Mais comentada

Porque não enriquecemos e vivemos em uma corrida de ratos.

Saiba o porquê algumas pessoas enriquecem e outras vivem presas em dívidas.

Recentemente li o bestseller “Pai rico pai pobre” escrito por Robert T. Kiyosaki e Sharon L. Lechter. O livro é um dos mais marcantes para o desenvolvimento financeiro pessoal e quase obrigatório para uma pessoa ser bem sucedida na vida.


Em meio a leitura, fiquei surpreso com a visão sobre riqueza e valor que o autor nos apresenta. Com uma literatura altamente didática e simples, ele nos mostra como uma pessoa bem sucedida enxerga a realidade e vê oportunidades para melhorar sua realidade, enquanto uma pessoa pobre não.


E o que mais me impressionou é que em nenhum momento de sua narrativa Robert delega a “culpa” de ser rico ou pobre a uma questão do destino ou sorte. Ele simplesmente defende a ideia de que a educação e a sociedade nos treinam para viver em uma “corrida de ratos” e não nos alfabetiza financeiramente. Aprendemos a ver o mundo com olhos domesticados, ou seja, trabalhamos para o dinheiro em vez de fazermos o dinheiro trabalhar para nós.


Entre outros vários ensinamentos presentes no livro me identifiquei com um o qual aprendi com meus pais: aprenda um pouco de tudo. Somos aconselhados a nos especializarmos, e buscar campos de trabalho pouco explorados. Porém, o autor nos apresenta um novo caminho onde a variedade de conhecimento traz uma visão geral de como tudo funciona, e isso liberta umas das mais poderosas armas para o sucesso: o gerenciamento de pessoas.


Olhando assim, parece impossível que simples passos que o livro nos apresenta resolvam todos nossos problemas, porém o autor ensina que para se tornar rico financeiramente, primeiro é necessário ser inteligente. Não que isso signifique mestrados e doutorados, mas sim, um mindset de humildade e foco trabalhando com a “ideia do dinheiro” e tudo o que ele representa.


No final, fiquei incentivado a dar os primeiros passos para minha educação financeira. Além de transformar minha ideia sobre o “dinheiro” e o “sucesso” o livro me motivou a continuar investindo na minha educação, afinal ela é o nosso único bem insubstituível. Então, dê os primeiros passos também, aprenda e aja!


Boa Leitura!

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: dinheiro empreendedorismo finanças negocios realização riqueza sonho

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração