Gerenciamento de riscos de negócios

Em momentos de instabilidade econômica e política é natural que os riscos associados aos negócios aumentem. Neste sentido, preparamos um guia prático que pode ajudar você a criar uma mentalidade de gerenciamento de riscos e promover uma resposta adequada aos riscos negativos e positivos associados à sua organização.

O que são riscos?

Riscos são incertezas que podem afetar as atividades desenvolvidas pela organização de forma positiva ou negativa. Em gestão de negócios, os riscos positivos são associados às oportunidades que organização pode explorar para melhorar seus resultados e alcançar seus objetivos estratégicos. Já os riscos negativos, são associados às ameaças que podem reduzir o desempenho ou dificultar que a organização alcance seus objetivos.

Processos de gerenciamento de riscos de negócios

Abaixo são apresentados quatro processos que podem ajudar sua organização a criar uma mentalidade de gerenciamento de riscos:

1 Identificar os riscos

É o processo de determinar os riscos que podem afetar o negócio e de documentar suas principais características. Este é um processo iterativo, onde novos riscos podem surgir ou se tornar evidentes com o decorrer do tempo. Durante este processo podem ser usadas as seguintes ferramentas e técnicas:

-        Análise SWOT

-        Oficina com as partes interessadas

-        Entrevistas

-        Diagrama de causa e efeito (Digrama de Ishikawa ou Diagrama de espinha de peixe)

2 Realizar análise qualitativa dos riscos

É o processo de priorização de riscos para análise, através da avaliação e combinação de sua probabilidade de ocorrência e impacto. Probabilidade é a chance de ocorrência do risco na execução das atividades do negócio. Já o impacto é a extensão de perda ou ganho no caso de concretização do risco. Durante este processo podem ser usadas as seguintes ferramentas e técnicas:

-        Avaliação de probabilidade e impacto

-        Matriz de probabilidade e impacto

-        Avaliação da urgência dos riscos

-        Categorização dos riscos

3 Planejar as respostas aos riscos

É o processo de desenvolvimento de opções e ações para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaças dos riscos em relação aos objetivos da organização. Durante este processo podem ser usadas as seguintes ferramentas e técnicas:

-        Riscos negativos ou ameaças - Prevenir, mitigar, transferir ou aceitar

-        Riscos positivos ou oportunidades - Explorar, melhorar, compartilhar ou aceitar

4 Monitorar e controlar os riscos

É o processo de implementar planos de respostas aos riscos, acompanhar os riscos identificados, monitorar riscos residuais, identificar novos riscos e avaliar a eficácia do processo de gerenciamento dos riscos. Durante este processo podem ser usadas as seguintes ferramentas e técnicas:

-        Reuniões

-        Entrevistas

-        Reavaliação de riscos

Importante1:

A fim de garantir o sucesso do gerenciamento de riscos é muito importante que a organização realize um quinto processo: Planejar o gerenciamento dos riscos. Na realidade, é importante realizar este processo primeiro, pois sua principal saída é o Plano de gerenciamento de risco, documento que definecomo serão conduzidas as atividades de gerenciamento dos riscos associados à organização. Sem um Plano de gerenciamento de risco a organização pode não identificar os riscos principais e secundários associados, bem como, não conseguir gerenciar os riscos de forma efetiva.

Importante2:

Após o processo realizar análise qualitativa dos riscos a organização pode optar por fazer uma análise quantitativa dos riscos, caso jugue necessário.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: gerenciamento de riscos gestão de riscos riscos