Por que você deve ter uma boa lista de e-mails e como criá-la

Não se iluda: de nada adianta “comprar” um mailing com milhares de endereços se aquelas pessoas não desejam saber o que você tem de novo para mostrar

Marcelo Varon
iStock

Uma pesquisa divulgada pela Return Path indicou que o e-mail marketing é a mídia digital que mais traz retorno sobre o investimento (ROI), sendo, em média, 40,56 dólares de faturamento por dólar investido.

Quando se trata do mercado brasileiro os dados também são animadores: de acordo com a ABEND, 78% das empresas adotam o sistema como ferramenta de marketing em seus negócios e obtém, em média, 10% do seu faturamento a partir dos envios de e-mails.

Eis porque é tão recomendável que você crie uma rotina de e-mail marketing e, mais que isso, tenha seu próprio mailing de clientes que optaram por receber suas mensagens.

Mas em tempos de excesso de dados disponíveis por aí, construir um mailing chega a parecer perda de tempo, não é?! Pois não se iluda: de nada adianta “comprar” um mailing com milhares de endereços se aquelas pessoas não desejam saber o que você tem de novo para mostrar. Elas simplesmente irão deletar sua mensagem sem ler.

Quer ser visto, ouvido e até esperado pelo seu cliente? Construa seu próprio relacionamento com ele, começando por deixar que ele escolha receber ou não seus e-mails. Veja algumas dicas de como estruturar, iniciar e manter seu mailing como fonte de lucros:

Ofereça iscas digitais

Pode ser um e-book gratuito, uma série de vídeos, ou outros conteúdos exclusivos e que tenham a ver com o seu negócio. O que importa é que seja uma oferta irresistível para o seu cliente pensar que, afinal, você deve ser um cara bacana para dar algo tão legal de graça. Assim ele mergulha de cabeça no seu mailing.

p>

Não engane as pessoas

Já que você ganhou um novo assinante – que imagina que você é super bacana e só por isso entrou na sua lista –, não o decepcione e diga a verdade sobre suas intenções. Destaque os benefícios que você propõe para quem faz parte desse seleto grupo de assinantes e não prometa nada que não vá cumprir. Se sua intenção é usar a lista para fazer ofertas e promoções – mesmo que de vez em quando -, vale deixar isso de cara logo de saída.

Promova (mesmo) sua lista

Crie uma página no seu site para contar os benefícios de fazer parte do seu mailing e aproveite para ilustrar com algumas edições bonitas de e-mails passados, que tiveram bons descontos ou conteúdos interessantes.

Conte a todos que a lista existe

Se você tem um blog ou uma comunidade em rede social, prepare teasers da sua newsletter (o ideal é mesclar textos, imagens e botões com links) e publique-os junto ao seu conteúdo. As laterais e o topo do site também são áreas interessantes para incluir caixas de assinatura. Quem se interessar, será enviado diretamente para a página de inscrição.

Seja simples nos formulários
Quanto mais informação você pedir, menos pessoas estarão dispostas a preencher o formulário. Então, seja razoável: além do endereço de e-mail, que outras informações são realmente imprescindíveis?

Pronto para criar uma lista matadora e arrasar no e-mail marketing?

Café com ADM

Café com ADM

#63
Tudo que você precisa saber para cuidar melhor do seu dinheiro
Neste episódio, Leandro Vieira conversa com o planejador financeiro pessoal Rafael Pires sobre como poupar para investir sem cair em armadilhas.
Café com ADM #63 Tudo que você precisa saber para cuidar melhor do seu dinheiro
00:00 00:00
Confira outros episódios


Compartilhar Compartilhar no Facebook
Administradores

Esqueceu a senha? | Cadastre-se

Administradores

O login deve conter apenas "letras" (minúsculas), "números" e "_". Ele será usado para lhe identificar no seu perfil.

Entre com a sua conta

Administradores

Entre com a sua conta

Administradores

Torne-se um Administrador
Premium por apenas
R$ 29,90 mensais

Ou cadastre-se com: