Mais comentada

Gestores se preocupam mais com ações administrativas do que com planejamento

Pelos dados da pesquisa, as ações administrativas de RH demandam 36% do tempo do gestor, quando o indicado seria de 26%

Infomoney,

Um levantamento realizado pela Focus Market Research revelou que os gestores de pessoas dedicam mais tempo do seu dia com as ações administrativas de RH (Recursos Humanos) do que com outras que seriam mais importantes.

Pelos dados da pesquisa, as ações administrativas de RH, como pagamento de salário, folha de ponto, rescisão de contrato, pagamento de hora extra, entre outras, demandam 36% do tempo do gestor, quando o indicado seria de 26%, 10 pontos percentuais a menos.

Para o proprietário da Humanus, Evaldo Burcoski, isso acontece porque muitas empresas não investem em tecnologia que poderiam ajudar a reduzir este tempo, seja por falta de conhecimento, seja por falta de cultura em inovação.

“Se você perguntar para um profissional do departamento financeiro sobre o fluxo de caixa, provavelmente ele saberá passar as informações necessárias para a empresa. Já o RH não sabe sobre o seu banco de talentos”.

Gerenciamento do tempo

Para o especialista, com tempo distribuído de maneira melhor, os gestores poderiam se dedicar mais ao gerenciamento de desempenho, planejamento de força de trabalho, treinamento e desenvolvimento e comunicação com os colaboradores. Com isso, todos seriam beneficiados, inclusive os profissionais da empresa.

“Se o RH não estivesse tão envolvido com as ações rotineiras e burocráticas, ele conseguiria pensar em ações que acabam valorizando e capacitando seus profissionais. Isso cria um ambiente agradável e a pessoa pensa duas vezes antes de sair”.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

Tags: administração gestão pesquisa planejamento