Fórum Nacional Governança de TI no setor público

Vamos avançar sobre o futuro - Os fatores que garantem os resultados

Flávia Peixoto,
  • 28 a 29 de novembro de 2013

  • Brasília

 

 

A Tecnologia da Informação está ganhando cada vez mais destaque dentro das organizações públicas. Nos últimos anos, o foco tem-se voltado para a Governança da Tecnologia de Informação (GTI), num esforço de se entender associações entre o desempenho desta e os indicadores de performance. Pensando nisso, a Conexxões Educação acaba de lançar o Fórum Nacional Governança de TI, que acontecerá nos dias 28 e 29 de novembro em Brasília.

Neste Fórum, os especialistas irão mostrar o que deve ser feito para colher os reais frutos de seus investimentos em TI. Você irá aprender quais as decisões que devem ser tomadas para garantir uma gestão apropriada de TI através das experiências de sistemas de Governança usados pelas principais organizações brasileiras de melhor desempenho do setor público, são elas: TCU, CNJ e Caixa

Serão analisadas as características e benefícios de modelos de melhores práticas que podem ser aplicados aos processos de TI para equilibrar os desafios de Qualidade, Custos e Tecnologia. Questões cruciais para o avanço da Governança de TI, como: aplicação do COBIT 5, contratações em TI, gestão de riscos em TI, direito eletrônico e muitos outros temas serão discutidos. 

Convidamos grandes nomes do cenário brasileiro para compartilhar conhecimentos e experiências como: João Souza Neto, da Vice-Presidência de Tecnologia e de Infraestrutura dos CORREIOS; Wesley Vaz, da Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação do TCU; Tereza Cristina Carvalho, revisora técnica do livro Governança de TI, de Peter Weill; Fernando Siqueira, da Diretoria de TI do Ministério do Planejamento; Paulo Pagliusi, um dos consultores mais renomados em segurança da informação, entre outros.

Será uma grande oportunidade para conhecer uma abordagem inovadora das etapas do planejamento, implementação e Gestão da Governança de TI e estar frente a frente com os maiores experts do país.

Confira a programação completa:

http://www.conexxoes.com.br/governanca-ti/



Mais informações

Local Brasília
Nome do contato Flávia Peixoto
E-mail de contato marketing@conexxoes.com.br
Website http://www.conexxoes.com.br/governanca-ti/index.php
Telefone (71) 317-633-88
Celular (71) 918-831-63
Endereço Mercure Brasília Eixo Hotel - Setor Hoteleiro Norte , Brasília/DF - CEP: 70.710-300 - quadra 5, Bloco G

 

1º DIA

“APLICAÇÃO DO COBIT 5 NOS ÓRGÃOS DO SETOR PÚBLICO”

Objetivo: apresentar os fundamentos, princípios e componentes do COBIT 5, demonstrando de que maneira esses elementos podem ser aplicados na realidade dos órgãos do setor público.

Dinâmica: aulas expositivas e trabalhos em grupo

  • A relação entre Governança de TI e COBIT 5
    • Direcionadores e Benefícios de Negócios do COBIT 5
  • Estrutura e Formato do framework COBIT 5
  • Os Cinco Princípios Norteadores
  • Os Sete Habilitadores e seus detalhes
  • Os Cinco Domínios e os Trinta e Sete Processos
  • Como cada Habilitador se aplica à realidade do setor público?
    • Importância dos processos para o setor público
  • O Ciclo de Vida da Implementação do COBIT 5
    • As Sete Fases de Implementação
    • Orientações de como planejar uma implementação de COBIT 5 num órgão do setor público
  • Modelo de Avaliação da Capacidade dos Processos
    • Modelo ISO/IEC 15504
    • Orientações de como realizar uma avaliação de capacidade de processos do COBIT 5 no setor público

WESLEY VAZ
Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União – TCU, onde atua como diretor na 1ª Diretoria de Fiscalização de Governança de TI da Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação. Leciona na UnB em cursos de pós-graduação em governança de TI. Mestre em Ciência da Computação pela UNICAMP e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Possui o certificado CISA® (Certified Information System Auditor) e é diretor institucional do capítulo ISACA Brasília.

JOÃO SOUZA NETO
Atua na Vice-Presidência de Tecnologia e de Infraestrutura dos CORREIOS. Phd, Diretor Educacional e membro fundador do Capítulo Brasília da ISACA. Possui certificação CGEIT – Certified in the Governance of Enterprise IT e CRISC – Certified in Risk and Information Systems Control pela ISACA. É instrutor credenciado de COBIT 5 pela APMG. Doutor em Engenharia Elétrica pela UNB. Professor do Mestrado em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação da UCB.


PAINEL / PALESTRAS 14h às 15h45


“GOVERNANÇA COMO ALIADA PARA O SUCESSO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM TI”

  • Estudo prático de uso do framework do MIT-CISR (Referência Peter Weill) em conjunto com COBIT, ITIL e BSC
  • Fatores de Sucesso: Papel do Líder e o Engajamento dos Colaboradores

TEREZA CRISTINA CARVALHO
Professora-doutora da USP e diretora técnica do Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores. Revisora técnica do livro "Governança de Tecnologia da Informação" de Peter Weill. Além disso, ocupa o cargo de diretora do CCE-USP. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas de Computação, atuando principalmente nos seguintes temas: internet 2, tecnologias de rede, HDV sobre IP, gerenciamento e segurança de redes e governança de TI. Possui graduação em Engenharia Eletrônica pela USP, mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica. Possui pós-doc na área de gestão pelo MIT.


“TRAJETÓRIA DE CONSTRUÇÃO DA MATURIDADE DA GOVERNANÇA DE TI NO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO”

  • A construção da governança iniciada a partir da estruturação organizacional da área
  • O apoio relevante obtido do meio acadêmico: pesquisas sobre modelos organizacionais da área de TI, definição de atribuições, papéis, contingente e perfis
  • A importância da sensibilização da alta direção do órgão em busca do posicionamento estratégico da TI
  • A conquista da maturidade da governança de TI a partir do alinhamento das ações da área de TI aos objetivos organizacionais


FERNANDO SIQUEIRA
Diretor na Diretoria de TI, da Secretaria Executiva, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Foi funcionário do Banco do Brasil, onde atuou como Gerente de Equipe de TI da Diretoria de Tecnologia. Possui graduação em Ciências Contábeis e em Tecnologia em Processamento de Dados. Tem especialização em Auditoria de Sistemas e é Mestre em Administração. Professor de Sistemas de Computação Aplicados à Administração e pesquisador do Programa de Pós-graduação em Administração na UnB.


PAINEL / CASOS PRÁTICOS 16h10 às 18h40


“GOVERNANÇA DE TI NO JUDICIÁRIO” - CNJ
“A aplicação de Governança de TI no Judiciário abordando a importância do CNJ como órgão governante superior”

  • Planejamento Estratégico
  • Situação da governança nos Tribunais
  • Diretrizes de Contratações para o Poder Judiciário
  • Governança no CNJ

LÚCIO MELRE
Diretor do Departamento de Tecnologia da Informação do Conselho Nacional de Justiça – CNJ. Foi Secretário de TI do Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Conselho da Justiça Federal e Seção Judiciária do Distrito Federal. Mestre em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação pela UCB. Graduado em Engenharia Civil pela UnB, Direito pela AEUDF e Matemática pelo CEUB. Possui certificações em COBIT 4.1, ITIL V3 e ISO 20.000. Integra o Comitê Nacional de Gestão de TIC do Poder Judiciário, a comunidade TIControle e o Comitê Técnico da Autoridade Certificadora do Judiciário (ACJus).


“AVALIAÇÃO DE GOVERNANÇA DE TI: O FOCO NO AMADURECIMENTO” - TCU

  • Desafios de sempre
  • O que interessa, afinal?
  • Como as organizações públicas se comportam
  • Indução de amadurecimento

DANIEL JEZINI
Diretor na 2ª Diretoria de Fiscalização de Governança de TI na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação (Sefti) do TCU. Exerce, atualmente, atividades de supervisão de trabalhos de auditoria de TI e de pareceres na área de controle externo. Tem estado à frente dos levantamentos de governança de TI realizados peloTCU. É instrutor do Instituto Serzedello Correa do TCU, onde ministra cursos nas áreas de contratações, governança e auditoria de TI. Possui certificações CISA® e Auditor Líder NBR ISO/IEC 27001. Graduado em Ciência da Computação


“GOVERNANÇA CORPORATIVA CONDUZ PARA BOAS CONTRATAÇÕES EM TI” - TCU

  • Problemas recorrentes em licitações e contratações de TI
  • Causas estruturais destes problemas
  • Mecanismos de Governança Corporativa que criam contextos favoráveis às boas contratações de TI

CLÁUDIO CRUZ
Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União – TCU, atuando hoje na Assessoria da Coordenação de Controle Externo dos Serviços Essenciais ao Estado e é Vice-Presidente da ISACA em Brasília. Certificado CGEIT (Certified in the Governance of Enterprise IT, ISACA) e em Melhoria do Processo de Aquisição de Software (SOFTEX). Professor do curso de pós-graduação em Governança de TI da UnB. Mestre em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação, com ênfase em Contratações de Serviços de TI no setor público.


2º DIA

PALESTRA - 8h30 às 10h

“BOAS PRÁTICAS EM CONTRATAÇÃO DE SOLUÇÕES DE TI: RISCOS E CONTROLES PARA O PLANEJAMENTO DA CONTRATAÇÃO”

Objetivo: apresentar o contexto da criação do Guia de Boas Práticas em Contratação de Soluções de Tecnologia da Informação: Riscos e Controles para o Planejamento da Contratação, a motivação para a sua elaboração e os principais aspectos do guia

Antigo modelo de contratação de TINovo modelo de contratação de TIGuia de contratação de soluções de TISolução de TIContexto dos planejamentos das contratações de soluções de TIArtefatos do planejamento das contratações de soluções de TIExemplos de riscos e controlesConsiderações finais

CARLOS MAMEDEAuditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União - TCU, atuando hoje em auditoria de TI na Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação (Sefti). Participou de trabalhos de fiscalização e de atividades estruturantes, como a construção do Quadro Referencial Normativo (QRN) e a elaboração do Guia de Boas Práticas em Contratação de Soluções de Tecnologia da Informação: Riscos e Controles para o Planejamento da Contratação. Mestre em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação (UCB). Certificado CISA ­ Certified Information Systems Auditor (ISACA), CGEIT ­ Certified in the Governance of Enterprise IT (ISACA), ITIL Foundations v2 ­ Information Technology Infrastructure Library (EXIN), Melhoria do Processo de Aquisição de Software ­ P4-MPS.BR (SOFTEX).

PALESTRAS10h30 às 12h30

“INDICADORES DO USO DE TI COMO SUPORTE À GOVERNANÇA DE TI”

O desempenho da Governança da Tecnologia de Informação (GTI) e os Indicadores de PerformanceO desafio da qualificação da GTI para propiciar melhorias no desempenho e utilização da TIOs indicadores como elemento de negociação para futuros investimentos tecnológicosApresentar resultados do estudo de caso da GTI e os benefícios dos indicadores de TI

RILDO SANTOSConsultor e professor renomado em cursos sobre Tecnologia da Informação, Gestão de Negócios e Gestão de Inovação. Pós-Graduado em Didática do Ensino Superior e Mestre em Engenharia de Software. Foi instrutor de Tecnologia da Sun Microsystems e da IBM. É professor de curso de MBA da Fiap e de pós-graduação da Fasp e IBTA. Membro do IIBA-International Institute of Business Analysis (Canadá).

“DIREITO ELETRÔNICO E A NOVA REALIDADE MUNDIAL”

Crimes eletrônicosPrivacidadeBig dataRedes sociais

RENATO OPICE BLUMMembro convidado do Grupo de Cyber crimes do Conselho da Europa, Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da FECOMERCIO/SP. Vice Presidente da Comissão de Direito Eletrônico e Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP. Advogado e economista. Professor da USP e Mackenzie e coordenador de cursos de extensão e MBA em grandes Universidades Brasileiras. Coautor do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet”.

PAINEL / PALESTRAS14h às 16h

“ESPIONAGEM DE AGÊNCIA DOS EUA - RISCOS À GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA”

Ação das “Five Eyes” - riscos à governança de TI da face cibernética da Guerra da InformaçãoQuebra de Criptografia e Backdoors em Ativos de TI (software e hardware de acesso à Internet)Tipos de interceptação e alvos monitorados pela Agência dos EUA - repercussões no país e exteriorCaso Snowden e os novos desafios da Gestão da Segurança em TI - estar compliance é estar seguro?Como evitar exposição das informações do governo e do cidadão brasileiro? Receita “Anti Five Eyes”

PAULO PAGLIUSIÉ considerado um dos Consultores mais renomados do País nas áreas de Segurança da Informação, Computação em Nuvem, Criptografia Aplicada à Defesa, Espionagem e Contrainteligência na Internet e Engenharia de Sistemas de Defesa. É um dos palestrantes mais requisitados atualmente, tendo se apresentado em mais de 200 eventos. Consultor Ph.D. in Information Security, pela Royal Holloway, University of London. Diretor da ISACA ­ RJ.

“CENTROS DE OPERAÇÕES PARA INTEGRAR TIC E NEGÓCIOS”

Governança CorporativaGestão de Riscos OperacionaisGestão de Riscos em TIGestão de Grandes Eventos

FERNANDO NERYConsultor com grande experiência em coordenação de equipes em alguns dos principais projetos brasileiros de implementação de Governança, Riscos e Compliance e Centros de Operação, que são destaque mundial, entre eles as Eleições Eletrônicas Brasileiras, o SPB - Sistema de Pagamentos Brasileiro, a Nota Fiscal Eletrônica, o Imposto de Renda via Internet, Jogos Pan-Americanos Rio 2007, Segurança Cibernética, Rio+20 e no exterior.

PAINEL DE ENCERRAMENTO / CASO PRÁTICO E PALESTRA 16h20 às 17h40

“GESTÃO DE RISCOS E A CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS” - CAIXA

O que é Gestão de RiscosGestão de Riscos de TICGestão de Continuidade dos Negócios - Indo além da Gestão de RiscosPapel da TIC na GCN Corporativa 

ALEXANDRE GUINDANIGerente Executivo responsável pelo Programa de Continuidade dos Negócios da CAIXA. Profissional certificado pelo DRII (Disaster Recovery Institute International) e pelo BCI (Business Continuity Institute). Membro do IAEM (International Association of Emergency Managers) e da Subcomissão de Gestão de Continuidade dos Negócios da FEBRABAN e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. MBA em Gestão de Segurança da Informação e Pós­graduado em Gestão de Crises Corporativas. Autor do livro “Deus é Brasileiro – O guia da Gestão de Continuidade dos Negócios”.

“A GESTÃO DE MUDANÇA ORGANIZACIONAL COMO FATOR DE SUCESSO NAS IMPLEMENTAÇÕES DA GOVERNANÇA”

Como agir e pensar diferenteComo integrar a metodologia de gestão de mudança organizacional às atividades de implementação de TIA importância de gerenciar o fator humano nos processos de mudança organizacionalOs benefícios da GMO para o sucesso dos projetosO que você está construindo?

SIMONE COSTAConsultora com vasta experiência em gestão de mudança organizacional, educação e treinamento corporativo, com sólido conhecimento em gerenciamento de projetos e coordenação de equipes. Por mais de 15 anos de atuação, tem participado do desenvolvimento de metodologias e sua aplicação em projetos corporativos de implantação de transformações de diversas naturezas, em grandes empresas brasileiras e multinacionais. Cursou MBA Executivo no IBMEC São Paulo e graduou-se em Tecnologia em Processamento de Dados.