Bancos brasileiros iniciam abertura. O que isso significa?

Setor bancário nacional inicia abertura que permitirá o desenvolvimento de serviços e aplicativos de integração por terceiros

Temos mudanças significativas acontecendo com relação a abertura do sistema bancário brasileiro a outros desenvolvedores e empresas, por se tratar de um setor tradicionalmente "conservador e fechado" quando se trata da concessão de acessos para terceiros.

O Banco do Brasil e o Banco Original já iniciaram seus processos de "abertura" e outros bancos, como o Bradesco, o Itaú e o Santander, já estão trabalhando internamente na avaliação da implantação do "Open Banking".

Portanto, será possível o desenvolvimento de aplicativos e serviços por parte de terceiros desde que esses estejam dentro das regras definidas por cada instituição financeira - as famosas APIs.

Com esse novo modelo, será possível por exemplo realizar a integração de sistemas de gestão, financeiros, contábeis, etc., com as informações bancárias. Isso permitirá que o cliente do banco "escolha" com quem e como ele deseja compartilhar suas informações bancárias.

E qual é o significado prático disso para as empresas?

Em termos práticos, significa que, por exemplo, um escritório contábil poderá ter acesso aos arquivos de informações bancárias dos seus clientes (obviamente com a devida autorização e permissão), sem que haja a necessidade da empresa fazer o envio do arquivo OFX do extrato bancário mensalmente ou conceder acesso ao seu internet banking.

Fique atento(a)!

Avalie este artigo:
(0)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: API Bancos Contabilidade Finanças Instituição Financeira Integração Softwares Tecnologia

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração