Mais comentada

Como 9 mil celulares sumiram da fábrica da Samsung na Coreia do Sul

O prejuízo foi de quase US$ 711 mil

Redação, Administradores.com,

Um funcionário da Samsung foi preso nesta semana após a empresa descobrir o roubo de US$ 711 mil em produtos ao longo de dois anos. De acordo com o The Investor, o funcionário é portador de deficiência física e precisava de uma cadeira de rodas para se locomover. Com isso, ele era dispensado do teste de detector de metais — a qual todos os funcionários são obrigados a fazer na saída da empresa. Assim, Lee escondia smartphones em suas roupas e podia sair da unidade sem qualquer preocupação.

Lee era funcionário da empresa desde 2010. Segundo ele, os roubos eram feitos para obter dinheiro para o pagamento de uma dívida com jogos de azar, no valor aproximado de US$ 800 mil.

O golpe foi aplicado entre dezembro de 2014 e novembro de 2016, quando a Samsung desconfiou do esquema após encontrar aparelhos destinados a desenvolvedores sendo vendidos no Vietnã. A partir disso, a empresa começou a investigar de onde estavam vindo os aparelhos exclusivos para desenvolvimento, quando suspeitou do funcionário, que admitiu o esquema.

Segundo a Samsung, foram roubados cerca de 8.747 smartphones da unidade de Suwon.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração