Mais comentada

Mark Zuckerberg, meta e TNC 2017

Mark Zuckerberg vem assumindo desafios pessoais todos os anos para aprender coisas e crescer fora do seu trabalho. Em 2017 vai praticar o TNC.

Depois de criar um assistente pessoal, o presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, quer conhecer pessoas dos 50 estados americanos, ou seja, a ideia do criador da rede social é viajar pelo país e descobrir como as pessoas nestes estados estão vivendo, trabalhando e como elas pensam o futuro. Em outras palavras, vai praticar o TNC. Este é seu post de hoje no Facebook.

O que é TNC? Metodologia da Harvard Business School! Não, menos! Mais, simples. TNC significa, Tirar as Nádegas da Cadeira!

Em pleno século XXI, o papel dos presidentes de empresas mudou. E especialmente dos líderes. Um líder que é inspirador precisa estar à frente dos outros fazendo atividades que outros não fazem. E Zuckerberg vem mostrando a cada ano novos desafios pessoais.

Zuckerberg vem assumindo desafios pessoais todos os anos para aprender coisas e crescer fora do seu trabalho. Nos últimos anos, corre 365 milhas, construiu um assistente pessoal para sua casa, leu 25 livros e aprendeu mandarim, segundo suas próprias palavras.

Seu desafio pessoal para 2017 é visitar e conhecer pessoas em todos os estados dos EUA até o final deste ano. Mark afirma que já passou tempo significativo em muitos estados, então eu vai precisar viajar para cerca de 30 estados este ano para completar este desafio.

Depois de um ano tumultuado, sua esperança para este desafio é sair e conversar com mais pessoas sobre como eles estão vivendo, trabalhando e pensando no futuro.

Fazendo do post do Mark uma versão "traduzida contextualidada romanceada real", Priscilla e Mark gostam de fazer viagens rodoviárias juntos desde que começaram a namorar. Recentemente, viajaram ao redor do mundo e visitaram muitas cidades, e agora ele está animado para explorar mais dos Estados Unidos da América e conhecer mais pessoas locais.

Indo para este desafio, parece que está em um ponto de viragem na história. Durante décadas, a tecnologia e a globalização tornaram-nos mais produtivos e conectados. Isso criou muitos benefícios, mas para muitas pessoas também tornou a vida mais desafiadora. Isso contribuiu para um maior senso de divisão do que sentiu em sua vida.

Afirma que precisa encontrar uma maneira de mudar o jogo para que funcione para todos.

Seu trabalho é sobre conectar o mundo e dar a todos uma voz. Diz que quer ouvir pessoalmente mais dessas vozes este ano. Isso, vai lhe ajudar a liderar o trabalho no Facebook e da Iniciativa Chan Zuckerberg para que possam fazer o impacto mais positivo com o mundo entrando em um novo período.

Relata que suas viagens este ano terão diferentes formas - viagens de estrada com Priscilla, paradas em pequenas cidades e universidades, visitas aos escritórios em USA, reuniões com professores e cientistas e viagens para lugares divertidos recomendados ao longo do caminho.

Amanhã ele fará outro post com mais detalhes sobre a viagem, mas a meta do ano já está traçada.

E quais são suas metas para 2017, meu caro leitor, leitora?

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: administração facebook Mark Zuckerberg meta objetivos

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração