Mais comentada

Você conhece erros e acertos na gestão de projetos?

A gestão de projetos tornou-se, nos últimos anos, fator chave de sucesso para a competitividade das empresas. O gestor de projetos deve ter conhecimento dos processos do negócio e de gestão de pessoas para se tornar de fato um agente de mudança. Apresentamos aqui os principais erros e dificuldades de uma gestão de projetos e como lidar com elas.

Você conhece erros e acertos na gestão de projetos?

A gestão de projetos tornou-se, nos últimos anos, fator chave de sucesso para a competitividade das empresas. Passou de um simples conjunto de atividades para um processo estruturado, alinhado com objetivos e estratégias da organização.

O gestor de projetos deve ter conhecimento dos processos do negócio e de gestão de pessoas para se tornar de fato um agente de mudança.

Muitos são os fatores de fracasso que podem comprometer a gestão de projetos.

Apresentamos aqui os principais erros e dificuldades de uma gestão de projetos e como lidar com elas.

1 – Falta de engajamento do patrocinador no projeto

O patrocinador do projeto não é apenas um executivo que irá ajudar a conseguir os recursos para a execução do projeto.

Um patrocinador precisa estar comprometido com a mudança que o projeto propõe e atuar junto com o respectivo gestor na solução de conflitos e na busca do atendimento aos stakeholders.

Uma boa prática é envolver o patrocinador nas discussões acerca dos objetivos do projeto, do alinhamento de expectativas e dos benefícios que o projeto trará para a organização.

2 - Planejamento inadequado de riscos

Gerenciar riscos talvez seja uma das tarefas mais difíceis na gestão de projetos.

Geralmente os impactos são relacionados com custos e prazos.

No caso dos riscos negativos, precisamos evitar a sua ocorrência; no caso dos riscos positivos, devemos explorar seus benefícios.

Para ambos os casos o importante é definir os riscos e a sua classificação, bem como o planejamento das ações com seu respectivo monitoramento.

3 – Comunicação ineficaz

A comunicação é fundamental na gestão de projetos.

A maior parte do tempo de um gestor de projetos é gasta na comunicação com os stakeholders.

Para praticar uma boa comunicação no projeto é preciso: definir o que deve ser comunicado, o público alvo, a frequência e o formato da comunicação.

Outro ponto importante é um canal de feedback que permite medir a eficiência da comunicação.

4 – Entrega fora do prazo.

Após definir as atividades do projeto, é preciso estimar a duração de cada uma.

Um dos erros mais comuns é subdimensionar as atividades e ser otimista na estimação de prazos.

Uma boa prática é envolver os responsáveis das tarefas; eles sabem melhor a duração e os riscos envolvidos. O papel do gestor de projetos é questionar e dar suporte para a equipe.

5 – Desrespeito ao fator humano

Gestão vai muito além do controle de alterações no escopo, prazo e custo; ela deve olhar as pessoas. Toda mudança implica na forma como as pessoas vão interagir com o projeto e o produto final dele. Os desconfortos da mudança nas pessoas podem trazer riscos ao projeto.

Pensar nas pessoas no processo de mudança é diminuir o risco de boicotes e resistências ao projeto e aumentar o seu sucesso.

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: Gestão de projetos, gestor de projetos

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração