Quanto custa anunciar no Google?

Anunciar no Google não é caro e é perfeitamente viável para o seu negócio. Confira lendo o artigo!

Márcio Maganha

Anunciar no Google é uma estratégia muito importante para qualquer empreendedor virtual. Afinal, essa plataforma é hoje o maior buscador do planeta, então ter o seu público alvo te encontrando nela é verdadeiramente uma mão na roda!

A questão é que muita gente entende que isso pode ser caro demais e, portanto, inacessível para a maioria dos empreendedores. Talvez você seja uma dessas pessoas, inclusive.

Se for o caso, esse artigo foi feito para você. A seguir vou falar sobre quanto custa anunciar no Google e se isso é viável ou não para o seu negócio. Essas perguntas vêm rondando a sua mente? Vou te ajudar a responde-las! Vem conferir!

Antes de saber o custo de anunciar no Google, é preciso entender algumas coisas...

Você sabe o que é leilão de palavras-chave?

Talvez você não faça a menor ideia do significado dessa expressão, mas é importante ter uma compreensão do que ela quer dizer antes mesmo de saber mais sobre os custos de se anunciar no Google.

O leilão de palavras-chave promovido pelo Google acontece para decidir quais são os anúncios que vão ser exibido em cada pesquisa que é feita, e em que ordem eles aparecerã

o.

Como isso funciona? Simples: a partir da pesquisa o sistema do Google AdWords vê todos os anúncios que tem as palavras-chave que estão sendo buscadas. Se o anúncio foi reprovado ou é segmentado (por exemplo, só aparece para usuários de determinadas áreas) eles são excluídos.

A partir desse momento só os anúncios com classificações elevadas podem ser exibidos. Como essa classificação acontece? Desse modo: é medida a qualidade do anúncio e o impacto que a sua exibição pode causar, junto com o lance, que é basicamente o valor máximo da oferta e, portanto, o quanto o anunciante se dispõe a pagar por cada clique que receber!

Isso significa que só quem gasta muito aparece nas buscas? Não. Se você desenvolve anúncios de alta qualidade e com palavras-chave relevantes tende a ocupar uma posição na lista, mais cedo ou mais tarde. Vale dizer também que os resultados mudam, então mesmo que você faça uma mesma busca com mesmas palavras-chave a tendência é que o Google te apresente novos anúncios.

Como funciona a cobrança do Google?

Para anunciar no Google você escolhe como será feita a cobrança do seu anúncio. Pode ser pela quantidade de vezes que ele é clicado ou pela quantidade de vezes que o anúncio é exibido (essa opção é somente para a Rede de Display).

Sendo assim, o Google só recebe algum valor seu caso o anúncio apareça na página de busca ou nas redes de sites dele, ou se ele for clicado, e tudo isso depende da sua escolha quando for fazer a campanha.

Qual escolher? Bem, de modo geral o custo por clique se mostra mais assertivo, justamente pelos seus anúncios aparecerem no próprio Google. Tendo isso em mente abaixo vem a explicação de como seria o custo por clique.

Como funciona o custo por clique?

Como já explicado, o custo por clique real ocorre quando o seu anúncio recebe um clique. Ele funciona assim: são combinadas questões relacionadas ao índice de qualidade, que diz qual a taxa de cliques esperada, a relevância do anúncio e a que página ele leva), o lance máximo oferecido por clique pelo anunciante e o impacto esperado com os anúncios.

Para os anúncios que aparecem como primeira resposta às buscas a classificação é maior do que a que têm os anúncios que aparecem mais abaixo, por exemplo.
Sendo assim, a cobrança no primeiro caso seria maior do que no segundo, porque o posicionamento do anúncio faz toda a diferença para o público que o recebe, e assim o Google entende também.

Existe um custo mínimo para anunciar?

Na verdade não. Muitas pessoas têm esse questionamento, mas o que ocorre é que não há um valor mínimo para você fazer uma campanha no Google, de fato.
O ideal é sempre criar uma campanha que caiba no seu orçamento. A exigência que existe é que no caso de pagamentos com boleto o mínimo de créditos comprados seja de R$ 40, mas depois disso cabe a você determinar como será a distribuição desses valores em questão.

Obviamente, o valor do lance (ou seja, do que o anunciante investe na campanha) interfere no seu posicionamento a partir das buscas do seu público alvo, como já explicamos anteriormente.

Vale entender que a qualidade do anúncio também é relevante para o seu posicionamento, como já expliquei anteriormente. Fazendo uma oferta menor por cada clique você teoricamente não apareceria facilmente após uma busca, mas a relevância do que está sendo anunciado (e como isso está sendo anunciado) também faz diferença para as medições do maior buscador do mundo!

Anunciar no Google é possível para todo mundo?

Sim! Podemos dizer que anunciar no Google é uma possibilidade acessível para a maioria dos empreendedores, especialmente porque você que determina como vai se dar a cobrança e você também define qual o valor está disposto a reservar para as campanhas.

Sendo assim, dá para criar anúncios que para serem veiculados vão exigir de você um orçamento que você já conhece, pelo qual você pode pegar e que está preparado para pagar, também.

Sendo assim, não haverá nenhuma surpresa desagradável, que te fará ficar desesperado com a fatura do cartão. Todos os movimentos que ocorrem são mostrados nas métricas do Google AdWords, para que os anunciantes estejam cientes do que está acontecendo e não passem por situações incômodas desnecessariamente.

Não é por acaso que hoje o Google é o maior buscador do planeta. Muito dessa fama se consolidou por tratar bem os seus anunciantes e respeitar as suas necessidades, o valor por eles investidos e considerar todas as variáveis importantes envolvidas, sem trata-lo como um reles consumidor, como muitas empresas na internet sempre fizeram e continuam a fazer, vale salientar!

Portanto, se você quer anunciar no Google saiba que isso pode caber no seu bolso, ainda que você seja um empreendedor iniciante. Basta se organizar minimamente e analisar os seus desejos com esse anúncio, estudar um pouco sobre o assunto para depois caminhar nessa direção, porque desse modo você e o seu negócio só vão lucrar!

Café com ADM

Café com ADM

#63
Tudo que você precisa saber para cuidar melhor do seu dinheiro
Neste episódio, Leandro Vieira conversa com o planejador financeiro pessoal Rafael Pires sobre como poupar para investir sem cair em armadilhas.
Café com ADM #63 Tudo que você precisa saber para cuidar melhor do seu dinheiro
00:00 00:00
Confira outros episódios


Administradores
Administradores

O login deve conter apenas "letras" (minúsculas), "números" e "_". Ele será usado para lhe identificar no seu perfil.

Entre com a sua conta

Administradores
Administradores

Torne-se um Administrador
Premium por apenas
R$ 29,90 mensais

Ou cadastre-se com: