tempo no convívio da empresa do que no convívio familiar, então, pode-se concluir que as empresas têm uma função nobre perante o Criador.
A empresa é uma organização aglutinadora de ideias e ideais. É um campo de prova para a capacidade humana, e um ambiente modelador.
Quanto maior for à consciência do empresário e do funcionário sobre este aspecto, maior equilíbrio haverá, e o crescimento será consequência.

Resumindo: as pessoas, as funções, o poder, empresas ou instituições passarão, mas, a essência que é o resultado evolutivo se eternizará.

Sergio Antonio Meneghetti

Químico, Escritor, Poeta, Filósofo e Pesquisador da Intuição.

Embaixador Universal da Paz - França - Genebra - Suíça - Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix

Caso queira saber sobre a importância da "Intuição" no trabalho e na empresa, click no: 

http://bit.ly/CMGenialidade 

Você pode crescer e ajudar a empresa a crescer também.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração