Gestão financeira em alta

Carreira continua promissora e a Certificação Profissional faz toda diferença para quem quer se destacar na área

CFA - Conselho Federal de Administração,
CFA

O início do ano é uma ótima oportunidade para quem quer começar uma nova etapa na vida profissional. O momento é ideal para buscar novas oportunidades de trabalho, dar um up grade no currículo ou, quem sabe, até mudar de carreira. Segundo levantamento elaborado pelas consultorias Michael Page, Page Personnel e Page Executive, profissionais inovadores, digitais, que saibam operar de forma integrada com outras áreas da empresa e capazes de sugerir novos caminhos são as características exigidas entre as posições que estarão em alta em 2018.

Uma dessas carreiras é a de Chief Financial Officer (CFOs). Em outras palavras, é o gestor financeiro da empresa. Para trabalhar na área, é preciso ser graduado em Administração e, de preferência, possuir uma especialização no setor. De acordo com a pesquisa da Michael Page, Page Personnel e Page Executive, esse profissional ganhou destaque no ano passado pois, devido a crise político-econômica que o país vive, muitas empresas brasileiras estavam focadas em reestruturar suas dívidas e reduzir custos. Foi um momento, ainda, em que os CFOs tornaram-se fortes candidatos a se tornarem CEOs das empresas.

Imprescindível para que as pequenas e grandes empresas consigam administrar seu dinheiro e manter suas contas no azul, o gestor financeiro é uma carreira que continuará em voga nos próximos anos. Para atestar a qualidade deste profissional, o Conselho Federal de Administração (CFA), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), oferece o Programa de Certificação Profissional em Administração do Sistema CFA/CRAs.

A proposta do Programa é distinguir profissionais de Administração regularmente inscritos em Conselho Regional de Administração, mediante comprovação de suas competências nos campos da Administração por meio da aplicação de prova. Várias áreas da Administração serão certificadas, entre elas o da Administração Financeira. Para o professor da FGV, Luiz Guilherme Tinoco Aboim Costa, a certificação do CFA tem por objetivo avaliar as questões conceituais e práticas desse mundo financeiro. “Eu diria que administrar pode ser resumido em tomar decisões. O papel do gestor então é decidir”, diz.

Em questão de finanças, o professor explica que existem decisões relacionadas aos investimentos decisões ligadas ao financiamento. “Com relação ao primeiro caso, todo cuidado é pouco nessa hora pois a decisão de investimento é, com certeza, a mais estratégica e importante da companhia. Isso porque o investimento bem feito pode representar o sucesso da empresa, já o investimento mal feito pode resultar no fracasso ou no fechamento da empresa”, comenta Luiz Guilherme.

Com relação às decisões de financiamento, cabe ao gestor analisar se é melhor a empresa se financiar com capital próprio ou com capital de terceiros. Nessa situação, o melhor seria contar com um mixer de financiamento que busque minimizar o custo médio ponderado de capital. Por um lado, a empresa visa maximizar taxa de retorno do ativo operacional e por outro lado minimizar o custo de capital da empresa. Para o professor, “isso faz com que a empresa atinja o seu principal objetivo, que é aumentar o valor da empresa para os seus acionistas. Em paralelo, tem uma preocupação permanente também com a questão do equilíbrio financeiro, aí entra a importância do fluxo de caixa”.

A Certificação irá avaliar o profissional de Administração nesses e em outros aspectos ligados à área financeira como conhecimento de temas relativos à contabilidade financeira, a matemática financeira, gestão do capital de giro, análise de projetos inclusive avaliação de empresas. “Portanto, o profissional de Administração certificado em Finanças estará apto a atuar tanto em empresas pequenas, médias ou grandes, dentro ou fora delas”, esclarece o especialista.

Inscrições – O interessado em obter a certificação deverá acessar o site e realizar a inscrição observando os requisitos estabelecidos no Edital e no Regulamento da Certificação. As inscrições podem ser feitas no site www.certificacao.cfa.org.br. As provas serão elaboradas e aplicadas em polos/unidades da FGV espalhadas por todo o país.

A Certificação Profissional em Administração do Sistema CFA/CRAs terá validade de quatro anos. Após esse período, o profissional solicita a recertificação e passará por uma outra prova. “Esta condição proporcionará um processo de aperfeiçoamento contínuo, caracterizando ciclos evolutivos da capacitação profissional, em consonância com a premissa anterior de educação continuada”, garante o diretor de Formação Profissional do CFA, Adm. Mauro Kreuz.