Tecnologia: uma aliada para a contabilidade

A automatização de processos como organização de notas fiscais, por exemplo, proporciona economia de tempo e dinheiro para os escritórios especializados

Christian de Cico, Administradores.com,

Empreender no Brasil não é um processo tão simples como pode parecer para alguns. Não basta somente ter uma ideia inovadora. É preciso ter disposição de sobra para, inclusive, enfrentar toda a burocracia que existe no Brasil, principalmente quando falamos em tributação e leis fiscais. Não é suficiente que o empreendedor foque apenas no seu mercado, produto ou serviço. Além de conhecer demais do seu setor de atuação, é preciso também ter um bom conhecimento sobre gestão de outros departamentos, inclusive, o administrativo e o financeiro, já que seria desastroso descuidar do fluxo de caixa.

O setor contábil de uma empresa, por exemplo, é um departamento que necessita de uma atenção rigorosa, caso contrário, em vez de se manter constantemente em dia com o fisco, pode se tornar um amontoado de papéis, notas fiscais perdidas e pastas desorganizadas, gerando uma grande grande bola de neve.

Assim como a tecnologia ajuda as pessoas a pegarem um táxi em um click ou a pedirem comida com o apertar de um botão, a contabilidade de uma empresa também se beneficia da tecnologia quando o assunto é organização e dinamismo. Isso traz um departamento fiscal mais saudável, evitando dores de cabeça com os órgãos gestores desta questão.

O certificado e as plataformas digitais, por exemplo, são grandes avanços para isso, já que a automatização de processos como organização de notas fiscais proporciona economia de tempo e dinheiro para os escritórios especializados e os setores contábeis das empresas. Além disso, são recursos que ajudam a manter a segurança de dados e documentos sigilosos, uma das maiores preocupações de todos os envolvidos.

Pensando além, é preciso lembrar também do papel da automação de processos e da tecnologia blockchain (a mesma usada para fazer transações de moedas digitais como o Bitcoin), que possibilitam uma gestão mais eficaz e menos burocrática das demandas contábeis, incluindo controle de comprovantes e prazos, movimentações financeiras e atendimento ao cliente. Livre do excesso de funções puramente "operacionais", nesta hora, o empreendedor já consegue dedicar-se a questões mais estratégicas para seu negócio, por exemplo.

E este é um ponto importante. O contador não perdeu sua relevância. Pelo contrário, agora ele conta com novas ferramentas para apoiar a execução do seu trabalho e contribuir com o sucesso de sua empresa. São transformações irreversíveis que devem ser incorporadas ao dia a dia de todo profissional, a fim de que esteja em sintonia com as exigências do mercado. Nesse sentido, a tecnologia é mais do que aliada. É questão de sobrevivência.

Christian de Cico — Engenheiro de produção com foco em otimização de processos e redução de custos, fundou o Arquivei inicialmente para resolver problemas contábeis e fiscais de sua construtora civil. Felizmente, extrapolou o projeto para revolucionar a gestão fiscal de empresas com inteligência e ir além, trazendo automação, redução de custos e recuperação de créditos com velocidade e custos surpreendentes.