Como o Magazine Luiza poderia ter deixado ainda melhor o melhor comercial que já fez na vida

Marca tem conseguido como poucas se integrar à dinâmica digital

Ramón Hernandez Santillana

Antes que digam que só quero fazer mimimi e tretar contra um comercial que ficou muito bom, quero dizer que reconheço: a sacada foi ótima. A execução foi sensacional. Os resultados estão sendo maravilhosos. E o que vou dizer não põe abaixo tudo de positivo que os responsáveis por essa ação conseguiram. Mas não posso deixar de observar que o vídeo que se propõe a trazer todos os memes do mundo de uma vez esqueceu de trazer o próprio meme da marca.

A "sarrada no ar" do Emerson "Jamaica", vendedor do Magazine Luiza de Três Corações/MG foi um sucesso. Um viral que trouxe um share positivíssimo para a rede e desencadeou a enxurrada de outros vídeos similares em outras unidades (inclusive, nem sei se essa repercussão foi orgânica ou se motivada pela própria companhia). Mas o cara ficou de fora do vídeo. Teve lá alguém fazendo seu papel. Mas sua presença teria agregado uma força a mais.

Para quem não lembra, Emerson é o vendedor que resolveu comandar com colegas de loja uma série de vídeos com paródias, para atrair visitantes à unidade em que trabalha. E o resultado foi fenomenal.

Em junho, trouxemos aqui no Administradores.com uma entrevista do nosso colunista Leandro Branquinho com ele. Veja abaixo:

O viral de "todos os memes"

Essa turma - quem teve a ideia e quem executou - merece uma promoção ou pelo menos um bônus muito legal neste mês. Mas Emerson "Jamaica" merecia pelo menos um obrigado no vídeo porque, afinal, foi com ele que tudo começou. Entendam só: no último dia 6/09, o youtuber Felipe Neto soltou um vídeo em seu canal dizendo que o Magazine Luiza o havia convidado a produzir um episódio reagindo aos vídeos feitos pelos vendedores da rede. No conteúdo, ao fim, ele desafiou Luiza Trajano, a dona da rede, a protagonizar ela mesma um vídeo similar.

Luiza topou e foi além: fez uma superprodução em plano sequência, com a proposta magalomaníaca de, além de estar ela mesma no vídeo, incluir referências a zilhões de outros memes famosos. Tudo isso articulado com o Sensacionalista, que soltou em sua página no Facebook a íntegra da produção (e acho difícil não ter sido uma ação publicitária paga, tal qual a proposição do desafio por Felipe Neto com a hashtag #AceitaLuiza, que viralizou rapidamente também).

Vejam bem: o fato de não ter sido um viral orgânico não desmerece a ação. Pelo contrário: houve aí um planejamento e uma execução impecáveis, para conseguir viralizar via budget algo tão genuíno.

Enfim, acabo aqui minha análise desse caso com a seguinte conclusão: foi lindo. Mas faltou o Jamaica. Fica a dica pro pessoal: ainda dá tempo de corrigir a injustiça e, com isso, gerar ainda mais share e resultados. =)

Gostou do texto? Me segue lá no Instagram para acompanhar outras postagens.

Café com ADM

Café com ADM

#55
Authentic Games: lições de sucesso de um youtuber
Neste episódio, Leandro Vieira conversa com Marco Túlio, criador do canal Authentic Games, um fenômeno do Youtube com mais de 11 milhões de inscritos.
Café com ADM #55 Authentic Games: lições de sucesso de um youtuber
00:00 00:00
Confira outros episódios


Administradores
Administradores

O login deve conter apenas "letras" (minúsculas), "números" e "_". Ele será usado para lhe identificar no seu perfil.

Entre com a sua conta

Administradores
Administradores

Torne-se um Administrador
Premium por apenas
R$ 29,90 mensais

Ou cadastre-se com: