Mais comentada

Hardening: por que melhorar a segurança de servidores de SSH?

Entenda por que melhorar a segurança dos servidores de SSH com as técnicas de Hardening é essencial para as empresas.

A segurança da informação é um dos itens mais importantes para as empresas na atualidade. Tudo que é produzido pelos administradores, donos e funcionários é documentado nos sistemas e servidores. A quantidade de dados é gigantesca, muito além do que a mão de obra humana possa dar conta por si só. A partir dessa linha de raciocínio, entendemos que é preciso fortalecer os sistemas e melhorar a segurança dos servidores.

Isso porque, com o crescimento do uso dos computadores e da internet, o fluxo de dados criado todos os dias pelas organizações faz com que seja necessário dar mais atenção ao fato de que pessoas com interesses maliciosos podem tentar invadir os sistemas em busca de senhas, dados confidenciais, entre outros elementos.
Dentro desses dados, podem existir informações sobre finanças da empresa e negócios da organização, além de o vazamento de informações poder prejudicar totalmente o andamento dos trabalhos.

Dessa forma, saber quais ameaças e riscos que os servidores podem sofrer é essencial para se antecipar e tomar as medidas necessárias. Uma das maneiras de mapear esses perigos é com um processo denominado Hardening. Neste artigo, vamos descrever as principais técnicas e como a proteção dos servidores de SSH pode melhorar adotando esse método.

Sobre o que estamos falando?
A sigla SSH, que significa Secure Shell em inglês, diz respeito a um protocolo que permite o acesso virtual a um servidor, de modo que você possa agir como se estivesse dentro do terminal dele. Podemos então dizer que o SSH funciona como um computador controlando outro de forma remota.
É um dos protocolos mais utilizados por causa da segurança. Toda a sua transmissão de dados acontece por criptografia, diminuindo as possibilidades de que alguém sem autorização tenha acesso.

Diante desse fato, qualquer falha na segurança dos servidores de SSH pode causar grandes problemas para uma empresa. Pensando em evitar que o pior aconteça, aplicar os processos de Hardening é uma possibilidade plausível e benéfica para a organização.

Trata-se de uma técnica utilizada para realizar o mapeamento de ameaças, avaliar os riscos, planejar e executar as medidas viáveis para corrigir os problemas, melhorando a infraestrutura e deixando todo o sistema mais preparado para futuras tentativas de violação de segurança ou de ataques de hackers.

Melhorando a segurança da informação da sua empresa
Já entendemos que as informações são partes valiosas do trabalho de uma empresa, que elas devem ser uma das prioridades em termos de segurança, mas que também são os alvos principais de pessoas com intenções maliciosas que, por sua vez, realizam ataques cibernéticos.

Dessa forma, as organizações precisam melhorar seus parâmetros de segurança de modo que qualquer brecha seja eliminada. Por meio do Hardening, é possível elevar o nível de segurança da informação e evitar que hackers invadam o sistema. Vale ressaltar que qualquer sistema operacional pode passar por essa técnica, que também é válida para servidores que não ficam conectados diretamente à internet. Seu principal objetivo é deixar o sistema mais seguro para a utilização dos usuários.
Confira algumas vantagens da aplicação desse método:

Hardening consiste em fazer a remoção dos meios de acesso desatualizados, inutilizados e desnecessários (usuários, senhas) no firewall nos dois sentidos - de fora para dentro e de dentro para fora. Sendo assim, as chances de ataques são menores.

• Com essa técnica, é possível remover completamente o acesso de usuários não autorizados, bem como que eles coloquem scripts maliciosos nos servidores da rede. Também pode ser feito o bloqueio do login, logout de usuários inativos há muito tempo, remoção de permissões e muito mais.

• Um dos principais benefícios é que as brechas de segurança e a vulnerabilidade dos sistemas são descobertas, fazendo com que a empresa consiga não somente administrar melhor, mas também fazer as mudanças que forem necessárias em sua estrutura. Por exemplo, se for notado que os softwares utilizados estão muito desatualizados, a organização pode imediatamente investir nesse setor e resolver o problema.

• Para impedir que hackers entrem nos servidores da empresa, não permita o acesso a serviços que tenham autenticação sem criptografia. Uma dica para diminuir ainda mais os perigos é restringir o acesso a determinados serviços à menor quantidade de pessoas, bem como criar poucos acessos de entrada ao firewall.

• Para que a estrutura de segurança da imprensa siga intacta, opte por bloquear todas as portas de entrada e saída. Aos poucos, permita o acesso ao que for utilizado. Sobre o acesso à internet por meio de navegadores, crie uma lista de sites permitidos. Controle sempre o que for acessado para evitar que malwares adentrem na rede por descuido dos usuários.

• Existem alguns processos que ajudam a tornar o acesso ao sistema mais difícil para os hackers. O particionamento de discos, por exemplo, ajuda a tornar o sistema mais seguro. Outra dica importante é remover todos os programas "clientes" do servidor - ftpd, sendmail, wget, entre outros. Muito cuidado também com as senhas: os usuários devem ser orientados a não cadastrar aquelas consideradas fracas e realizar a sua mudança dentro de períodos de, no máximo, seis meses.

• Não se pode esquecer de a possibilidade do perigo não vir pela internet, mas sim de um usuário que tenha acesso físico ao servidor. Gerenciar os privilégios é essencial para evitar que problemas surjam a partir de acessos não autorizados a determinadas áreas.

Técnicas que colaboram para a melhoria da segurança da informação são sempre bem-vindas. Com os avanços tecnológicos, a constante criação de novos tipos de vírus, a especialização e o conhecimento técnico dos hackers cada vez mais em avanço, processos como o Hardening são eficazes e necessários dentro das empresas.
Avaliar os riscos e mapear as ameaças são passos iniciais para saber como a organização deve agir em caso de ataques hackers. Estar um passo à frente, principalmente nesses casos, é determinante para evitar que maiores prejuízos aconteçam.

Preocupar-se com a segurança dos servidores de rede da sua empresa é algo essencial para evitar que invasões cibernéticas aconteçam. Para não repetir erros e saber como se proteger, confira este artigo no qual falamos o por quê de as empresas sofrerem ataques de hackers.

O que você achou das informações desse texto? por favor clique em “curtir” e compartilhe também com seus amigos! Muito Obrigado!!! e fique ligado sempre que novos conteúdos sobre esse e outros temas forem publicados.

Forte abraço,

Luiz Dias

 

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Avalie este artigo:
(0)
Tags: Hardening SSH vulnerabilidade