10 startups para ficar de olho

Conheça algumas das empresas mais quentes do mercado

As startups brasileiras têm gerado um grande impacto, transformando mercados em todos os ramos e regiões do país. A seguir, conheça algumas dessas promissoras empresas que se destacam pela inovação em seus respectivos setores de atividades:

Setor: Agronegócio
Startup: Grão Direto
Fundação: 2016

A plataforma cria uma eficiente “teia” que conecta produtores e compradores de grãos agrícolas. Em pouco mais de um ano de operação, a empresa já possui um cadastro de 1,2 mil produtores e 40 compradores. Foi a vencedora do Demo Day no 15º programa de aceleração do Startup Farm de 2016.

Setor: Educação
Startup: Eadbox
Fundação: 2010

Oferece um sistema no qual os usuários podem criar e comercializar cursos online. Já deu origem a mais de 35 mil módulos de ensino virtuais.

Setor: Finanças
Startup: Guiabolso
Fundação: 2014

Com a missão de melhorar a vida financeira dos brasileiros, o aplicativo para gestão das finanças já contabiliza mais de 3,7 milhões de usuários cadastrados. A plataforma também reúne um marketplace de crédito pessoal.

Setor: Gestão
Startup: Gupy
Fundação: 2015

Desenvolveu um software de recrutamento e seleção, que com ajuda de algoritmos de inteligência artificial, identifica os candidatos mais aptos a ocupar vagas. Entre seus clientes estão a Movile e a Kraft-Heinz.

Setor: Indústria
Startup: Birmind
Fundação: 2015

Seu foco é encontrar potenciais de eficiência oculta dentro dos processos industriais. A partir do cruzamento de dados operacionais e financeiros, seu sistema sugere melhorias. Possui clientes como a Cartepillar, Coca-Cola e CSN.

Setor: Logística
Startup: Melhor Envio
Fundação: 2015

Faz o serviço de intermediação logística com transportadoras e correios, conseguindo negociar taxas mais competitivas. Em três anos de operação a empresa contabiliza um volume de 180 mil itens enviados.

Setor: Marketing
Startup: Forebrain
Fundação: 2010

Usa princípios da neurociência para traçar análises do comportamento do consumidor e do desempenho de campanhas de marketing. Entre as metodologias usadas, estão o estudo de pupilometria, salivação e eletrocardiografia. Possui clientes como Porto Seguro e Natura.

Setor: Moda e beleza
Startup: Beautydate
Fundação: 2015

Já é uma das principais startups de beleza do país. A operação divide-se em ferramentas de agendamento online, marketplace de serviços e ferramentas de gestão para salões de beleza e barbearias.

Setor: Saúde e bem-estar
Startup: Ephealth
Fundação: 2015

O aplicativo da empresa é integrado a banco de dados públicos e apresenta roteiros e relatórios que facilitam o trabalho de campo dos agentes de saúde. É usado por várias prefeituras e possui um cadastro de 13 mil profissionais e mais de 600 mil pacientes.

Setor: Tecnologia da informação
Startup: Pluga
Fundação: 2015

Faz integrações entre as ferramentas de web mais usadas, sem precisar alterar linhas de código. A proposta de automação de processos já atraiu mais de 1,2 mil clientes, como Endeavor, Trampos e etc.

Definitivamente, o Brasil entrou no mapa global de tecnologia.

 

 

 

 

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)