Vai comemorar aniversário na empresa? Saiba o que não fazer!

Melhor horário para realizar a festa é no final do expediente ou no começo dele, com um café da manhã

Infomoney,

Para festejar o aniversário do colaborador, muitas empresas realizam internamente uma comemoração, com bolo e refrigerante. Em alguns lugares, a festa também é organizada pelos próprios colegas. 

 

Apesar de ser um momento de descontração e alegria, o profissional não pode esquecer que ele está festejando em seu horário de trabalho e principalmente dentro da empresa. Para auxiliar o aniversariante, a consultora de etiqueta corporativa, Renata Mello, apontou o que não é permitido fazer nesta situação.

 

“Não pode subir na cadeira, se comportar como se estivesse em um barzinho. Se a comemoração for só no setor que a empresa trabalha, não pode convidar pessoas de outro departamento. Os profissionais têm de lembrar que têm outras pessoas trabalhando, por isso, nada de gritaria”, aconselha.

 

Sobre o melhor horário para realizar a comemoração, a especialista aconselha o final do expediente e o primeiro horário do dia, quando pode ser realizado um café da manhã.

 

Bolo e decoração


Sobre o bolo, Renata afirma que é indelicado escolher o sabor, indiferentemente se ele for comprado pela empresa ou pelos colegas. Caso a pessoa queira que a comemoração tenha mais itens, como bexigas e outros petiscos e refrigerantes, ela não deve exigir da empresa, mas comprar com o seu dinheiro.

 

Depois de cantar o parabéns, não é aconselhável cantar músicas que possam constranger outras pessoas, como a famosa letra “Com quem será?”. No momento de cortar o bolo, o aniversariante deve ficar com o primeiro pedaço, para evitar comentários que apontem que ele é “puxa-saco”.

 

Sobre o discurso, que muitas vezes é pedido ao aniversariante, a especialista indica: “Fugir é pior. Mas a pessoa tem de evitar se emocionar, chorar, ser sentimental demais. O melhor é agradecer, sem muito drama”.

No momento de comer, é fundamental que o colaborador lembre que mais pessoas irão comer, por isso, nada de repetir várias vezes até se sentir satisfeito. “Não é para sair atacando. Não é para substituir o jantar”, lembra Renata. Além disso, não é correto levar um pedaço de bolo ou outros quitutes para casa.

 

A especialista aconselha ainda que, caso a festa tenha outras pessoas que fazem aniversário naquele mês, o aniversariante não pode achar que a festa é só para ele.

 

Presente


Em relação ao presente, o colaborador não pode escolher o que quer ganhar, além de não abri-lo na frente dos colegas. O pacote só não pode ser aberto, se quem deu o presente pedir para a pessoa abrir em particular. “Às vezes, a pessoa pode ganhar um biquíni e ficar sem graça em abrir”.

 

Indiferentemente de ter gostado ou não do que ganhou, o profissional tem de fazer uma cara de surpresa e felicidade. Caso o presente seja repetido, ele não pode dizer e muito menos repassar aos outros colegas. Além disso, a pessoa tem de levar o presente para casa, nunca deixá-lo no escritório, se não for para usá-lo lá.

 

Não existe uma obrigatoriedade em retribuir o presente, caso o colega tenha presenteado no dia do seu aniversário. Entretanto, Renata explica, dar presente a quem o presenteou é “muito simpático”. Segundo ela, não precisa ser do mesmo valor, mas algo que irá agradar o aniversariante.

 

Caso a pessoa for comemorar fora da empresa, ela não precisa convidar todos os colegas, mas uma dica é que encaminhe um e-mail em cópia às pessoas que foram convidadas, assim evitará gafes e um clima desconfortável entre os colegas.

Curta o Administradores.com no Facebook
Acompanhe o Administradores no Twitter
Receba Grátis a Newsletter do Administradores

Tags: aniversário comportamento empresa horário