Iraniano que trocou islã pelo cristianismo pode já ter sido executado

Pastor evangélico, Youcef Nadarkhani foi condenado à morte pelo governo do Irã por apostasia (troca de religião), que no país é crime

Redação, www.administradores.com.br,
Facebook
Youcef Nadarkhani

Com uma suposta condenação definitiva à morte expedida pelo governo de seu país por ter se convertido ao cristianismo, o iraniano Youcef Nadarkhani pode já ter sido executado, acreditam representantes do American Center for Law and Justice. Com a sentença publicada oficialmente, o paradeiro do pastor evangélico – que se encontrava detido – é incerto e, com a execução autorizada, a qualquer momento a determinação pode ser cumprida.

A informação de que a condenação definitiva foi publicada é do American Center for Law and Justice e foi corroborada pela Casa Branca, que divulgou uma nota de repúdio à sentença. Segundo o Huffington Post, entretanto, a Human Rights Watch e a Anistia Internacional não puderam confirmar a veracidade da informação, devido ao fato documentos sobre condenações desse tipo não serem públicos no Irã.

Segundo a Anistia Internacional, Youcef Nadarkhani é cristão desde os 19 anos e nunca chegou a praticar o islamismo, embora seja filho de pais mulçumanos.

Em setembro de 2010, a Suprema Corte do Irã deu a Nadarkhani a possibilidade de refutar sua crença cristã e voltar ao islamismo. O pastor, entretanto, não aceitou. 



Tags: irã Youcef Nadarkhani

Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração