Mulher pede folga para cuidar da saúde mental e CEO a surpreende

A história de Madalyn Parker, tornou-se conhecida por milhares de pessoas através de uma rede social

José Roberto Marques, Administradores.com,
Reprodução/Twitter

Sintomas como cansaço, fadiga, mau humor, estresse, dores de estômago, dores de cabeça e sono excessivo, podem ser um sinal de que seu corpo e sua mente precisam de um descanso. Talvez, essa seja a hora de você parar e pensar um pouco mais na sua saúde, no seu bem-estar, e principalmente na sua saúde mental!

O assunto desse artigo é saúde mental, se você ainda não entende o que está interligado a sua saúde mental, acompanhe e veja como pode ser interessante falar sobre essa questão que muitas vezes passa despercebida por conta da rotina das pessoas. Nesse sentido, ficar atento aos sinais que o corpo e a mente nos dão, é fundamental para continuar a longa jornada que nos pertence. Se inspire no relato que selecionei para você, e depois veja alguns cuidados necessários que uma pessoa deve ter em relação a sua saúde mental.

Recentemente, a história de Madalyn Parker, tornou-se conhecida por milhares de pessoas através de uma rede social. Madalyn é desenvolvedora online de uma empresa muito bem-conceituada, e em um determinado momento da sua jornada de trabalho, se deu conta do quanto estava precisando de um descanso; um descanso que não só servia para o seu corpo, mas também para sua mente.

Foi nesse momento que Madalyn encaminhou um e-mail aos colegas de trabalho, informando que se ausentaria do trabalho por dois dias, para que ela pudesse cuidar da sua saúde mental. Essa ação assemelhasse a uma ação inusitada para você? Espere só até você saber sobre a reação e resposta do CEO da empresa!

Como resposta ao e-mail informativo de Madalyn, o CEO da empresa em que ela trabalha enviou o seguinte e-mail:

“Oi, Madalyn. Eu gostaria de te agradecer pessoalmente por mandar um e-mail como este. Toda vez que você o faz, eu o uso como lembrete da importância de usar dias de folga também para a saúde mental. Eu não acredito que isso não seja uma prática comum em todas as organizações”“.

O CEO ainda finaliza com a seguinte frase: “Você é um exemplo para todos nós, ajudando a cortar o estigma para que seja possível para todos nós darmos 100% no trabalho”.

A repercussão na internet foi muito maior por conta da resposta do CEO, do que pelo e-mail de Madalyn, o que mostra que muitas empresas e líderes ainda não entendem e aceitam que os colaboradores precisam desse “time” para descansar a mente e o corpo.

No dia a dia, a cobrança no trabalho, o excesso de tarefas e afazeres, a pressão por cumprimento de prazo, as más condições de trabalho, a falta de reconhecimento, a pressão por resultado e outros, são alguns fatores que influenciam para que todos os sintomas que citamos no início do artigo, surjam cada vez mais, e ainda mais forte, resultando em um grande estresse e em uma péssima saúde mental.

Diante dessas questões, e depois de analisar o que de fato acarreta a exaustão mental, fica a dúvida: o que fazer para manter a sua saúde mental verdadeiramente saudável? Segue algumas dicas:

Autoconhecimento

O autoconhecimento é basicamente se conhecer, conhecer suas habilidades e seus limites. Quando nos conhecemos melhor e aprendemos a lidar melhor com as circunstâncias do dia-a-dia, notamos o quanto podemos crescer e evoluir como pessoas e profissionais. O autoconhecimento é muito importante para que possamos ser mais flexíveis, além de entender melhor como alocar certos objetivos e também para aprendermos a lidar com as frustrações que inevitavelmente surgem ao longo do tempo.

Equilíbrio de Produtividade

Trabalhar em excesso não é algo positivo nem mesmo para os líderes e gestores mais bem-sucedidos do planeta. Tirar um tempo de descanso e curtir o tempo lazer com a família e amigos, com certeza é uma das ações mais positivas para se manter a saúde mental.

Gestão do Tempo

Ainda na intenção de manter o equilíbrio entre trabalho e as demais atividades, é interessante que as pessoas tenham um controle em relação a tudo que precisam fazer durante um dia ou até mesmo durante a semana. Isso é de extrema importância para que haja um planejamento, afinal, é através desse planejamento que será possível evitar alguns dos sintomas que mencionamos anteriormente, como: estresse, dores de cabeça, dores no estômago, cansaço

Saúde Física e Saúde Mental

A saúde física e a saúde mental estão verdadeiramente interligadas, e por isso devemos mantê-la o mais saudável possível. Manter o equilíbrio do peso, fazer atividade física, não fumar, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, e se alimentar de forma adequada, é uma forma de manter a saúde física e mental por mais tempo.

Ambiente

Os ambientes de trabalho, bem como o ambiente familiar, devem ser ambientes agradáveis e de cooperação. Quando isso é respeitado, o nosso equilíbrio mental melhora bastante. É desafiador ter um excelente convívio com todos, contudo, pode-se evitar atritos, ser mais flexível e procurar não se importar tanto, ter cautela ao falar com pessoas evitando críticas diretas que podem gerar mais atritos. Ser mais flexível e tolerante, é a chave para manter a saúde mental ativa e equilibrada.

É natural que as pessoas apresentem dificuldades em relação a saúde física e mental ao longo da vida, contudo, seguindo as dicas citadas, é possível que você mantenha a sua saúde mental muito mais equilibrada, agora que você já conhece essas medidas, consegue também aplica-las no seu dia-a-dia.

Diante de tudo isso, acredito verdadeiramente que o Coaching é capaz de auxiliar todas as pessoas que buscam manter em excelente estado, sua física e principalmente sua saúde mental. Procurando sempre o equilíbrio entre corpo e mente, trabalhando o autoconhecimento, ressignificando crenças limitantes, encontrando estratégias para gerir lazer e obrigações, além de manter o foco naquilo que é essencial, afinal, o papel do coaching é justamente isso, desenvolver e capacitar as pessoas para que elas alcancem seus objetivos.

José Roberto Marques — Master Coach Senior e Trainer, Presidente e fundador do Instituto Brasileiro de Coaching - IBC, a maior e mais conceituada escola de Coaching do país. Com um estilo visionário e experiência de mais de 30 anos em treinamentos comportamentais, inovou ao desenvolver a exclusiva metodologia Self Coaching, que dá base ao Professional & Self Coaching – PSC, o curso de Coaching mais completo e diferenciado do Brasil e do mundo.