Mais comentada

Uma reflexão sobre auditoria externa

Andréa Sirtori,

Lendo nos jornais o caso do Banco PanAmericano, voce comeca a refletir: até que ponto um empresário, um investidor, um acionista pode confiar nas empresas de auditoria?

 

Se você tem um investimento, você quer assegurar que os números das demonstrações contábeis são confiáveis, ou seja, que o risco de fraude é minimizado por isso o papel da auditoria é relevante... E aí você fica pasma ao ver que após 3 anos de auditoria, não havia nenhuma ressalva no parecer do Balanço do Pan Americano, e por falta de sorte o Banco Central em uma investigacao descobre um rombo bilionário de ativos que não existiam.


E mais, quem atua na área, deve presenciar, mas na minha opinião a auditoria não tem nada inovador, os testes são os mesmos, as planilhas são as mesmas, o foco é o mesmo, e por outro lado, aquelas pessoas mal intencionadas que querem fazer algum tipo de desvio, o farão, pois sabem onde a auditoria vai atuar.


A minha recomendação é investir mais em governança, ter controles internos eficientes, contratar um auditor interno, e primordialmente, certificar-se que as pessoas do departamento contábil, são pessoas íntegras, de boa índole, éticas, pois na maior parte dos casos há o envolvimento de alguém da contabilidade. sozinho um diretor não consegue efetuar uma fraude.


E aí fica a pergunta para o caso do PanAmericano será que a empresa de Auditoria falhou ? Quem são os envolvidos? Acredito que dentro de alguns meses saberemos da verdade dos fatos.

Avalie este artigo:
(0)

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: auditoria externa contratar um auditor interno ética foco nas pessoas de boa índole governança panamericano ter controles internos eficientes

Shopping