Qual é o papel de um Business Partner e como ele pode ajudar o RH a alcançar melhores resultados?

Afinal, por que este profissional é um parceiro tão importante para o RH e a empresa?

Para David Ulrich, guru da gestão de pessoas e autor do livro Human Resource Champions, as áreas de Recursos Humanos e Negócios de uma empresa devem caminhar juntas e foi com essa perspectiva em mente que ele criou a figura do Business Partner para promover o alinhamento entre as necessidades da empresa e da gestão de pessoas da forma mais eficiente possível frente aos resultados esperados.

Desde que criou esse conceito, mais de vinte anos se passaram e ainda pairam no mercado muitas dúvidas sobre qual é a real função de um Business Partner. Para entender essa resposta é preciso retomar a relação entre pessoas e negócios para que seja possível visualizar a grandeza e importância deste papel na gestão de pessoas.

Essencialmente, o papel de um Business Partner consiste em deter o conhecimento sobre os processos de gestão de pessoas na organização e também sobre negócios para que seja possível elaborar estratégias de alinhamento entre os dois focos e gerar resultados mais eficientes para o todo. Ele deve ser capaz de manter o equilíbrio nas relações entre especialistas de cada setor e executores dos processos, bem como conselheiro do executivo para gerar a facilitação e bom andamento da dinâmica empresarial.

Também faz parte de suas atribuições a análise de treinamentos que devem ser aplicados a cada equipe para mensurar sua real relevância para os negócios organizacionais. Com esse mesmo foco em vista, o perfil de um Business Partner deve ser flexível o suficiente para transitar entre as áreas da empresa e o RH checando eventuais falhas na liderança e promovendo ações de capacitação, coaching e orientação aos envolvidos, tornando possível a manutenção, ou mesmo atualização, das políticas organizacionais.

Considerando-se sua atuação estratégica no ambiente corporativo, o Business Partner é hoje uma das funções mais promissoras para o RH moderno. O dinamismo do mercado e a necessidade de empregar práticas inovadoras na gestão de pessoas traz um novo e saboroso desafio para as lideranças e o RH, que terão neste profissional um recurso fundamental para o sucesso nas relações entre empresa e colaborador, além de um parceiro estratégico dos gestores.

 

Os desafios de ser um Business Partner

A seguir estão os cinco principais desafios para ser um bom Business Partner, de acordo com Ulrich:

  1. Realizar: é preciso ir além do que simplesmente desenvolver planos, mas sim coloca-los em prática, definindo cada ação necessária para que se concretizem.
  2. Gerar satisfação: visar a promoção do equilíbrio empresarial e atender os diversos públicos de uma organização – investidores, consumidores e colaboradores – também é uma das funções do Business Partner.
  3. Planejar: o Business Partner também é o principal responsável por elaborar um planejamento integrado capaz de alinhar o trabalho do RH ao plano empresarial, tornando os resultados positivos para todos.
  4. Prever riscos: estar sempre alerta aos possíveis riscos de um projeto ou situação e analisar o impacto de ações isoladas na estratégia da empresa é mais uma das preocupações de um Business Partner.
  5. Capacitar: preparar a equipe para disseminar e aplicar as estratégias elaboradas é uma das ações que o Business Partner terá como papel essencial de garantir o sucesso do projeto.

 

De que ferramentas o Business Partner precisa?

Para analisar todos os pontos que permeiam essa questão devemos levar em conta as necessidades específicas da empresa, cultura organizacional e práticas e políticas de RH que estão em vigor, bem como as que serão implantadas no futuro.

Porém, com certeza o Business Partner precisará de um bom sistema de gestão de pessoas que o permita consultar informações com rapidez e gerar análises que sejam disponibilizadas aos gestores da empresa. Neste sentido a tecnologia pode somar e contribuir para que as tarefas operacionais deixem de ser um empecilho enquanto o foco é voltado para um importante papel de apoio para as lideranças gerirem suas equipes.

E quando o assunto é um sistema de RH, o sistema Join RH da empresa Linked RH é visto como uma forte ferramenta para levar o RH ao papel mais estratégico dentro das organizações, se tornando um parceiro essencial para os resultados dos negócios.

Avalie este artigo:
(1)
As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.
Tags: business partner gestão de pessoas liderança negócios RH tecnologia

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração