As 8 estratégias de marketing digital que grandes ou pequenas empresas usam

A Internet não é algo novo. Todos já utilizamos mensagerias, e-mails, acessamos sites, compramos em lojas virtuais, e muitos de nós utilizam redes sociais, como o Facebook, Linkedin ou o Twitter. Mas como algo que incorporamos a nossas vidas de forma tão rápida, esquecemos às vezes que a Internet é usada também por nossos clientes e consumidores.

Rafael José Pôncio

Muito se discute na atualidade não somente sobre a internet como novo meio de comunicação, mas também como ferramenta de pesquisa de mercado e um novo canal comercial. Uma pesquisa da F/Radar (2016), realizada pelo instituto Datafolha e a agência F/Nazca Saatchi & Saatchi, mostra o quanto a internet penetrou no nosso dia a dia:

  • no Brasil, temos 96 milhões de usuários na internet com idade superior a 12 anos;
    52 milhões de brasileiros acessam internet móvel (celular, tablets, entre outros dispositivos móveis);
  • 29% dos internautas fizeram compras pela internet no último ano;
  • 46% compraram em lojas virtuais que não possuem lojas físicas.


Ao mesmo tempo, temos várias empresas que ainda não estão inseridas nesse novo cenário por se tratar de algo muito novo. Muitos executivos ficaram espantados com o avanço tecnológico das últimas décadas, que fez de um futuro que imaginávamos na década de 1980 uma realidade: comunicação via vídeo, distâncias cada vez menores, aparelhos interligados, informação na palma da mão, entre outros.

Um exemplo fácil dessa mudança é a extinção das listas telefônicas comerciais, os famosos guias e paginas amarelas, mas, hoje em dia, se precisamos de um serviço, pesquisamos no Google e entramos em contato com os que aparecerem na primeira página.

Nessa realidade, o profissional de marketing deve entender e analisar o mercado e seu consumidor, incluindo em seu planejamento estratégias e a utilização de ferramentas digitais.

Martins (2015), quando sugere um modelo de planejamento de marketing digital, apresenta oito estratégias que as empresas (grandes ou pequenas) podem aplicar na internet: marketing de conteúdo, marketing nas mídias sociais, marketing viral, e-mail marketing, publicidade online, pesquisa online, mobile marketing e monitoramento.

Marketing de conteúdo

Como já exemplificado anteriormente, estar bem posicionado nos buscadores (Google, Bing e Yahoo) aumenta as chances de o cliente encontrar a marca na rede. A geração de conteúdo, além de tornar a marca relevante na internet, ajuda a divulgar o produto/serviço de uma forma sutil e poderosa. O marketing de conteúdo nada mais é do que a criação de conteúdos, matérias, artigos, entre outros, que as marcas devem criar na internet. Por exemplo, a criação de um blog torna-se essencial para uma empresa que gera conteúdo, a marca não deve pensar apenas nos seus produtos ou serviços, mas sim em informações e artigos relevantes.

Marketing nas mídias sociais

Para atrair mais atenção e cativar o consumidor online, as marcas devem pensar em ações que visem criar relacionamento entre a marca e o público-alvo. Os consumidores estão nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, etc.), assim as marcas também devem estar nesse ambiente interagindo e impactando seus clientes. O interessante nesse tipo de estratégia é criar um relacionamento entre o cliente e marca.

Marketing viral

É o conjunto de ações de marketing digital que visam criar repercussão para sua mensagem, o chamado buzz ou boca a boca (TORRES, 2010): de uma para milhares ou milhões de pessoas. É uma poderosa ferramenta que permite atingir muitas pessoas na Internet e propagar sua mensagem.

E-mail marketing

É basicamente como o marketing direto, visa estabelecer um contato direto com o consumidor, passando para ele a sua mensagem por meio de um banco de e-mails. A lista pode ser dos clientes que a empresa já possui, dos contatos pessoais ou, até mesmo, uma lista comprada de e-mails segmentados.

Publicidade online

A publicidade online envolve várias mídias e tecnologias como banners, banners interativos, podcasts, vídeos, widgets e jogos online. Além disso, a comercialização, em alguns casos, é muito distribuída e nem sempre você estará pagando pela publicação. Devemos analisar, principalmente, que o público de cada mídia é muito diferente e, nem sempre, bem estabelecido ou fácil de determinar.

Pesquisa online

A grande maioria dos consumidores afirma que pesquisa na internet sobre o produto antes de realizar uma compra (MARTINS, 2015), essas pesquisas são feitas em buscadores como Google, Bing e Yahoo. Analisar e desenvolver ferramentas seguindo os conceitos de S.E.M. (do inglês, Search Engine Marketing) e de S.E.O (do inglês, Search Engine Optimization) auxiliam a melhorar o posicionamento nos buscadores da marca na web.

Mobile Marketing

É cada vez maior o número de dispositivos móveis que acessam a internet. Entende-se por dispositivos móveis os aparelhos eletrônicos móveis, por exemplo, smartphones, notebooks e tablets. Baseado nisso, o profissional da área de marketing digital deve, desde já, preparar-se com ferramentas e estratégias para essas novas plataformas de comunicação.

Monitoramento

Um dos pontos interessantes da internet é que se consegue mensurar exatamente o retorno que uma ação trouxe (cliques, visualizações, compras etc.), para isso, deve-se pensar em ferramentas de monitoramento e mensuração dos resultados.

Para concluir, é importante refletir sobre quantas estratégias podem ser utilizadas no ambiente digital. Muitos profissionais, ao pensar em marketing digital, acabam concentrando seus esforços em redes sociais (Facebook, por exemplo). Porém uma campanha digital deve contemplar: ter um site moderno, estar bem localizado nos buscadores, apresentar conteúdo relevante, trabalhar relacionamento via e-mail marketing, entre outras estratégias de marketing digital que vimos anteriormente.

Pensar em marketing digital é pensar amplo, é planejar sua comunicação e vendas de forma estratégica e não apenas focar em uma ferramenta de uma grande gama de ações que é possível executar graças à Internet e à Tecnologia.

Nós, como profissionais das mais diversas áreas de mercado, também somos consumidores. Compramos produtos, contratamos serviços e consumimos conteúdo pelas mídias, seja pelas tradicionais, seja pela internet.

Você já reparou como as marcas utilizam esses canais para nos impactar com sua comunicação? Se reparar, cada mídia tem um formato, apelo e conversa diferente conosco, mas todas utilizam a comunicação integrada de marketing. Utilizar vários canais para promover sua marca é importante, mas, mais importante que isso, é manter um padrão de comunicação, seja pela cor, argumento ou anúncio. Integrar e manter um padrão em toda a comunicação da empresa são reforçadores necessários nos dias atuais.

Bom trabalho e Grande abraço.
Adm. Rafael José Pôncio

Café com ADM

Café com ADM

#55
Authentic Games: lições de sucesso de um youtuber
Neste episódio, Leandro Vieira conversa com Marco Túlio, criador do canal Authentic Games, um fenômeno do Youtube com mais de 11 milhões de inscritos.
Café com ADM #55 Authentic Games: lições de sucesso de um youtuber
00:00 00:00
Confira outros episódios


Administradores
Administradores

O login deve conter apenas "letras" (minúsculas), "números" e "_". Ele será usado para lhe identificar no seu perfil.

Entre com a sua conta

Administradores
Administradores

Torne-se um Administrador
Premium por apenas
R$ 29,90 mensais

Ou cadastre-se com: