''Não renunciarei'', diz Temer em pronunciamento nacional

Presidente afirma que investigação do STF provará sua inocência

Redação, Administradores.com,
Reprodução
Temer em pronunciamento transmitido em cadeia nacional: ''Não renunciarei''

O presidente Temer anunciou na tarde desta quinta-feira (18), que não irá renunciar ao cargo de presidente da República após aos desdobramentos mais recentes da Operação Lava Jato.  Em um rápido pronunciamento, o presidente afirmou que nunca autorizou ''pagamento para silenciar ninguém'' e que a investigação do STF mostrará que ele é idôneo. 

Crise

Uma nova crise política tomou conta de Brasília na noite da última quarta, quando o jornal O Globo divulgou a informação de que, em delação premiada, o empresário Joesley Batista, dono da JBS, havia gravado uma conversa em que o presidente Temer dava aval para o pagamento de propina para o deputado Eduardo Cunha. 

Em nota divulgada pelo Planalto, o presidente já havia afirmado que ''não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar".  




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração