Mais comentada

Mulheres e Empreendedorismo

Como está a gestão financeira dos seus negócios?

O número de mulheres empreendedoras vem crescendo consideravelmente tanto no Brasil quanto nos países do exterior. Algumas pesquisas mostram que 30% das corporações no mundo atualmente são geridas ou foram fundadas por mulheres.

A rotina da mulher empreendedora envolve diversos desafios: traçar o planejamento estratégico, fazer a gestão da equipe, captar novos clientes, trazer inovações para o negócio, dentre outros. Mas, infelizmente, nem tudo são flores. Você sabe qual é o principal obstáculo que toda empreendedora encontra? Controlar e fazer uma boa gestão financeira dos negócios!

Diversas mulheres encontram dificuldades para lidar com a área financeira da própria empresa por conta de questões históricas e culturais. Por exemplo, devido à forte influência do modelo patriarcal que serviu como base para a formação da sociedade brasileira. Tal fato faz com que muitas mulheres empreendedoras prefiram deixar tais questões à cargo do pai, de um sócio, do marido ou de um filho. Em muitos casos, isso ocorre pelo fato das próprias mulheres não se julgarem capazes de executar tal função. Isso é um absurdo, né?

Se você ainda está presa a esse tipo de estereótipo ou está com problemas para organizar e gerir as finanças do seu negócio (isso também vale para a sua vida pessoal), espero ajudar com algumas dicas simples e práticas:

1) Faça auto avaliações constantes: como você está lidando com as finanças da sua empresa atualmente e o que pode ser melhorado? Você está no controle do seu negócio?

2) Procure auxílio quando necessário: você não precisa “abandonar” as finanças nas mãos do seu pai, marido, amigo ou de um funcionário. Mas você pode delegar! Contar com a ajuda do seu Contador, por exemplo é um caminho interessante. O seu tipo de negócio pode exigir maior atenção da sua parte, por exemplo, em questões que envolvem as vendas e o produto, mas você deve estar sempre atenta a saúde financeira para que o seu negócio se mantenha sustentável.

3) Busque, encontre e solucione os problemas: as receitas da empresa estão insuficientes para que a operação se mantenha lucrativa? As despesas estão muito elevadas? Cabe a você identificar e resolver esses problemas.
Vale frisar que problemas financeiros e econômicos fecham as portas de milhares de empresas a cada ano no Brasil, sejam essas geridas por homens ou mulheres – segundo dados do IBGE, em 2015, mais de 700.000 empresas foram fechadas no país.
Por isso, é essencial buscar e encontrar os parceiros e fornecedores certos para os seus negócios.

Ah, e você sabia que o nosso time aqui na Artdata Contábil é composto por aproximadamente 75% de mulheres? Pois é! Se você é mulher (sendo empreendedora, empresária ou não), acredite em você e nunca duvide da sua capacidade.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: Dia Internacional da Mulher Empreendedorismo Empreender Mulher Mulheres Negócios