Gestor de Segurança – Profissional Interdisciplinar

O gestor de segurança não pode, e não deve, se limitar aos conhecimentos adquiridos na graduação e sim buscar seu aperfeiçoamento .

No Brasil, ainda é recente a formação acadêmica do gestor de segurança; entretanto, já se faz necessário que ele amplie seus conhecimentos para o melhor exercício da função. A cada dia a palavra segurança tem uma abrangência maior e envolve todas as áreas de uma corporação.


O gestor de segurança não pode, e não deve, se limitar aos conhecimentos adquiridos na graduação e sim buscar seu aperfeiçoamento e ampliação de conhecimentos nas demais áreas envolvidas, tais como:


  • Segurança Eletrônica

Sistemas de alarmes monitorados, C.F.T.V., controles de acesso, digitalização de imagens e integração de sistemas. Hoje a Segurança Eletrônica é necessária e complementar à Segurança Patrimonial.


  • Gestão de Projetos

Com base no PMBOK podemos gerenciar, implantar e acompanhar projetos diversos, avaliar seus custos, cronogramas, pessoas envolvidas e, dessa forma, julgar se sua aplicação é adequada naquele cenário.


  • Gestão de Pessoas

As pessoas podem ampliar ou reduzir as forças e fraquezas de uma empresa dependendo da forma como são geridas. Portanto, é necessário que as pessoas sejam tratadas como elementos básicos para o sucesso de uma corporação.


  • Logística

Análise técnica do planejamento, organização, controle e realização de outras tarefas associadas à armazenagem, transporte e distribuição de bens e serviços. Com base nesses conhecimentos é possível se minimizar os riscos do roubo de cargas e das quebras de estoque, por exemplo.


  • Gerenciamento de Riscos

Conjunto de técnicas que visa reduzir ao mínimo os efeitos das perdas, focando no tratamento dos riscos que podem causar danos pessoais, ao meio ambiente, ao patrimônio e à imagem da empresa. Fazendo uso deste tratamento podemos quantificar e apresentar à alta direção os lucros promovidos pela Segurança.


  • Administração Estratégica

É vital termos uma visão clara das metas e prospectarmos o ambiente em que está inserida a corporação. A Administração Estratégica é um processo contínuo e composto de 5 etapas básicas: análise do ambiente, estabelecimento de diretrizes, formulação de estratégia, implementação e controle.


  • Segurança das Informações ou T.I.

Segurança da Informação se refere à proteção existente sobre as informações de uma determinada empresa ou pessoa, isto é, aplicam-se tanto às informações corporativas quanto às pessoais. Entende-se por informação todo e qualquer conteúdo ou dado que tenha valor para alguma organização ou pessoa. Ela pode estar guardada para o uso restrito ou exposta ao público para consulta ou aquisição.


  • Idiomas

Cada vez mais, é requisitado aos gestores o domínio de um segundo idioma, principalmente i inglês e o espanhol, ampliando e facilitando seu acesso a informações e pessoas.


Não podemos deixar de citar outros conhecimentos essenciais, tais como: Informática, Etiqueta Profissional, Práticas de Sustentabilidade, Redação Empresarial, etc.


Com base nisso podemos agregar mais uma série de conhecimentos que irão conferir um diferencial ao profissional e facilitarão sua execução de relatórios e estabelecimento de contatos com a alta direção das empresas.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: gerenciamento de riscos gestor de segurança segurança corporativa

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração