Cerveja artesanal, um mercado em expansão no Brasil

Já imaginou beber uma cerveja diferente, mais encorpada e com sabor marcante? E você já pensou em fabricar a sua própria cerveja?

Bruna Lopes Valente

O Craft-Brewing como é chamado nos Estados Unidos ou, o segmento de cerveja artesanal vem ganhando cada vez mais adeptos aqui no Brasil e vem se mostrando um mercado promissor.

Nos últimos anos, a produção de cerveja artesanal cresceu consideravelmente no Brasil. Esse aumento considerável ocorreu por diversos fatores como hobby, curiosidade e até mesmo uma oportunidade de novo negócio.

Tal mercado tem se tornando bastante competitivo. É cada vez maior o número de novos consumidores, fabricantes, restaurantes e bares que buscam o prazer da cerveja artesanal.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) as chamadas cervejas especiais que incluem as artesanais, as importadas e as industriais de categoria Premium, ocupam hoje 5% do mercado e têm previsão de dobrar o número de vendas nos próximos cinco an

os.

Vender cerveja no Brasil tem sido um bom negócio nos últimos anos mesmo com a alta carga tributário que chega em torno de 60% do valor do produto. O brasileiro consome cercas de 70 litros da bebido por ano.

Com produção de 13,4 bilhões de litros/ano (dados de 2013 - Sistema de Controle de Produção de Bebidas da Receita Federal), o Brasil é o terceiro maior consumidor de cerveja, ficando atrás da EUA (23,6 bilhões de litros/ano e CHINA (35 bilhões de litros/ano). Com o passar dos anos os números só aumentam. Em 2013 havia 200 microcervejarias e a expectativa de crescimento para os próximos 10 anos, é de aumento de 2% do mercado total.

Enquanto o mercado de cervejas mainstream (que envolve as marcas mais populares) tem caído nos últimos anos (1,8% em 2016 - até outubro - em relação a 2015, e 2% em 2015 em relação a 2014), o mercado das cervejas artesanais e especiais vem em um sentido oposto No nicho de cervejas especiais, em 2013 a porcentagem que esse mercado ocupava era de 10% do mercado. De acordo com a projeção realizada pela Brain Beer Consultoria e Sindicerv (Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja), em 2020, o mercado será

de 20%.

Em 2014, eram 300 microcervejarias no Brasil movimentando cerca de R$ 2 bilhões ao segundo a Sindicerv e ocupando o ranking de 17º lugar no mundo. O Brasil fechou 2015 com 372 cervejarias artesanais no país, com crescimento de 17% em relação a 2014.

Além disso, nos últimos anos a taxa de crescimento vem acima de 50 novas cervejarias artesanais por ano, o que representa em média uma nova cervejaria por semana. A aposta é de que o número chegue a pelo menos 500 cervejarias artesanais até o final de 2017.

Quem consome cerveja artesanal observa diversos fatores na hora da escolha de uma cerveja como qualidade, estilo, preço, indicação, entre outros. Os maiores consumidores ainda são os homens e a faixa etária de consumo está entre os 25 e 31 anos, porém atinge um público de todas as idades.

Uma análise realizada pelo SEBRAE em 2015 mostrou que cerca de 12 % do público que consome cerveja artesanal é de mulheres, enquanto o público masculino representa 88%. Geralmente são pessoas com alta interação em mídias social e cerca de 69% delas possuem nível superior. Cerca de 69% gastam entre R$ 11,00 e R$ 20,00 em cervejas enquanto 47% investem entre R$ 100,00 e R$ 150,00 em cervejas especiais.

O ideal para quem fabrica cerveja artesanal é não se preocupar em competir com as grandes empresas, mas sim, fazer uma produção em pequena escala, porém, produzir produtos diferenciados, de qualidade e alto valor agregado.

Café com ADM

Café com ADM

#54
Um panorama da Administração no Brasil
Neste episódio, Leandro Vieira conversa com Wagner Siqueira, presidente do Conselho Federal de Administração.
Café com ADM #54 Um panorama da Administração no Brasil
00:00 00:00
Confira outros episódios


Administradores
Administradores

O login deve conter apenas "letras" (minúsculas), "números" e "_". Ele será usado para lhe identificar no seu perfil.

Entre com a sua conta

Administradores
Administradores

Torne-se um Administrador
Premium por apenas
R$ 29,90 mensais

Ou cadastre-se com: