Mais comentada

Steve Jobs: saiba por que ele é um dos maiores empreendedores do mundo

Ele foi muito mais do que o fundador da Apple. Steve Jobs foi também um dos empreendedores que mais inovaram na história dos negócios, trazendo para o mundo uma empresa extremamente valiosa, que está no topo do ranking em tecnologia.


Ele foi muito mais do que o fundador da Apple. Steve Jobs foi também um dos empreendedores que mais inovaram na história dos negócios, trazendo para o mundo uma empresa extremamente valiosa, que está no topo do ranking em tecnologia.

Nascido em 1955, na Califórnia, Estados Unidos, ele foi sempre muito quieto e introspectivo e recebeu diversas críticas com relação à sua postura enquanto líder.

Não é pra menos. Steve Jobs marcou a sua trajetória na Apple com crises de impaciência, explosões de raiva e demissões inesperadas. Pelo menos é o que contam as pessoas que trabalharam com ele.

Se quiser saber mais dessa história, assista o filme “Steve Jobs”, de 2015, estrelado pelo excelente Michael Fassbender na pele do cara que é o tema do nosso artigo. Ele mostra em detalhes a trajetória do Jobs e da Apple.

Mas continuando... Imagine como era trabalhar com um líder que simplesmente te amedrontava quando você tinha uma ideia diferente da dele e que de repente resolvia te demitir sem mais nem menos?

Mas por que será que ele tinha esse tipo de atitude? Parece que isso não condiz com o empreendedor de sucesso que ele se tornou, não é mesmo?

Dependendo da percepção que tiver de Steve Jobs, você vai chegar à conclusão de que as atitudes dele talvez não eram tão ruins quanto pareciam.

Na verdade, a postura dele era de indignação com as coisas ao redor.

Pense no seguinte: um cara que fundou uma das maiores empresas de tecnologia do mundo não é qualquer um. Talvez ele se irritava porque sabia o quanto a sua ideia era ótima e que uma outra pessoa teria que ter uma ideia muito melhor do que a dele para ter a oportunidade de receber algum crédito do nosso empreendedor.

Se você olhar o contexto por esse ângulo, talvez as atitudes de Steve Jobs passarão a fazer algum sentido para você.

A minha ideia aqui não é compactuar com esse tipo de postura e nem defendê-lo, mas sim propor uma reflexão sobre o que fez Jobs ser um dos empreendedores de maior sucesso do mundo.

É por isso que o escolhi para ser tema do nosso artigo de hoje. Veja algumas características interessantes de Steve Jobs, que vão muito além do perfil irritadiço que algumas pessoas conheceram. Aproveite para se inspirar!

1 – Inovador

Acho que o ponto alto de Steve Jobs era a sua inovação, que fez da Apple uma empresa que saiu na frente da concorrência e proporcionou produtos diferenciados e desejados por muitas pessoas no mundo todo.

Mas para ele, a inovação não vinha do nada. Primeiro você precisava fazer o seu trabalho com muita paixão e amor, para que tivesse a inspiração necessária para criar e, consequentemente, para inovar nas suas ideias.

Ele acreditava que as pessoas deveriam treinar os seus cérebros para que pensassem de forma inovadora e para que conseguissem ter uma boa capacidade criativa.

Mais do que isso, Jobs deixava de lado tudo aquilo que não tinha importância, ou, como ele dizia, que era “desnecessário”. Assim ele dava espaço para o que realmente importava nos seus negócios e era isso que ele esperava também da sua equipe.

Para ele, não adiantava ter a ideia mais inovadora do mundo se o funcionário não soubesse vender aquela ideia e fazer as pessoas acreditarem nela.

O seu trabalho enquanto líder era o de fortalecer a comunicação, para que as pessoas passassem a mensagem correta e inspiradora de um produto. Assim a Apple cresceria sempre mais.

2 – Ele vendia um valor

Acredito que Jobs foi um dos primeiros empreendedores a pensar dessa forma. Para ele, você nunca deve vender um produto, mas sim um sonho, um valor. Que aliás, é o que venho mencionando em muitos artigos por aqui!

Todo o trabalho dele foi dedicado a essa questão, o que deu muito certo, porque, como você sabe, a Apple é uma das marcas mais valiosas para os clientes no mundo.

Para ele não existiam consumidores, mas sim compradores de sonhos!

3 – Era focado na experiência do cliente

O seu foco era totalmente no cliente e na experiência positiva com os produtos da Apple.

Por isso ele buscou sempre o melhor e mais sofisticado atendimento nas suas lojas.

Foi com ações simples, que qualquer empresa poderia ter, mas profundas e emocionais com os seus “compradores de sonhos”, que as lojas da Apple se tornaram um exemplo no varejo mundial.

Muito mais do que um cara que aparentemente se irritava facilmente com os seus funcionários, Steve Jobs era um apaixonado por inovação, por qualidade em produtos e por vender sonhos e valores. É realmente alguém que veio para nos inspirar!

Presleyson Lima - www.presleyson.com.br

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(1)
Tags: apple empreendedor inspiração jobs liderança steve steve jobs