Acervo técnico: avaliação indispensável ao atual momento das empresas

O Acervo Técnico traduz a capacidade técnica operacional da empresa e habilita ela a participar de uma grande quantidade de processos licitatórios ou de cotações de grandes obras e serviços privados

Luciano Blessmann, Administradores.com,

Empresas de engenharia, construtoras ou prestadoras de serviços de grande porte, caracterizadas por uma vasta expertise em vultosas obras e serviços de grande complexidade, têm como um de seus maiores ativos, o ativo intangível. Ou seja, histórico de obras e de serviços que resulta no seu Acervo Técnico.

O Acervo Técnico traduz a capacidade técnica operacional da empresa e habilita ela a participar de uma grande quantidade de processos licitatórios ou de cotações de grandes obras e serviços privados, onde são exigidas das participantes a demonstração de que possuem capacitação para a execução de determinada demanda. Isto implica, por conseguinte, na capacidade de gerar resultados e gerar valor agregado ao negócio.

Conforme definido pelo Confea, o Acervo Técnico de uma pessoa jurídica é representado pelos profissionais do seu quadro e de seus consultores que atuaram nas respectivas obras e serviços, anotando responsabilidade técnica pelas mesmas. As empresas, em caso de êxito na conclusão das obras e serviços, obtêm junto aos seus contratantes os atestados de capacidade técnica que são os documentos comprovatórios à prestação de serviços e execução de obras a contento do ponto de vista técnico. Referidos atestados técnicos são referendados (vistados) pelos respectivos CREAs e habilitam, então, as empresas a participarem de licitações públicas ou privadas.

Observo que no atual cenário econômico recessivo, novas obras e serviços foram adiados e aqueles em andamento pararam. Isso devido à séria escassez de recursos. Não há investimentos, as empresas estão seriamente abaladas e muitas, inclusive, se viram em situação de falimentar ou pré-falimentar, foram forçadas a encerrar as suas atividades ou tiveram de enfrentar duros processos de recuperação judicial ou, ainda, buscaram uma reestruturação societária com fusões, cisões ou incorporações. Nesse conturbado ambiente acresceu a importância do ativo intangível Acervo Técnico, talvez o principal e mais valorizado ativo destas empresas.

Luciano Blessmann, engenheiro e diretor da Lautec Engenharia