A tecnologia como grande contribuidor para satisfação do turista

Os produtos turísticos são fatores intangíveis, a falta do não físico faz com que o cliente não se sinta totalmente confortável para adquirir o serviço sem a informação do que o produto possa lhe oferecer efetivamente. As novas ferramentas tecnológicas, mais presentes em nosso dia a dia, ajudam com estratégias de marketing e comunicação buscando atender assim as expectativas do cliente. O investimento nessas tecnologias na atividade turística, podem despertar o sentimento de desejo no consumidor com interações virtuais, permitindo a aproximação do turista e o produto.

O grande desenvolvimento da tecnologia contribui para a aproximação do real através do virtual, possibilitando interações inimagináveis, contribuindo para satisfação e atendendo as expectativas do cliente. Badaró (2003, p. 79) retrata que “o mundo globalizado, cheio de novas tecnologias, exige cada vez mais do mercado, seja no bom atendimento ou em seu planejamento estratégico. O mercado mais competitivo, onde o acesso a informação cabe em suas mãos, possibilita ao empreendedor a facilidade do seu produto ou serviço ter ou não o sucesso desejado.”


Uma das vantagens do marketing para os produtos e serviços turísticos é o meio tecnológico contribuidor para a busca da satisfação do cliente antes de efetuar a compra de produtos intangíveis, podendo assim ajudar no desenvolvimento da atividade turística.

A Realidade Aumentada (RA) é uma estratégia de marketing para melhor visualização real em busca da satisfação do cliente. Segundo o pensamento do autor Carlos Jesus (2009, p. 2297) “a introdução de Realidade Aumentada poderá ser o próximo passo evolutivo dos serviços móveis aplicados ao turismo permitindo fornecer informação contextualizada e que amplia a informação que o lugar por si oferece ao visitante”.

Os autores Prezotto, Silva e Vanzin, (2013, p.01) explicitam em detalhes a RA, “é a integração de objetos reais em ambientes virtuais e vice versa, criando um ambiente misto. Existem também variações de modelos de RA, como a RA móvel, que é uma combinação da RA com tecnologia móvel, utilizada em aparelhos celulares dotados de conexão online. Quando a câmera do aparelho celular é direcionada a um objeto com formas reconhecidas por RA, tais elementos são substituídos por gráficos 3D enquanto todo o resto do mundo real permanece igual”.

O empreendedorismo nas grandes empresas é desenvolvido em função da prestaçãode serviços turísticos adequados, para que o turista possa adquirir seu produto de forma satisfatória. Os objetos virtuais podem trazer interações nos desejos e imaginações do cliente antes de viajar, por exemplo, o que pode aumentar suas expectativas e interesses nos destinos. O uso da realidade aumentada nos produtos turísticos é uma idealização para o melhor desenvolvimento da atividade, juntamente com a tecnologia para a satisfação do turista.

REFERÊNCIAS:


BADARÓ, Rui Aurélio De Lacerda. Direito do turismo: história e legislação no Brasil e no exterior. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2003.
JESUS, Carlos; SILVA, LJOL. Potencialidades dos serviços móveis de Realidade Aumentada aplicados ao Turismo. In: Congresso da Federação Lusófona de Ciências da Comunicação. 2009. p. 2296-2314.
PREZOTTO, Ezequiel D.; SILVA, Teresinha L. da; VANZIN, Rômulo. Realidade aumentada aplicada a educação. encontro Anual de Tecnologia da Informação, p. 322-326, 2013.

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Avalie este artigo:
(0)