Mais comentada

Medo de listar seu ex-chefe nas referências? Saiba o que fazer

Geralmente, ex-chefes são as referências mais procuradas por empregadores. Você citaria o seu na entrevista de emprego? Se não, saiba o que fazer

Infomoney,

Se você não teve uma boa convivência com seu antigo chefe, colocá-lo como referência de trabalho pode ser uma decisão delicada. "É especialmente complicado porque, geralmente, ex-chefes são as referências mais procuradas por empregadores”, revela o presidente da empresa Posti & Associates, Chris Posti.

Ele ainda afirma que, se você não dar seu ex-chefe como uma referência, vai causar uma desconfiança no recrutador, ao menos se não der uma explicação bem convincente. Levando em conta a importância da etapa em um processo seletivo, é ainda mais difícil dar qualquer passo sobre o assunto.

Se você não tem certeza se deve listar o ex-superior entre suas referências, o site CareerBuilder reuniu especialistas para discutir o assunto.

Confira

Conhecendo a política da empresa em que trabalhou, você pode saber se ela dá importância as referências ou não. Às vezes, os superiores falam sobre o tempo em que você trabalhou, quais funções realizava, mas não cita sua qualidade como profissional, explica a gerente de operações da Attorney Resource Inc., Ann Dunkin. “Por outro lado, se você já ouviu o seu ex-chefe dar uma referência negativa, é definitivamente uma boa ideia riscá-lo da lista”.

Tenha uma conversa final

Mesmo que não seja “cara a cara”, falar com seu ex-patrão antes de colocá-lo entre as referências pode esclarecer essa questão. "Comece a conversa dizendo que você entende os desacordos entre ambos, mas não era pessoal, apenas objetivava o melhor para a empresa”, disse Posti. Ele afirma que uma conversa final pode aumentar os pontos com o gestor e que o fato de vocês não terem uma boa relação não significa que esteja despreparado para o futuro cargo. “Lembre-se: mesmo se você não teve um bom desempenho no emprego antigo, você ainda tem outra oportunidade de mostrar sua capacidade”.

Encontre um substituto

Algumas empresas exigem as referências de seu último empregador. Mas, até mesmo aquelas que não peçam essa informação, ter alguém que possa fornecer panoramas sobre o seu trabalho cria uma sensação de transparência entre o profissional e o recrutador. Isso aumenta suas chances, em relação aos concorrentes.

Para Dunkin, você pode contornar a situação, caso seu ex-gestor não tenha as melhores impressões sobre você. Como? Pedindo aos outros gestores da empresa, que tenham maior proximidade. “Verifique se há alguém que possa falar bem sobre o seu trabalho. Talvez eles estejam dispostos a serem suas referências”.

Forneça outras referências importantes

Se você realmente não pode usar o seu chefe como uma referência ou algum dos superiores da empresa anterior, saiba que outras referências têm o mesmo valor e que podem indicar você como um ótimo candidato. “Coloque outras referências notáveis, tanto que o recrutador nem sentirá falta do seu último ex-chefe”, sugere Posti.

Já que a maioria das empresas pede duas ou três referências, esta solução simples pode ajudá-lo a driblar algumas pedras no caminho e esquecer - de vez - seu gerente anterior.



Tags: chefe currículo referências

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração