Sete coisas que uma maquininha de cartão pode fazer que vão te surpreender

Ter uma pequena porcentagem de seu dinheiro de volta em cada compra, usar cupons de descontos, tirar fotos e fazer um pedido via e-commerce são apenas alguns exemplos

Thiago Arnese, Administradores.com,
iStock

Além da facilidade de não precisar andar com dinheiro em espécie na carteira, as maquininhas de cartão (Mobile Points of Sale – mPOS ou Pontos de Venda Móvel, traduzindo para o português) apresentam diversas funcionalidades, muitas vezes desconhecidas pela maioria das pessoas, mas que têm um potencial enorme que vão facilitar e, quem sabe divertir, a vida dos lojistas e clientes.

Ter uma pequena porcentagem de seu dinheiro de volta em cada compra, usar cupons de descontos, tirar fotos e fazer um pedido via e-commerce são apenas alguns exemplos. É importante lembrar que tais facilidades precisam de um sistema integrador para acontecer, e já existem ferramentas desse tipo no mercado.

Veja sete utilidades das maquininhas de cartão que você desconhecia até então:

Usar cupons de desconto

É possível utilizar cupons de desconto como os de empresas de compra coletiva ou referentes a alguma ação promocional diretamente na maquininha. Dessa forma, o cupom é discretamente validado pelo vendedor, já no momento de realizar o pagamento, e o valor é abatido sobre o total.

Cashback

O cashback (dinheiro de volta em inglês), ocorre quando o consumidor recebe uma parte do seu dinheiro quando efetua compra em um e-commerce ou loja física. Assim, se a loja oferecer um programa dessa modalidade, os usuários cadastrados terão acesso ao valor após atingir uma quantia mínima, estipulada pelo comerciante.

Emitir nota fiscal

É possível emitir nota fiscal eletrônica diretamente da maquininha após as transações. Esses documentos podem ser encaminhados diretamente ao e-mail do comprador, por exemplo.

Comprar e imprimir ingressos

É possível adquirir ingresso de eventos, jogos de futebol, shows e imprimi-lo na maquininha. Assim, os gestores conseguem aumentar a eficiência da equipe, diminuindo a quantia de dispositivos necessários para a realização de vendas simples, que podem ser realizadas em sua totalidade por meio da máquina de cartão. Isso garante maior comodidade e agilidade para os consumidores.

Em apenas um click

Você pode tirar fotos com a maquininha! É possível tanto utilizar para validar documentos (e com isso reduzir fraudes, por exemplo) e integrar com outros sistemas, quanto para tirar algumas selfies e usar a máquina como plano de fundo.

Cardápio e Lista de Produtos

É possível ter dentro da maquininha todo seu cardápio (para restaurantes, bares, etc.) e sua lista de produtos. Você transforma todo seu frente de caixa em um único hardware, simples, leve e prático.

Fazer um pedido via E-commerce

Imagine que você tem um cliente na sua loja e seu estoque acabou. Uma maquininha poderia fazer uma venda direto do seu e-commerce utilizando o cartão presencial (menor risco de fraude pois há a validação do chip e senha). Assim, além de garantir a satisfação do usuário com o sucesso na aquisição, a loja também dá um passo na direção do omnichannel, que tem como finalidade centralizar o consumidor e oferecer as mesmas experiências nos ambientes on e off-line.

Thiago Arnese — Cofundador da Hash lab, empresa de tecnologia para o ecossistema de meios de pagamentos. https://hashlab.com.br/




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração