Gêmeros Winklevoss, "rivais" de Zuckerberg, se tornam os primeiros bilionários de bitcoin

Os irmãos investiram 11 milhões no mercado de Bitcoin em 2013

Redação, Administradores.com,
Reprodução/ Instagram Winklevoss

Os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, famosos por terem processado Mark Zuckerberg alegando que o empresário havia roubado a ideia para o Facebook, se tornaram os primeiros bilionários do Bitcoin.

Com os 65 milhões de dólares que receberam de Zuckerberg pelo processo do Facebook, os irmãos investiram 11 milhões da quantia no mercado de Bitcoin em 2013. Na época, o investimento foi um dos maiores do mundo - equivalente a 1% de todo o mercado. Agora, cinco anos depois, o valor de um Bitcoin, de acordo com o CoinDesk, é de cerca de 11 mil dólares, e a fortuna dos Winklevoss ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão.

"Se Bitcoin é melhor do que ouro ou visto como um recurso similar ao ouro, então pode se tornar um mercado de trilhões. Nós realmentes vemos isso como a possibilidade", disse Tyler Winklevoss em 2015 ao CNN Money. Com um crescimento de 10.000% desde 2013, o Bitcoin se provou realmente um bom investimento para os Winklevoss.




Fique informado

Receba gratuitamente notícias sobre Administração