Mais comentada

São Paulo tem segunda maior média no GMAT entre 8 capitais latinas

Exame de Admissão para Graduados em Administração (GMAT, na sigla em inglês) é um teste obrigatório na maior parte dos processos seletivos para programas de MBA do mundo inteiro

Redação, Administradores.com,
iStockphoto

Estudantes de MBAs naturais de São Paulo têm a segunda maior média entre oito capitais metropolitanas da América Latina analisadas pelo The MBA Tour. A capital paulista apresentou uma média de 672 pontos, atrás apenas de Buenos Aires (Argentina), com 678. Em seguida, vêm Santiago (Chile), com 672 pontos e Rio de Janeiro, com uma média de 658 pontos.

O levantamento foi realizado nas cidades que receberam o evento em agosto de 2017 – Buenos Aires, Lima, Bogotá, Cidade do México, Rio de Janeiro, São Paulo, Santiago e Panama City.

O Exame de Admissão para Graduados em Administração (GMAT, na sigla em inglês) é um teste obrigatório na maior parte dos processos seletivos para programas de MBA do mundo inteiro, avaliando o pensamento lógico e o domínio de conceitos matemáticos e e a fluência do candidato no idioma inglês. Apesar de apenas uma boa nota na prova não garantir o ingresso no curso – que também depende de um bom histórico profissional, recomendações sólidas e um perfil alinhado ao da instituição –, é importante pontuar bem para que o currículo chegue a ser considerado pelos recrutadores. 

O The MBA Tour também constatou que as universidades mais buscadas pelos candidatos de São Paulo são Columbia, Stanford, Harvard, UCLA e IE. Confira a média do GMAT de algumas dessas instituições em 2017, segundo o The Economist:

Stanford University – Graduate School of Business 737

Harvard Business School 729

Columbia Business School 718

UCLA – UCLA Anderson School of Management 715