Mais comentada

Planejamento estratégico: Do propósito à execução

Você sabe qual a importância do propósito no planejamento estratégico de uma empresa, assim como os processos da elaboração do propósito à execução? Se você é empresário, estudante de administração ou colaborador na área administrativa de um negócio, esse artigo é para você!

Você sabe qual a importância do propósito no planejamento estratégico de uma empresa, assim como os processos da elaboração do propósito à execução? Se você é empresário, estudante de administração ou colaborador na área administrativa de um negócio, esse artigo é para você!

 

Ao se falar em planejamento estratégico, existe um ponto extremamente importante a ser definido: O propósito. Antes de dar continuidade no artigo tenho algo a lhe perguntar:

 

A sua empresa (ou na que trabalha) possui um propósito de negócio? Possui missão? Visão? Valores? Objetivos?

Você pode pensar: “Porquê me perguntou isso?”

Porque o propósito de um negócio é o centro do planejamento estratégico, o ponto principal, e é a partir dele que é definido onde você quer chegar.

 

Possivelmente, em algum momento da vida você se perguntou sobre seu propósito ou fez planos para o futuro. Mas afinal, qual seu propósito de vida?

 

Pode ser que seja se tornar um(a) renomado(a) empresário(a) em um determinado mercado de uma região do Brasil...
Pode ser que seja se tornar o(a) diretor(a)-presidente (ou mais alto cargo de gerência da empresa que trabalhe...
Pode ser que seja ter uma família, um carro... Existe uma infinidade de possibilidades!

 

Independente do seu propósito e para que ele de fato aconteça, todos os seus esforços devem focar em ações que gradativamente irão lhe encaminhar ao seu alcance.


E assim como nós, uma empresa necessita de um propósito. A partir dele é definido onde se quer chegar (o estado desejado), e é buscado também definir os melhores caminhos que direcionam a este estado.

 

Esses caminhos que levam uma empresa do estado atual até o estado desejado são as estratégias, definidas através de objetivos. Um ponto importante sobre as estratégias é que sua elaboração deve levar em consideração os ambientes em que a empresa está inserida.

 

Um negócio não é um ilha isolada do mundo, mas sim uma parte integrante do ambiente na qual exerce influência (sobre a comunidade, clientes, fornecedores, colaboradores, bancos e outros stakeholders) e é influenciada (por aspectos políticos, econômicos, ambientais, tecnológico e social). Essas influências devem refletir na definição do propósito, na melhora dos produtos, serviços e nas relações que existem entre a empresa as partes interessadas, já que a forma de atuação de uma empresa em um ambiente provoca respostas positivas e/ou negativas, podendo ou não auxiliar no alcance dos objetivos.

 

Dica: Você pode estudar mais sobre este assunto pesquisando sobre microambiente e macroambiente de organizações.

 

Tendo definido as estratégias e objetivos, poderá ser elaborado metas que auxiliarão no controle e nos resultados e a partir daí é elaborado um plano de ação.


A metas são formas de mensuração dos resultados pois são quantificáveis. Por exemplo: Abrir X novas filiais no estado Y, ter faturamento X no primeiro trimestre de 20XX, reduzir em 20% a rotatividade no ano de 20XX.

 

Uma forma de criar uma meta é utilizando a técnica SMART, palavra formada por siglas que possuem significados, funcionando como um checklist para a criação de uma meta.

 

Dica: Você pode aprender mais sobre a técnica SMART neste post do site Marketing de Conteúdo. https://marketingdeconteudo.com/metas-smart/

 

Definidos as metas, agora é elaborado planos de ação para o alcance de cada meta. Atualmente, uma das melhores formas de criação de um plano de ação é através da ferramenta 5W2H, onde para cada ação é pensado em alguns aspectos como: O que será executado? Quem vai executar? Quando? Como? Porque? Quanto vai custar?

 

Após a análise e formulação do planejamento vem o processo de execução do plano de ação, o acompanhamento e também o sincronização do planejamento estratégico com as novas realidades do ambiente.

 

É possível perceber que o processo de planejamento estratégico torna executável, visível, objetivo um propósito que se mostra abstrato, subjetivo, evidenciando sua importância em uma empresa.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)
Tags: estratégia planejamento propósito